Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Planejamento estratégico na pandemia é mais que necessário

Planejamento estratégico na pandemia é mais que necessário

17/06/2020 Celso Estrella

Da segunda metade do século 20 até hoje, as mudanças têm se acelerado, o ambiente nunca é o mesmo.

Se antes não era tão urgente planejar porque as mudanças eram tão lentas que havia tempo suficiente para as pessoas e empresas se adequarem, agora, com a pandemia restringindo a atuação empresarial, é importante pôr a cabeça para funcionar e imaginar os possíveis cenários e nos prepararmos para enfrentá-los com sucesso.

A diferença entre o simples Planejamento e o chamado “Planejamento Estratégico” é que este olha a empresa com uma visão de helicóptero, ou seja, analisando questões mais profundas e abrangentes do que o dia-a-dia do negócio.

Tecnicamente, trata-se de mapear a Situação Atual, definir a Visão de Futuro e as Ações Estratégicas para alcançar os objetivos, definir a Missão que é a razão de existir da empresa, a Visão que define onde  pretendemos chegar (por exemplo em dois anos)  e os Valores que são as diretrizes para orientar as nossas atitudes e comportamentos.

Finalmente, as Ações Estratégicas que são o detalhamento dos planos, momento em que definimos “quem” vai fazer “o que” e “quando”.

Para construir uma Visão de Futuro eficiente e coerente com a empresa, é importante seguir alguns passos. A princípio, é essencial que se comece pelo sonho, imagine-se no momento para o qual você está fazendo o Planejamento e nesse sonho visite sua empresa, o mercado, seus resultados financeiros.

Em seguida, acorde dessa visualização e reveja o que idealizou com os pés no chão, abandone as ideias mirabolantes, mas tenha coragem de assumir as desafiadoras. Por fim, transforme tudo em dados mensuráveis e, com isso, terá sua Visão de Futuro.

É importante lembrar que essa Visão de Futuro não é aquele texto que você   coloca na parede da recepção ou no seu site.

A frase na parede é um resumo apenas conceitual, sem números, afinal estamos falando de estratégia e não queremos que a concorrência tome conhecimento dos detalhes.

Para reforçar a importância de uma boa Visão de Futuro temos um caso interessante de uma empresa brasileira, contratada por uma famosa marca internacional para prestar serviços como representante no Brasil.

No estudo de riscos que fizemos, com a pergunta “e se?” criamos um cenário em que esse contrato tivesse sido cancelado e, a partir daí, estabelecemos ações para criar novos negócios, independentemente do contrato.

Um ano depois, quando, sem prévio aviso o contrato foi cortado, a organização estava preparada e conseguiu sobreviver satisfatoriamente.

A objeção que muito se ouve ao Planejamento Estratégico é que, tradicionalmente, os planos são engavetados, pois o empresário acredita que tendo definido Missão, Visão e Valores já fez a “lição de casa”, mas não é assim.

As ações estratégicas devem ser desdobradas até o nível de execução, ou seja, definir quais são as etapas a cumprir, quem será responsável por cada uma e em que data serão cumpridas.

Porém, é importante saber que é necessário monitorar o andamento das Ações Estratégicas pelo menos mensalmente, para garantir que nada fique para trás e para promover as revisões necessárias no plano porque sabemos que haverá mudanças de cenário no decorrer do tempo.

Para fechar estes pensamentos é essencial também compreender que nesse período de pandemia é possível sim fazer o Planejamento Estratégico de uma empresa mesmo sem a presença física do consultor.

Esse é um dos poucos projetos que conseguimos realizar à distância. É hora de nos adequarmos aos “novos tempos” e, portanto, acelerar.

Como temos mais tempo atualmente, é o momento de prepararmos nossos negócios para uma retomada de muito sucesso.

Mãos à obra!

* Celso Estrella é Engenheiro Industrial especialista em Técnicas Japonesas de Gestão e diretor da CriaCorp - Desenvolvimento Empresarial.

Fonte: Vervi Assessoria



Mercado infantil tem projeções de crescimento para os próximos cinco anos

Ramo de franquias no setor registra alta tanto em faturamento quanto em número de unidades.

Mercado infantil tem projeções de crescimento para os próximos cinco anos

Empresas poderão renegociar dívidas com o Fisco com 70% de desconto

Portaria estende à Receita Federal a modalidade de renegociação chamada de transação tributária.

Empresas poderão renegociar dívidas com o Fisco com 70% de desconto

Gestão de custos e planejamento a longo prazo

Gestão de custos é o processo de planejar e controlar efetivamente os custos envolvidos em um negócio.

Gestão de custos e planejamento a longo prazo

Salário mínimo pode ser de R$ 1.294 em 2023

Se o valor for confirmado, vai ser o quarto ano seguido sem reajuste real.

Salário mínimo pode ser de R$ 1.294 em 2023

CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Estimativa é criar 18,5 mil vagas temporárias.

CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Confiança dos pequenos negócios cai em julho

Comércio foi o setor mais confiante e serviços foi o que apresentou menor confiança.

Confiança dos pequenos negócios cai em julho

Arquivei marca presença em grande evento de contabilidade em BH

Coordenadoras da empresa participam de palestra sobre visões estratégicas que podem gerar economia no setor contábil.


Pequenos negócios geram 72% das vagas de emprego no primeiro semestre

Micro e pequenas empresas criam 961 mil postos no período no país.


Quatro principais desafios de vendas para superar até 2023

À medida que o mundo volta a alguma normalidade, começamos a perceber também que a forma de vender mudou fundamentalmente em comparação com os tempos pré-pandemia.

Quatro principais desafios de vendas para superar até 2023

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Mais de 13 milhões de empreendedores devem ser beneficiados.

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Mais de 70% dos empresários mineiros estão otimistas com o 2º semestre de 2022

Primeiro semestre do ano teve aumento de 51,9% nas vendas em relação a 2021.

Mais de 70% dos empresários mineiros estão otimistas com o 2º semestre de 2022

Como o “jeito fintech” de fazer negócios tem possibilitado o surgimento de novas empresas

Quem já se aventurou no empreendedorismo ou está fazendo isso agora sabe o quanto é difícil se destacar em um ambiente extremamente competitivo.

Como o “jeito fintech” de fazer negócios tem possibilitado o surgimento de novas empresas