Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Planejamento tributário em tempos de crise

Planejamento tributário em tempos de crise

25/04/2020 Rodrigo Basso

Nunca foi tão importante o planejamento tributário das empresas.

Dentro de um complexo sistema legislativo que impõe ao contribuinte pesada carga tributária e a necessidade de manter uma estrutura extremamente onerosa para apurar os tributos e prestar informações cada vez mais refinadas aos órgãos arrecadadores, nunca foi tão importante o planejamento tributário das empresas.

Através do planejamento tributário é possível escolher o regime de tributação mais adequado ao objeto social da empresa, avaliar a possibilidade de geração de créditos próprios, interpretar a legislação tributária para mitigar a exação futura, bem como para o aproveitamento de eventuais benefícios fiscais concedidos por Lei.

Em um cenário de crise com impacto direto no faturamento, tendo como consequência uma redução significativa no fluxo de caixa, mas com as despesas decorrentes do exercício da atividade praticamente inalteradas, é imprescindível a entrada de recursos para garantir a saúde financeira das empresas.

Neste viés, fazer com que as empresas disponham de capital novo em um momento de crise pode significar a manutenção de empregos e a estabilidade da economia.

Esta injeção de capital pode se dar através de um planejamento tributário estruturado e destinado a buscar alternativas viáveis a fim de garantir a saúde financeira das empresas.

Como exemplo podemos citar a possibilidade de revisão dos insumos para a apuração do PIS e da COFINS, pois em recente decisão do STJ REsp nº 1.221.170 (Temas 779 e 780) foi redefinido o conceito de insumos para fins de composição da base de cálculo de aludidas contribuições.

Neste novo cenário, as empresas que apuram sua tributação com base no Lucro Real podem, se utilizando desse novo conceito, rever toda a apuração do PIS e da COFINS de modo reduzir a carga tributária futura e gerar créditos próprios que podem ser utilizados para a compensação de seus tributos.

* Rodrigo Basso é advogado – BCK Advogados.

Fonte: RMCOM Comunicação



Empresas poderão renegociar dívidas com o Fisco com 70% de desconto

Portaria estende à Receita Federal a modalidade de renegociação chamada de transação tributária.

Empresas poderão renegociar dívidas com o Fisco com 70% de desconto

Gestão de custos e planejamento a longo prazo

Gestão de custos é o processo de planejar e controlar efetivamente os custos envolvidos em um negócio.

Gestão de custos e planejamento a longo prazo

Salário mínimo pode ser de R$ 1.294 em 2023

Se o valor for confirmado, vai ser o quarto ano seguido sem reajuste real.

Salário mínimo pode ser de R$ 1.294 em 2023

CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Estimativa é criar 18,5 mil vagas temporárias.

CNC prevê alta de 5,3% nas vendas para o Dia dos Pais

Confiança dos pequenos negócios cai em julho

Comércio foi o setor mais confiante e serviços foi o que apresentou menor confiança.

Confiança dos pequenos negócios cai em julho

Arquivei marca presença em grande evento de contabilidade em BH

Coordenadoras da empresa participam de palestra sobre visões estratégicas que podem gerar economia no setor contábil.


Pequenos negócios geram 72% das vagas de emprego no primeiro semestre

Micro e pequenas empresas criam 961 mil postos no período no país.


Quatro principais desafios de vendas para superar até 2023

À medida que o mundo volta a alguma normalidade, começamos a perceber também que a forma de vender mudou fundamentalmente em comparação com os tempos pré-pandemia.

Quatro principais desafios de vendas para superar até 2023

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Mais de 13 milhões de empreendedores devem ser beneficiados.

MEI poderá emitir nota fiscal de serviço no Portal do Simples Nacional

Mais de 70% dos empresários mineiros estão otimistas com o 2º semestre de 2022

Primeiro semestre do ano teve aumento de 51,9% nas vendas em relação a 2021.

Mais de 70% dos empresários mineiros estão otimistas com o 2º semestre de 2022

Como o “jeito fintech” de fazer negócios tem possibilitado o surgimento de novas empresas

Quem já se aventurou no empreendedorismo ou está fazendo isso agora sabe o quanto é difícil se destacar em um ambiente extremamente competitivo.

Como o “jeito fintech” de fazer negócios tem possibilitado o surgimento de novas empresas

Volatilidade da economia gera incertezas e oportunidades no mercado imobiliário

De janeiro a maio, o CUB/m2 já acumula variação de 10,05%, enquanto o custo com material cresceu 9,02% e o custo com a mão de obra, 11,17%.

Volatilidade da economia gera incertezas e oportunidades no mercado imobiliário