Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Quarentena: 88,4% dos brasileiros pretendem comprar menos por impulso

Quarentena: 88,4% dos brasileiros pretendem comprar menos por impulso

06/05/2020 Divulgação

Viagens e reformas em casa são os investimentos mais desejados pelos brasileiros após confinamento

Quarentena: 88,4% dos brasileiros pretendem comprar menos por impulso

A pandemia do Covid-19 e o isolamento social necessário reinventaram o comportamento dos brasileiros em relação ao trabalho, ao consumo de produtos e serviços e à convivência dentro de casa com seus familiares. Segundo pesquisa, esses novos hábitos vieram para ficar.

Para entender este cenário do "novo normal" da rotina do brasileiro durante a quarentena, e os indicativos de comportamento após o isolamento social, a Hibou, empresa de pesquisa e monitoramento de mercado, em parceria com a Indico, plataforma de dados, levantou um estudo entre os dias 17 e 18 de abril, com mais de 3 mil brasileiros que mostra a grande mudança que o consumo está sentindo e irá sentir após pandemia.

A conta já aparece para a maioria dos brasileiros, em que 64,8% dos entrevistados já sentiram o impacto negativo do isolamento em seus ganhos financeiros. Já para 32,5%, os ganhos financeiros permaneceram os mesmos. E para uma minoria de 2,7%, os impactos desse novo momento foram muito positivos.

Mais da metade dos brasileiros, 53,7%, têm evitado qualquer tipo de compras desnecessárias, enquanto 34,7% têm medido melhor a necessidade de uma compra. Uma minoria (5,6%) está apenas aguardando para retomar seus hábitos de compra, e para 6,2% ainda nada mudou.

Após a quarentena 88,4% dos brasileiros pretendem comprar menos por impulso, pensando mais no que vai gastar. E isso vale também para marcas famosas e queridinhas dos consumidores, pois 72,2% afirmam que estão menos dispostos a pagarem mais caro por um produto só por ser de uma marca famosa que gostam.

Em contrapartida o consumo local ganha espaço na visão dos entrevistados e 61,5% deles estão mais dispostos do que antes a pagar um pouco mais caro por um produto que ajude a sua região ou cidade.

Fonte: freshpr



Um terço dos pequenos negócios mineiros investiu em RH para enfrentar a pandemia

Estudo do Sebrae Minas mostra, ainda, que 40% destas empresas precisaram reduzir as capacitações das equipes nos últimos 18 meses.

Um terço dos pequenos negócios mineiros investiu em RH para enfrentar a pandemia

Como evitar a estagnação empresarial?

Já pensou no porquê de algumas pessoas continuarem a avançar pessoal e profissionalmente, enquanto outros permanecem estagnadas?

Como evitar a estagnação empresarial?

Híbrido e Inteligente: o que esperar do varejo no futuro

Nada do que foi será, de novo, do jeito que já foi um dia.

Híbrido e Inteligente: o que esperar do varejo no futuro

Produtos com Indicação Geográfica são conhecidos por 60% dos pequenos negócios

Pesquisa feita pelo Sebrae mostra que até mesmo os negócios que não sabem o que é uma IG gostariam de vender produtos típicos regionais.

Produtos com Indicação Geográfica são conhecidos por 60% dos pequenos negócios

Confusão patrimonial: como evitar esse tipo de dor de cabeça

Embora não seja proibido misturar o caixa da empresa com o pessoal, há conseqüências que podem ser graves ao proprietário ou aos sócios do negócio.

Confusão patrimonial: como evitar esse tipo de dor de cabeça

Nota conjunta Firjan e FIEMG sobre a crise energética

Federações apresentam suas sugestões para contribuir com o combate à crise energética.

Nota conjunta Firjan e FIEMG sobre a crise energética

Confiança dos pequenos negócios segue em crescimento pelo quarto mês consecutivo

Indústria lidera o ranking entre os setores e microempreendedores influenciam positivamente o resultado geral do Iscon em agosto.

Confiança dos pequenos negócios segue em crescimento pelo quarto mês consecutivo

Mesmo na crise econômica e sanitária, bancos aumentam as tarifas

Estudo do Idec aponta que, em meio à pandemia de covid-19, qualidade de serviços piorou e houve alta migração de consumidores para bancos digitais.

Mesmo na crise econômica e sanitária, bancos aumentam as tarifas

Comércio cresce 1,2% em julho e atinge patamar recorde

Trata-se da quarta alta consecutiva do indicador.

Comércio cresce 1,2% em julho e atinge patamar recorde

Pets em condomínios comerciais

Muitas pessoas já descobriam que ter um animal é ter um companheiro de verdade, além ser um excelente meio de afastar a solidão.

Pets em condomínios comerciais

Poupança tem retirada líquida de R$ 5,467 bilhões em agosto

Em 2021, a poupança acumula retirada líquida de R$ 15,629 bilhões.

Poupança tem retirada líquida de R$ 5,467 bilhões em agosto

Fusões & Aquisições batem recorde de negócios no Brasil

Especialista analisa o bom momento do setor. Confira a entrevista!

Fusões & Aquisições batem recorde de negócios no Brasil