Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Sete passos para ser mais produtivo no trabalho

Sete passos para ser mais produtivo no trabalho

12/09/2019 Alex Campos

Especialista da consultoria Wyser mostra como priorizar corretamente as tarefas para aumentar o rendimento.

Tempo é dinheiro, já dizia o velho ditado. No mundo em que as mudanças acontecem na velocidade da Internet, a agilidade e a eficiência andam cada vez mais juntas. Como produzir mais e melhor em menos tempo? O segredo é a combinação de objetividade, organização  e muito jogo de cintura, segundo Alex Campos, especialista em recrutamento da Wyser, consultoria especializada em recolocação de executivos para média e alta gerência, da multinacional de recursos humanos Gi Group.

Apesar da adoção cada vez maior de ferramentas tecnológicas e metodologias para ganhar rapidez e lidar com várias coisas ao mesmo tempo, as pessoas ainda não conseguem fazer tudo, observa o especialista. O problema, segundo Campos, está em estabelecer prioridades certas. “Hoje, a priorização não é mais pela lógica. Nosso lado emocional está definindo como devemos gerenciar nossas prioridades, e muitas vezes coloca no topo da lista coisas que poderiam ser deixadas pra mais tarde”, diz.

Não é possível parar ou controlar o tempo. Ele passa de qualquer maneira. Mas, de acordo com o executivo, a rotina pode se tornar mais produtiva com alguns passos:

1- Seja objetivo em suas prioridades. Deixe de lado o emocional e saiba dizer “não”.  Quando dizemos “sim” a tudo, estamos deixando de executar tarefas que de fato são significantes para dar andamento a todo processo. 

2- Aprenda a selecionar. Pense no amanhã para multiplicar o seu tempo. Em vez de perguntar “qual é a coisa mais importante que posso fazer hoje”, questione “o que eu posso fazer hoje que farei melhor amanhã? ”. As respostas servirão para organizar o seu cronograma, e aproveitar o seu tempo para resolver questões que realmente precisam ser priorizadas.

3- Ordene a lista de trabalho. Organize as tarefas de acordo com a ordem de importância, considerando impacto que o trabalho tem, se é fundamental para solução do problema atual, se é peça chave do projeto, etc.

4- Disciplina acima de tudo. Pare de procrastinar. Existe diferença entre esperar para fazer algo que deve ser feito de imediato e esperar para fazer algo por não ser o momento adequado. Comece a se autogerenciar, executando o trabalho que se comprometeu a fazer ao longo do dia. Coloque de lado coisas insignificantes como checar e-mail de minuto em minuto e dar atenção demais às questões que podem ser resolvidas em instantes.

5-  Use a tecnologia a seu favor. Automatize suas tarefas para multiplicar o seu tempo. Exemplo: em vez de perder 1 hora pagando suas contas mensais no banco, coloque-as em débito automático e perceba o retorno no investimento de tempo que terá. Hoje existem muitos aplicativos e tecnologias que ajudam a executar tarefas mais simples, na organização da rotina, acessar arquivos e disponibilizar as informações necessárias para projeto em minutos.

6- Aprenda a delegar. Divida as atividades entre os subordinados e colegas, mesmo pensando que o outro não pode fazer com a mesma habilidade e eficiência que você faz. Dê uma chance aos outros aceitando suas imperfeições nos primeiros momentos, orientando e contornando os erros. Com tempo e prática, qualquer pessoa é capaz desenvolver as funções com as mesmas habilidades que tem, e você poderá focar a sua atenção nas demais pendências e em novos aprendizados.

7- Compartilhe as informações. Relate os problemas, esclareça dúvidas e ideias com os colegas e superiores. Dessa forma, será mais simples encontrar soluções e desenvolver um trabalho de qualidade que atenda às expectativas. Quanto mais informações detalhadas e conhecimento tiver, menos será o retrabalho e mais rápida e assertiva será a entrega.

Fonte: Lilás Comunicação



Gestão Ativa do caixa

Como rentabilizar o capital de sua empresa?


Segurança no trabalho

Diferencial para o êxito das organizações.


Contratação de temporários para o Natal será a maior em seis anos

CNC projeta criação de 91 mil postos de trabalho

Contratação de temporários para o Natal será a maior em seis anos

Atividade econômica cresce 0,07% em agosto no Brasil

Índice incorpora informações sobre o nível de atividade da indústria, comércio e serviços e agropecuária.


Gestão empresarial para a área da saúde

O êxito de um empreendimento voltado ao atendimento médico não depende somente da composição de um bom corpo clínico.


Como atrair e reter a geração Z?

O mercado de trabalho está começando a receber uma nova geração de profissionais, a chamada geração Z, que são os nascidos entre 1995 e 2010.


No mundo corporativo, “como vai?” deve ser uma pergunta sincera

Há alguns anos, quando passava por uma fase bastante difícil em minha vida, encontrei um vizinho no elevador, que me perguntou como eu ia.


Inadimplência do consumidor cresce ao menor ritmo em quase dois anos

53% dos brasileiros têm dívidas que não ultrapassam R$ 1 mil, mostra indicador CNDL/SPC Brasil.

Inadimplência do consumidor cresce ao menor ritmo em quase dois anos

Dólar em alta, empresas baratas?

Não é de hoje que a alta do dólar é música aos ouvidos de grandes exportadores, afinal, moeda desvalorizada possibilita vantagem competitiva mundo afora.


Atividade do varejo perde fôlego e cresce 1,41% em setembro

Alta é pouco menor do que a constatada em setembro do ano passado, apontam CNDL/SPC Brasil.

Atividade do varejo perde fôlego e cresce 1,41% em setembro

Enfrentando a tempestade digital

Os líderes empresariais assumem seus postos depois de muito empenho.


Sem essa habilidade, seu futuro profissional está comprometido

Ser um fluente digital tem muito mais a ver com uma nova lógica de entender o mundo e trabalhar nele.

Sem essa habilidade, seu futuro profissional está comprometido