Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Startups e ESG têm tudo a ver

Startups e ESG têm tudo a ver

25/05/2023 Heloísa Caroline Sebold da Silva

Práticas de governança ambiental, social e corporativa precisam estar no contrato social, nos princípios e na cultura interna da empresa.

Startups e ESG têm tudo a ver

Nada menos que doze mil empresas jovens e inovadoras, que trabalham para criar um produto ou serviço único para o mercado, estão em atividade no Brasil, de acordo com a Associação Brasileira de Startups.

São muitas as condicionantes para o sucesso dessas empresas, vão do modelo de negócios à capacitação dos gestores. A essa lista, acrescento três letras: ESG, as iniciais do inglês para Environmental, Social and Governance.

Assim como empresas tradicionais, startups que adotam práticas de governança ambiental, social e corporativa tem mais facilidade para captar recursos e são vistas de forma positiva por clientes e investidores.

A aplicação cresceu durante a pandemia Covid-19, quando ficou clara a fragilidade econômica e social causada por um fator externo e imprevisível.  O objetivo é integrar um conjunto de princípios para preservar o meio ambiente, o desenvolvimento social e monitorar o impacto de fatores externos ao negócio.

Ou seja, práticas ESG são estratégicas para o sucesso. Os elementos que compõe a sigla ESG se correlacionam da seguinte forma: Ambiental, as empresas se preocupam com o seu impacto em questões atinentes ao aquecimento global, produção de lixo e outras; Social, a empresa passa a integrar seus colaboradores e clientes com respeito e humanidade; Governança, a empresa adota práticas de ética, transparência e gestão corporativa para melhorar o ambiente empresarial.

Os investidores têm cada vez mais buscado modelos de negócio que se preocupam com o ambiente externo e com a sociedade.

Não é suficiente, porém, buscar uma causa ambientalista, se a startup não tem realmente preocupação com o tema e não o coloca em prática. É importante buscar um trilho que se relacione com os ideais internos.

O ESG precisa estar no contrato social, nos princípios e na cultura interna da empresa. Uma ideia prática e funcional é incluir em contratos de colaboradores e fornecedores uma cláusula anti-greenwashing.

O greenwashing é o discurso infundado sobre os benefícios ambientais de um determinado produto ou serviço. Exemplo: disseminar o ideal de não utilizar papel, para salvar árvores e proteger o meio ambiente, quando, na verdade, esse tipo de declaração prejudica uma indústria importante, principalmente no Brasil. Trata-se de propaganda enganosa.

Nesse caso, há certificações que realmente atestam a adoção das práticas ESG. Elas permitem, ao mesmo tempo, acompanhar a evolução dentro da empresa e demonstrar para o mercado o impacto positivo que vem sendo gerado. Recomenda-se investir em uma ou mais dessas certificações.

Tudo somado, ganham todos. A startup aumenta as chances de atrair capital, investidores veem com transparência como podem obter retorno e a sociedade garante o futuro das próximas gerações.

* Heloísa Caroline Sebold da Silva é advogada no Rücker Curi Advocacia e Consultoria Jurídica.

Para mais informações sobre negócios clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Literal Link Comunicação Integrada



Um líder de verdade ensina o que sabe

Não são incomuns as histórias de profissionais que, voluntariamente, trocam de emprego para ganhar menos do que em suas posições anteriores.

Autor: Yuri Trafane

Um líder de verdade ensina o que sabe

Luciano Hang apoia manifesto isenção de impostos nas compras até US$50

Na noite de sexta-feira, 17, o dono da Havan, Luciano Hang, participou do jantar de encerramento do 39º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais (CNSE), em Balneário Camboriú (SC).

Autor: Divulgação


Como usar a inteligência emocional para lidar com os negócios?

Ser um empreendedor em um negócio altamente estressante é como estar em uma montanha-russa emocional.

Autor: João Roncati

Como usar a inteligência emocional para lidar com os negócios?

Azul cria fundo social para captação de recursos para desastres nacionais

Itaú Unibanco se torna o primeiro apoiador após doação de R$ 5 milhões.

Autor: Divulgação


Ultrapassei o limite do MEI e agora?

Entenda como funciona a transição para Microempresa.

Autor: Divulgação

Ultrapassei o limite do MEI e agora?

Por que tantas recuperações judiciais?

Nas últimas semanas, a imprensa reproduziu amplamente o indicador de recuperações judiciais produzido e monitorado pela Serasa Experian, a concorrente britânica do histórico SPC, este desenvolvido pela Câmara dos Dirigentes Logistas, que oferece serviços de proteção ao crédito.

Autor: Carlos Gomes


Empreendedorismo com propósito

Nasci em Nova Iguaçu, cidade do estado do Rio de Janeiro, e comecei a empreender desde muito cedo.

Autor: Leonardo Chucrute

Empreendedorismo com propósito

Reforma tributária: os desafios para impulsionar o crescimento econômico

“A simplificação do sistema tributário pode resultar em um catalisador para a criação de empregos, impulsionando a economia do país”, diz especialista.

Autor: Divulgação

Reforma tributária: os desafios para impulsionar o crescimento econômico

Empresário, você precisa sair do operacional

As estatísticas não são animadoras.

Autor: Paulo de Vilhena

Empresário, você precisa sair do operacional

Por que as PMEs são as mais vulneráveis à cibersegurança?

Embora elas possam enfrentar restrições orçamentárias, estão disponíveis soluções tecnológicas acessíveis e eficazes.

Autor: Denis Furtado

Por que as PMEs são as mais vulneráveis à cibersegurança?

A união entre marketing digital e comercial para o sucesso dos negócios

Até parece mentira, mas, nos tempos atuais, há quem ainda acredite que seu lugar não seja nas redes sociais.

Autor: Gustavo Alonge

A união entre marketing digital e comercial para o sucesso dos negócios

Empreender é saber lidar com pressão e estresse

Muitas vezes, diante dos desafios e preocupações do dia a dia, ficamos estressados e não sabemos como lidar com algumas situações ou pressões.

Autor: Leonardo Chucrute

Empreender é saber lidar com pressão e estresse