Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Vendas no varejo para o Dia das Crianças devem encolher quase 5%

Vendas no varejo para o Dia das Crianças devem encolher quase 5%

06/10/2020 Divulgação

Retração causada pelo novo coronavírus, porém, tende a ser menor do que a registrada durante a recessão de 2016.

Vendas no varejo para o Dia das Crianças devem encolher quase 5%

Fortemente afetadas pela pandemia do novo coronavírus, as vendas referentes ao Dia das Crianças de 2020 deverão registrar queda de 4,8%, em relação a 2019, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Contudo, a retração, a primeira nos últimos quatro anos, não será a pior da história.

Em 2016, quando o País também passava por uma recessão, o recuo chegou a 8,1%. A data, a terceira mais importante do calendário do varejo nacional, atrás de Natal e Dia das Mães, deve movimentar R$ 6,2 bilhões neste ano.

Com alta esperada de 3,2%, os hiper e supermercados deverão movimentar R$ 4,4 bilhões (70,2% do total) e ser os únicos a registrar avanço com a data. Outros segmentos que costumam se beneficiar do aumento sazonal das vendas nesta época do ano tendem a amargar perdas, como os ramos de brinquedo e eletroeletrônicos (-2,5% ou R$ 1,3 bilhão); livrarias e papelarias (-9,9% ou R$ 48,1 milhões); e lojas de vestuário e calçados (-22,1% ou R$ 489 milhões).

Dos 11 itens avaliados pela pesquisa, cinco deverão estar mais baratos do que no ano passado, com destaque para brinquedos (-7,5%) e itens de vestuário, como sapato infantil (-5,8%) e tênis (-3,1%). Por outro lado, os serviços relacionados a lanches deverão estar 10,2% mais caros que em 2019.

São Paulo (R$ 1,77 bilhão), Minas Gerais (R$ 667,3 milhões), Rio de Janeiro (R$ 514,1 milhões) e Rio Grande do Sul (R$ 454 milhões) deverão responder por mais da metade (54,8%) do total movimentado em 2020.

Fonte: CNC



O pequeno comerciante e as possibilidades de crescimento em tempos de pandemia

Com as novas exigências do consumidor, alguns comerciantes buscaram adaptar-se para atender a demanda.

O pequeno comerciante e as possibilidades de crescimento em tempos de pandemia

Black Friday fecha com mais de R$5,1 bilhões de faturamento em 2020

Vendas on-line da Black Friday de 2020 atingiram o faturamento de R$ 5,1 bilhões.

Black Friday fecha com mais de R$5,1 bilhões de faturamento em 2020

Vendas no e-commerce cresce 21% na Black Friday 2020

Vendas no varejo tiveram recuo de 14,5% no periodo, mostra ICVA.

Vendas no e-commerce cresce 21% na Black Friday 2020

Confiança da indústria atinge maior valor em dez anos, diz FGV

Índice cresceu 1,9 ponto de outubro para novembro deste ano.

Confiança da indústria atinge maior valor em dez anos, diz FGV

País registra criação de 394,9 mil vagas de emprego em outubro

É o quarto mês seguido de geração de emprego.

País registra criação de 394,9 mil vagas de emprego em outubro

Pequenos negócios lideram a retomada econômica em Minas Gerais

Balanço de geração de empregos e abertura de empresas no segmento ao longo do ano é positivo.

Pequenos negócios lideram a retomada econômica em Minas Gerais

Caixa tem lucro líquido de R$ 1,89 bilhão no terceiro trimestre

Queda em relação ao mesmo período de 2019 é de 76,4%.

Caixa tem lucro líquido de R$ 1,89 bilhão no terceiro trimestre

Black Money: movimento favorece negócios de pessoas negras

"Se não me vejo, não compro", diz uma das fundadoras.

Black Money: movimento favorece negócios de pessoas negras

Economia cresceu 7,5% do segundo para o terceiro trimestre, diz FGV

No mesmo período de 2019, houve uma queda de 4,4%.

Economia cresceu 7,5% do segundo para o terceiro trimestre, diz FGV

Black Fraude: aprenda a se proteger dos golpes na Black Friday

Todos os anos os consumidores aguardam a Black Friday para economizar dinheiro com os descontos do comércio.

Black Fraude: aprenda a se proteger dos golpes na Black Friday

Bom senso e boa-fé do consumidor na Black Friday

A Black Friday já faz parte do comércio varejista brasileiro, iniciando o período de compras natalinas, mas ainda que o consumidor esteja habituado com a lógica das promoções, o bom senso e a boa-fé são critérios que o próprio consumidor deve adotar nas suas compras.


Empreendedores esperam que Black Friday e Natal favoreçam retomada econômica

Micro e pequenos empresários contemplados com ajuda financeira do Estímulo 2020 estão otimistas.

Empreendedores esperam que Black Friday e Natal favoreçam retomada econômica