Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Arquivo Público Mineiro celebra 10 anos de Política Estadual de Arquivos

Arquivo Público Mineiro celebra 10 anos de Política Estadual de Arquivos

18/01/2021 Divulgação

Lei contempla todos os aspectos relativos às atividades arquivísticas.

Arquivo Público Mineiro celebra 10 anos de Política Estadual de Arquivos

Já imaginou para onde vão os documentos quando governadores, prefeitos, secretários, enfim, dirigentes máximos da administração pública tomam posse para uma nova gestão? Reza a lenda que antigamente os documentos eram queimados para não deixar rastros de atuações desonestas, inviabilizando a possibilidade de gestores corruptos serem responsabilizados por seus atos.

Atualmente, é crime eliminar documentos da administração pública sem autorização das instituições arquivísticas correspondentes. Essa garantia foi conquistada graças às políticas de arquivos públicos desenvolvidas no país e nos estados. A Lei Federal nº 8.159/1991, que instituiu a política nacional de arquivos públicos e privados, completou 30 anos no último dia 8 de janeiro. Ela prevê, entre outras questões, a responsabilização penal, civil e administrativa, na forma da legislação em vigor, daquele que desfigurar ou destruir documentos de valor permanente ou considerado como de interesse público e social.

Em Minas Gerais, a Política Estadual de Arquivos completou 10 anos em janeiro. A Lei Estadual nº 19.420/2011 normatizou os conjuntos documentais produzidos pela administração pública estadual - os arquivos públicos - e também os arquivos privados que são de interesse público e social. Ela contempla todos os aspectos relativos às atividades arquivísticas, isto é, desde a produção até a destinação final, o acesso e a preservação do patrimônio documental estadual.

O Arquivo Público Mineiro (APM), unidade da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult), é responsável por coordenar a atividade arquivística do poder público em Minas Gerais. Ele é a instituição cultural mais antiga do estado, ainda em funcionamento. Criado em Ouro Preto em 1895, inicialmente recebia os documentos de forma selvagem, ou seja, sem critérios. Antigos servidores contam que era comum chegar de manhã para trabalhar e ter uma montanha de documentos descarregada na porta da instituição.

De lá pra cá se passaram mais de 120 anos de aprimoramento e evolução dos métodos de trabalho. Atualmente, o APM é responsável pela guarda de mais 3 mil metros lineares (uma folha sobre a outra) de documentos. Somente os que possuem valor histórico ou probatório, classificados como de guarda permanente, ficam armazenados na instituição.




Exposição Luz no Brasil marca reabertura do Paço Imperial, no Rio

Trabalhos são da artista plástica belga Françoise Schein.

Exposição Luz no Brasil marca reabertura do Paço Imperial, no Rio

Concurso vai premiar imagens do fundo do mar de Abrolhos

Este ano, o Concurso Biomar de FotoSub-Edição Abrolhos será digital.

Concurso vai premiar imagens do fundo do mar de Abrolhos

Minas ganha Plano Estadual de Desenvolvimento da Cozinha Mineira

Ação dá início ao reconhecimento da cozinha de Minas como patrimônio cultural do Estado pelo Iepha; documento foi construído de forma colaborativa.

Minas ganha Plano Estadual de Desenvolvimento da Cozinha Mineira

Cadastros permanentes do Patrimônio Cultural já somam mais de 4 mil registros

Site do Iepha-MG disponibiliza formulário para os cadastros de bens culturais e amplia o reconhecimento no Estado.

Cadastros permanentes do Patrimônio Cultural já somam mais de 4 mil registros

Projeto ‘Energia Em Cena’ realiza espetáculos socioeducativos

Sem sair de casa, crianças e moradores participam de espetáculo interativo sobre higiene de forma lúdica e divertida.

Projeto ‘Energia Em Cena’ realiza espetáculos socioeducativos

Anseios por uma livre expressão modernista: A Semana de 22

Uma revolução artística e social com vistas a criar algo novo sem, no entanto, deixar de preservar o que fora criado no passado.

Anseios por uma livre expressão modernista: A Semana de 22

Minas Gerais terá programação temática on-line neste Carnaval

Com a proibição de aglomerações e cancelamento das festividades em decorrência da pandemia, atrativos e cidades inovam na forma de entreter.

Minas Gerais terá programação temática on-line neste Carnaval

Casa do Baile, na Pampulha, em BH, reabre ao público

Espaço terá visitação de quarta-feira a domingo, das 11h às 18h.

Casa do Baile, na Pampulha, em BH, reabre ao público

Governo vai liberar R$ 408 milhões para setor de eventos culturais e entretenimento

Recursos serão destinados por meio de linhas de crédito do BNDES.


Petrobras Cultural: Últimos dias de inscrição para a seleção de feiras e ações literárias

Os projetos deverão ser realizados entre o segundo semestre de 2021 e o primeiro semestre de 2022.


Espaços culturais retomam atividades presenciais em Minas Gerais

Atualização do Plano Minas Consciente garante reabertura de museus e galerias de arte com protocolos mais rígidos de distanciamento social.

Espaços culturais retomam atividades presenciais em Minas Gerais

Primeiro Festival de Podcast para autores brasileiros abre inscrições

Aulas de dramaturgia, produção, publicação de Podcasts, Festival de Lives e um concurso com premiação ao final

Primeiro Festival de Podcast para autores brasileiros abre inscrições