Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Que tal visitar museus sem sair de casa?

Que tal visitar museus sem sair de casa?

20/02/2020 Divulgação

É possível contemplar esse gênero pictórico em diversos museus espalhados pelas regiões brasileiras, sem sair de casa.

Que tal visitar museus sem sair de casa?

Se você já foi em um museu com obras do gênero natureza-morta, talvez tenha se perguntado: “Afinal, por que esse nome?” A origem do termo vem da palavra holandesa stilleven, que na língua inglesa seria traduzido por still-life (vida inerte, em tradução livre), mas, que no fundo pode ser interpretada como “um conjunto de objetos da natureza (como frutas e legumes) ou feitos pelo homem (como tapetes, garrafas, facas, etc) que são inertes, parados, aptos a serem vistos e representados por um artista”.

Esse gênero artístico é até hoje utilizado como meio de representação e estudo em muitas universidades e escolas de arte pelo Brasil afora. Inicialmente, não havia uma pretensão do artista em querer criar um conceito, ou mesmo de querer representar uma narrativa sobre o tema. Assim como é do interesse dos estudantes de artes atualmente, o artista barroco, que pintava pelos anos de 1600, acreditava que o gênero de natureza-morta era uma boa oportunidade para se aprender desenho e pintura. Havia, portanto, uma busca pelo aprimoramento de cores e texturas, formas e espaço, ou seja, o artista buscava em um gênero de fácil acesso dominar a linguagem.

Hoje podemos contemplar esse gênero pictórico em diversos museus espalhados pelas regiões brasileiras, sem sair de casa. Com alguns cliques no mouse e minutos dedicados na frente da tela do computador, o internauta pode visitar diversas coleções artísticas espalhadas pelo mundo ou, se preferir, pode viajar pela cultura diversificada e rica do nosso país.

Por exemplo, se você quiser, poderá acessar a plataforma do Google Arts e Culture, e por meio dela, poderá acessar o acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo sem sair de sua casa. A Pinacoteca possui um dos acervos mais importantes das artes produzidas no Brasil.  O edifício está localizado no Jardim da Luz, no centro da cidade de São Paulo, e conta com pinturas de relevância para a história nacional, como é o caso da natureza-morta “Bananas e Metal”  — quadro produzido em 1887 por Pedro Alexandrino (1856 – 1942), tido pela crítica como o pintor de naturezas-mortas mais importante do país entre o final do século XIX e início do século XX.

A plataforma do Google Arts e Culture possibilita ao internauta dar zoom nas obras de artistas, a tal ponto que chega a ser possível inclusive notar as ações de restauro e intervenções sofridas.

Além do vasto acervo brasileiro, a Pinacoteca já trouxe para o público artistas contemporâneos de renome no cenário internacional, como Ron Mueck, em 2015, que expôs uma reprodução hiper-realista de um frango em tamanho ampliado em uma das salas do museu.

Agora, você que está longe de museus poderá por meio das tecnologias da informação e comunicação (TICs) usar plataformas como o Google Arts e Culture para se apropriar de um material vasto e riquíssimo sobre a cultura de nosso país.

Texto: André Luiz Pinto dos Santos - professor especialista nos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Artes Visuais do Centro Universitário Internacional Uninter.

Fonte: Uninter



Hollywood cancela filmes para economizar em impostos

Hollywood sempre foi um terreno fértil para inovações e tendências, tanto na criação de conteúdos quanto nas estratégias empresariais.

Autor: André  Charone

Hollywood cancela filmes para economizar em impostos

Precisamos de mais histórias felizes

A concepção de felicidade evoluiu ao longo da história, refletindo as mudanças culturais e filosóficas de cada época.

Autor: James McSill

Precisamos de mais histórias felizes

Ação no metrô de BH vai promover troca gratuita de livros entre passageiros

A segunda edição do projeto Circule Um Livro vai ocorrer entre os dias 22 e 26 de abril em quatro estações do Metrô BH.

Autor: Divulgação

Ação no metrô de BH vai promover troca gratuita de livros entre passageiros

No Dia do Consumidor, cultura e arte se conectam com a jornada do cliente

Os temas ligados à percepção, atração e engajamento dos clientes, cidadãos e espectadores são foco das propostas da gestão empresarial há décadas.

Autor: George Leal Jamil

No Dia do Consumidor, cultura e arte se conectam com a jornada do cliente

BDMG Cultural lança editais de música instrumental

Entre 05 de março e 07 de abril, o BDMG Cultural recebe inscrições para os editais de concorrência pública da área musical com foco na produção instrumental mineira.

Autor: Divulgação


Novo livro convida crianças a passarem um dia nas nuvens

Como e do que são feitas as nuvens, por que a chuva é importante e como preservar a natureza são os temas abordados no livro numa linguagem acessível a todas as idades.

Autor: Divulgação

Novo livro convida crianças a passarem um dia nas nuvens

Escola de Belas Artes da UFMG oferece cursos de extensão para o 1° semestre

São 11 cursos que, nessa temporada, oferecem oportunidades para a comunidade em geral ampliar conhecimentos e explorar habilidades nas áreas artísticas.

Autor: Divulgação


Rosewood São Paulo recebe fotografias de Gabriel Wickbold

As obras fazem parte de uma versão cápsula da exposição Surface Selection, e estarão abertas a hóspedes e visitantes.

Autor: Divulgação

Rosewood São Paulo recebe fotografias de Gabriel Wickbold

MAM São Paulo abre chamada para a nova edição do Laboratório de Pesquisa

O MAM anuncia chamada pública para o edital que oferece bolsa para pesquisadores desenvolverem estudos atrelados ao acervo do museu.

Autor: Divulgação

MAM São Paulo abre chamada para a nova edição do Laboratório de Pesquisa

BH recebe a exposição “Bolinho: Além do Arco-íris”

Sensação nas ruas de BH, obras da grafiteira 'Raquel Bolinho' serão tema da mostra.

Autor: Divulgação

BH recebe a exposição “Bolinho: Além do Arco-íris”

‘Nosso Lar 2 – Os Mensageiros’ atinge mais de 1 milhão de espectadores

Novo longa de Wagner de Assis mantém circuito de mais de 900 salas em sua segunda semana em cartaz.

Autor: Divulgação


A arte é mais importante que o comer e o alimentar-se?

Reflexões sobre o episódio das ativistas que jogaram sopa no quadro da Mona Lisa, no Museu do Louvre, Paris.

Autor: João Ibaixe Jr.

A arte é mais importante que o comer e o alimentar-se?