Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Perspectivas do turismo pós-pandemia

Perspectivas do turismo pós-pandemia

03/07/2020 Fabio Pontes

Esperar com paciência, agir com rapidez.

Perspectivas do turismo pós-pandemia

O antigo provérbio chinês sintetiza o desafiador cenário que se apresenta em 2020, com a evolução da pandemia da Covid-19. O acachapante enfraquecimento da economia mundial face à quarentena produz o extrato já aguardado no cenário do turismo brasileiro, que aponta para um recuo na casa dos 40% em seu faturamento, segundo mais recente estudo da Fundação Getúlio Vargas sobre o setor, que gerou R$ 270 bilhões em 2019.

Brotas, que tem a segunda maior fonte de arrecadação na atividade turística, vive dias de expectativa. Panorama muito diferente de 2018, ano em que apresentou crescimento duas vezes maior que a média mundial no segmento e arrecadou R$ 1 milhão em ISS – Imposto Sobre Serviço Turístico.

Esmorecer por conta da pandemia e seus reflexos, no entanto, está fora de questão. Brotas é, irrefutavelmente, exemplo no conjunto de ações que desenvolve – e que traz resultados imediatos – para superar este infausto capítulo na história da humanidade.

Feitos estes que são produto da atuação sinérgica entre o empresariado e o setor público. A força-tarefa estabelecida pela gestão municipal, por exemplo, dá transparência e estimula a população a cumprir a todas as recomendações para evitar o contágio. Positivamente, Brotas está em um cenário muito diferente da sua região, que se encontra na fase vermelha do Plano São Paulo, a linha máxima implementada pelo governo estadual nas restrições de funcionamento de estabelecimentos comerciais.

Enquanto o abrandamento do isolamento social tem diversos desdobramentos regionais, as iniciativas direcionadas ao planejamento do futuro pós-pandemia na estância turística tomam forma. A principal delas, inédita no Brasil, é o protocolo sanitário voltado especificamente para as atividades de aventura. Estruturado pela força-tarefa de enfrentamento à Covid-19 em Brotas, o conjunto de normas traz segurança aos colaboradores e aos clientes de empresas que oferecem atrativos como rafting, boia cross e tirolesa. Orientação, higienização e distância segura são os três pilares deste tratado pela saúde, muito bem recebido pelos empresários do setor e sua força de trabalho.

Confiantes na retomada forte do setor, aguardada ainda para este ano, no último trimestre, a cadeia de serviços de Brotas e a administração pública enxergam dois comportamentos que o turista deve adotar nas suas primeiras viagens e que estão perfeitamente alinhados às realidades de quem visita a cidade: 1) deslocamentos curtos, via terrestre; 2) necessidade de contato com a natureza.

Deslocamentos de carro continuarão a ser a opção mais viável na próxima fase, conforme já é recomendado por autoridades de saúde. Os caminhos que levam a Brotas estão entre as rodovias mais seguras conforme ranking da CNT – Confederação Nacional de Transportes. A principal delas, a SP 225 – Engenheiro Paulo Nilo Romano, é a terceira melhor do Brasil, no levantamento publicado em 2019, isso sem mencionar as belas paisagens e cuestas que o motorista já contempla enquanto se aproxima do seu destino. O carro, aliás, segundo pesquisa feita em 2018, é o meio de transporte para 90% dos visitantes da cidade.

A busca pela natureza, além da comodidade em deslocamentos rápidos de quem vem da Região Metropolitana de São Paulo, Campinas, Bauru, São Carlos e Araçatuba, ocorre em recortes diferentes. A necessidade de descanso, tranquilidade e de contemplar a natureza é o que atrai 48% dos turistas em Brotas. A outra metade procura as atividades de aventura. Todos eles encontram, no final, as belezas naturais das serras, nascentes, vales e uma concentração de cachoeiras com quedas dos mais diversos formatos.

Brotas está preparada, à espera de seus visitantes. Em breve, terá outra novidade, um guia virtual que poderá ser acessado por dispositivos móveis para que o turista tenha toda informação na palma da mão para aproveitar ao máximo a sua estada. A capital nacional do turismo de aventura irá superar esta fase com todo o potencial para oferecer uma experiência inesquecível aos visitantes.

* Fabio Pontes é secretário de Turismo de Brotas

Fonte: Lettera Comunicação



Ponte aérea SP-RJ é a 1ª do mundo com acesso biométrico do check-in ao embarque

Aeroportos de Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ) passarão por instalação, testes e início da operação do sistema.

Ponte aérea SP-RJ é a 1ª do mundo com acesso biométrico do check-in ao embarque

México passará a exigir visto impresso no passaporte de brasileiros

Existem casos, no entanto, em que o visto físico não será exigido.

México passará a exigir visto impresso no passaporte de brasileiros

Aeroporto de BH fecha o primeiro semestre com fluxo 60% superior ao ano passado

De janeiro a junho deste ano, cerca de 4,5 milhões de pessoas passaram pelo terminal e a expectativa é fechar o ano com movimentação de 10 milhões de passageiros.

Aeroporto de BH fecha o primeiro semestre com fluxo 60% superior ao ano passado

Santuário lança pedra fundamental do Museu do Cristo Redentor

Gastos de brasileiros no exterior somam o maior valor em mais de dois anos

Valor de US$ 1,1 bilhões em março deste ano, foi o maior registrado desde janeiro de 2020.

Gastos de brasileiros no exterior somam o maior valor em mais de dois anos

Veneza cobrará taxa turística para quem ficar apenas um dia na cidade

Contra excesso de turistas, a medida já tinha sido anunciada antes, mas avança agora com sua adoção a partir de janeiro de 2023.

Veneza cobrará taxa turística para quem ficar apenas um dia na cidade

Até maio, Brasil recebeu mais de 1 milhão de visitantes estrangeiros

Demanda por voos domésticos tem queda de 2,5% no Brasil em maio

A oferta de viagens teve alta de 6% em relação a maio de 2019.

Demanda por voos domésticos tem queda de 2,5% no Brasil em maio

Ministério do Turismo lança websérie sobre cidades criativas do Brasil

Iniciativa visa promover o Brasil como um destino competitivo e criativo.

Ministério do Turismo lança websérie sobre cidades criativas do Brasil

CNC projeta mais de 190 mil vagas de emprego no setor de turismo ainda este ano

Dados também apontam a abertura de mais de 79 mil novas empresas no segmento desde março de 2020.

CNC projeta mais de 190 mil vagas de emprego no setor de turismo ainda este ano

Turismo deve retomar volume de receitas pré-pandemia

Segundo projeção da CNC, setor deve encerrar 2022 com alta de 2,8% em relação ao ano passado.

Turismo deve retomar volume de receitas pré-pandemia

Procura por voos domésticos tem queda de 9,9%

Transporte aéreo de carga cai 11,3% em abril.

Procura por voos domésticos tem queda de 9,9%