Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Turismo no Brasil deve ter queda de 38,9% nos ganhos, aponta FGV

Turismo no Brasil deve ter queda de 38,9% nos ganhos, aponta FGV

22/04/2020 Divulgação

Após isolamento, mercado doméstico deve levar um ano para se recuperar.

Turismo no Brasil deve ter queda de 38,9% nos ganhos, aponta FGV

O Produto Interno Bruto (PIB) do setor de turismo, que em 2019 chegou a R$270,8 bilhões, deve cair para R$165,5 bilhões em 2020, indicando redução de 38,9% no faturamento. É o que indica o estudo "Impacto Econômico da covid-19 e Propostas para o Turismo Brasileiro", elaborado pela FGV Projetos.

Segundo o levantamento, em 2021, os ganhos com o turismo devem alcançar R$259,4 bilhões, valor 4,2% inferior ao patamar de 2019. A perda total do setor turístico brasileiro será de R$ 116,7 bilhões no biênio 2020-2021. Para cobrir essa lacuna, será necessário que o setor cresça em média 16,95% ao ano em 2022 e em 2023, com PIB de, respectivamente, R$ 303 bilhões e R$355 bilhões.

O mercado de viagens é um dos setores mais afetados, pois as medidas de contenção do contágio pela covid-19 impactam diretamente sua dinâmica econômica. Segundo análise do PewResearch Center, hoje, 93% da população mundial vivem em países que adotaram algum tipo de medida de restrição de viagem e três bilhões de pessoas ao redor do mundo vivem em países que fecharam totalmente suas fronteiras para estrangeiros.

No Brasil, o enxugamento dessa área traz consequências significativas, já que o turismo é uma atividade fortemente geradora de empregos em todas as faixas de renda. As atividades dessa natureza envolvem principalmente, e em grande escala, as áreas de menor grau de especialização.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o setor de turismo responde por 3,71% do PIB do país, e sua dinâmica é composta por diferentes atividades que serão diferentemente afetadas com o isolamento social. São elas: hotéis e pousadas; bares e restaurantes; transporte rodoviário; transporte aéreo; outros transportes e serviços auxiliares dos transportes; atividades de agências e organizadores de viagens; aluguel de bens móveis; e atividades recreativas, culturais e desportivas.

Neste estudo, a FGV Projetos considerou um período de confinamento de três meses. Passado esse período, deverá ter início o processo de reequilíbrio dos negócios (estabilização) no Brasil, que deve se estender por aproximadamente 12 meses, uma vez que a saúde financeira dos negócios e das famílias estará comprometida. No caso do turismo internacional, o período de recuperação poderá chegar a 18 meses.

Fonte: Agência Brasil



Veneza perde 14 mil moradores em 20 anos e sofre com turismo em excesso

Centro da cidade italiana possui cerca de 50 mil moradores.

Veneza perde 14 mil moradores em 20 anos e sofre com turismo em excesso

Ponte aérea SP-RJ é a 1ª do mundo com acesso biométrico do check-in ao embarque

Aeroportos de Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ) passarão por instalação, testes e início da operação do sistema.

Ponte aérea SP-RJ é a 1ª do mundo com acesso biométrico do check-in ao embarque

México passará a exigir visto impresso no passaporte de brasileiros

Existem casos, no entanto, em que o visto físico não será exigido.

México passará a exigir visto impresso no passaporte de brasileiros

Aeroporto de BH fecha o primeiro semestre com fluxo 60% superior ao ano passado

De janeiro a junho deste ano, cerca de 4,5 milhões de pessoas passaram pelo terminal e a expectativa é fechar o ano com movimentação de 10 milhões de passageiros.

Aeroporto de BH fecha o primeiro semestre com fluxo 60% superior ao ano passado

Santuário lança pedra fundamental do Museu do Cristo Redentor

Gastos de brasileiros no exterior somam o maior valor em mais de dois anos

Valor de US$ 1,1 bilhões em março deste ano, foi o maior registrado desde janeiro de 2020.

Gastos de brasileiros no exterior somam o maior valor em mais de dois anos

Veneza cobrará taxa turística para quem ficar apenas um dia na cidade

Contra excesso de turistas, a medida já tinha sido anunciada antes, mas avança agora com sua adoção a partir de janeiro de 2023.

Veneza cobrará taxa turística para quem ficar apenas um dia na cidade

Até maio, Brasil recebeu mais de 1 milhão de visitantes estrangeiros

Demanda por voos domésticos tem queda de 2,5% no Brasil em maio

A oferta de viagens teve alta de 6% em relação a maio de 2019.

Demanda por voos domésticos tem queda de 2,5% no Brasil em maio

Ministério do Turismo lança websérie sobre cidades criativas do Brasil

Iniciativa visa promover o Brasil como um destino competitivo e criativo.

Ministério do Turismo lança websérie sobre cidades criativas do Brasil

CNC projeta mais de 190 mil vagas de emprego no setor de turismo ainda este ano

Dados também apontam a abertura de mais de 79 mil novas empresas no segmento desde março de 2020.

CNC projeta mais de 190 mil vagas de emprego no setor de turismo ainda este ano

Turismo deve retomar volume de receitas pré-pandemia

Segundo projeção da CNC, setor deve encerrar 2022 com alta de 2,8% em relação ao ano passado.

Turismo deve retomar volume de receitas pré-pandemia