Portal O Debate
Grupo WhatsApp

A insônia do brasileiro, o stress e a meta de dormir melhor

A insônia do brasileiro, o stress e a meta de dormir melhor

03/02/2020 Dra. Verena Senn

Todo início do ano vem acompanhado por um checklist de metas pessoais a serem cumpridas no decorrer dos meses.

A insônia do brasileiro, o stress e a meta de dormir melhor

Entre elas, dormir melhor é um desejo frequente, ainda mais quando 20% da população mundial sofre de insônia.

Segundo a Associação Brasileira do Sono, no Brasil, um terço da população tem problemas para dormir, ou seja, somos 73 milhões de pessoas passando noites em claro e perdendo o rendimento das atividades diárias. Somado a esse número alarmante, de acordo com a International Stress Management Association (ISMA-BR), nosso país está em segundo lugar no ranking mundial de pessoas afetadas pela Síndrome de Burnout, que é o excesso de stress relacionado ao trabalho.

Olhando esses números podemos afirmar que dormir melhor se tornou uma necessidade, uma vez que interfere, principalmente, nas funções cognitivas, além das imunológicas e emocionais.

No que tange à cognição, isso significa que uma performance ruim no sono implica em problemas que envolvem raciocínio, tais como maior dificuldade na tomada de decisões e resolução de problemas e menor uso da linguagem e da criatividade.

O fato é que essas consequências acarretam em um dia a dia sem energia, corroborando para que o alcance de metas em todas as esferas da vida, profissional ou pessoal, se torne cada vez mais longínquo.

Agora que entendemos a importância do sono para as funções cognitivas, como podemos estabelecer uma solução para dormir melhor? O primeiro pilar para uma boa experiência de sono é um colchão com uma ergonomia eficaz, cuja firmeza proporcione ao usuário uma quantidade saudável tanto de alívio de pressão como de apoio. É o que fornecerá conforto, mas também o alinhamento da coluna vertebral para não acordar com dores.

Mas podemos ir além. Também é importante considerar a distribuição de calor do corpo. Isso porque, durante a noite, experimentamos diferentes fases do sono: leve, profundo, sonho e REM (do inglês, Rapid Eye Movement), que se refere ao sono com atividade cerebral similar àquela que se passa nas horas em que se está acordado.

Durante o sono profundo, o corpo relaxa e a nossa pressão sanguínea diminui. Esta é a fase de regeneração, que é muito importante para a qualidade do sono. A temperatura diminui, e não é devido ao sono profundo que temos o declínio. É justamente o contrário. Ou seja, é necessário que haja a diminuição da temperatura do corpo para entrar em sono profundo. Por isso, o colchão deve aliviar o calor do corpo.

Todos sabem como uma noite de sono ruim pode fazer você se sentir. Agora, multiplique essa noite em uma semana, ou mesmo meses, e é fácil entender como uma má experiência do sono afeta a vida diária das pessoas e sua saúde mental e física. Em 2020, vamos adotar a meta número 1 - dormir melhor - para ter sucesso nas demais?

* Dra. Verena Senn é PHD em neurociência, especialista em sono e Senior Expert Research na Emma Colchões Brasil, startup global voltada à tecnologia do sono.

Fonte: IMAGE Comunicação



O Brasil precisa de mais sangue!

A doação não traz nenhum risco para o doador.

Autor: Guilheme Muzzi

O Brasil precisa de mais sangue!

Insegurança e espiritualidade

O Nosso Cérebro é uma máquina de detectar padrões. Nosso senso de orientação depende disso.

Autor: Marco Antonio Spinelli

Insegurança e espiritualidade

Entender os sentimentos pode ajudar no relacionamento entre pais e filhos

O reconhecimento das emoções é o primeiro passo para o entendimento no ciclo familiar e social.

Autor: Divulgação

Entender os sentimentos pode ajudar no relacionamento entre pais e filhos

A importância da comunicação humanizada

Dar vida às palavras, expressões e gestos que formam a substância da comunicação é fundamentalmente humano.

Autor: Reinaldo César


Saúde espiritual: cura que vem de dentro para fora

É fato que a medicina moderna avançou consideravelmente no tratamento das doenças físicas ao longo dos séculos.

Autor: Tatiana Capanema

Saúde espiritual: cura que vem de dentro para fora

Ascensão dos devocionais

No final dos anos 1990, algumas igrejas brasileiras utilizavam os devocionais para mobilizar seus membros a desenvolverem uma vida espiritual ativa e dinâmica

Autor: Magno Paganelli

Ascensão dos devocionais

Santuário do Pai das Misericórdias: lugar de encontro com Deus e renovação espiritual

O Santuário do Pai das Misericórdias é um importante centro de peregrinação e devoção católica, atraindo fiéis de diversas partes do país e do mundo.

Autor: Pe. João Gualberto


Brasileiros solidários

A Gol em parceria com a Avianca, empresas do grupo Abra, transportou doações em mais um voo humanitário.

Autor: Divulgação

Brasileiros solidários

Solidariedade permanente

Há alguém que dependa única e exclusivamente de si? "Ah, sim, 'eu sou o cara, faço e aconteço, sou uma pessoa independente'".

Autor: Padre Marcio Prado


Cemig envia equipes, geradores e veículos especiais para RGS

Equipamentos cedidos pela companhia podem atender até 2.500 mil residências afetadas pelas enchentes no estado.

Autor: Divulgação

Cemig envia equipes, geradores e veículos especiais para RGS

LBV lança campanha de combate à dengue com recado das crianças

O objetivo de promover hábitos saudáveis e eliminar criadouros do mosquito.

Autor: Divulgação


“Dias Perfeitos”: a incrível beleza das coisas simples

Talvez a maior perda de um mundo em que tudo acontece apenas dentro de uma tela é que as pessoas perdem o caminho de seu mundo interno.

Autor: Marco Antonio Spinelli