Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Anti-stress

Anti-stress

20/08/2023 Marco Antonio Spinelli

O documentário mostra, de maneira dramática, o desmoronamento de Mardy Fish em plena quarta de final de um torneio muito importante do circuito.

O Netflix tem um documentário de 2021, “Federer x Fish “. O lendário tenista Roger Federer aparece no título para captar cliques, porque o filme é, na verdade, sobre a vida, trajetória e queda de Mardy Fish, um tenista americano de bom nível e bons momentos na carreira, mas que acabou sendo uma espécie de Rubens Barrichello do Tênis.

Por que estou dizendo isso? Rubinho Barrichello foi um excelente piloto, com fama merecida de ser um ótimo acertador de carros, que chegou à Fórmula 1 muito cedo e dirigiu o carro de uma escuderia icônica, a Ferrari. Rubinho teve dois grandes azares: carregou a responsabilidade de suceder o maior piloto brasileiro de todos os tempos, Ayrton Senna, e correr junto com outro monstro do esporte, Michael Schumacher. Foi muito criticado, ridicularizado e mesmo injustiçado por não ser nem Ayrton Senna, nem Schumacher. Mardy Fish também teve o mesmo azar. Chegou ao tênis com o peso do legado de dois monstros americanos, André Agassi e Pete Sampras, e viu despontar na sua geração o quase imbatível Roger Federer. Passou para a história como um tenista mediano, que dava para trás na hora H. Cruel para um tenista que esteve entre os Top 10 da sua modalidade.

Mas o que esses dois tenistas, tão diferentes entre si, tem a dizer para a Psiquiatria? O documentário mostra, de maneira dramática, o desmoronamento de Mardy Fish em plena quarta de final de um torneio muito importante do circuito. É como você lutar a vida toda por uma oportunidade, um objetivo, e ter um esgotamento na hora de realizar o seu sonho. E dizer para todos que depositaram a sua esperança e torcida, que não vai dar. Não vai conseguir nem entrar em quadra. A decepção absoluta de todos que torceram por seu trabalho.

Para a Psiquiatria, interessa, nos dois atletas, a estratégia de manejo da pressão. Mardy Fish era amigo e escudeiro de outro tenista que derreteu diante da expectativa, Andy Roddick. Os dois cresceram juntos e treinaram juntos na direção dos grandes torneios. Na hora que se cruzavam, Andy conhecia bem as inseguranças do seu amigo e sempre levava a melhor.

Depois de anos de frustração, Mardy Fish resolveu que aquilo iria mudar: treinou como um louco, emagreceu vários quilos e virou um tenista veloz, aplicado, dominante. Finalmente derrotou o amigo e asa negra em jogos e finais. Parecia que, finalmente, os Estados Unidos iria ter novamente um núnero 1 no tênis. Seria como o Rubinho virar o Ayrton Senna. No seu auge, Mardy Fish derreteu. O filme mostra esse processo em detalhes: Mardy Fish projetou para si o plano de ser um tenista forte, dominante na quadra. Exigia de si, força e domínio absoluto de si e do jogo. Encontrou do outro lado um tenista que parecia ter reinventado o Tênis: Federer jogava horas em alta performance e parecia sair da quadra sem desfazer o penteado nem suar a camisa. Mardy Fish saía esgotado, descabelado, babando na raquete.

Os gurus motivacionais propõem a intensidade. Viva ao máximo, viva no limite, tenha um desempenho incrível. Acomodação é a morte, gritam em seus vídeos e palestras de encerramento de workshops da empresa. Vençam o estresse com entusiasmo. Não pode fraquejar! Tem que segurar a onda!

Esse modelo de enfrentar o medo e a acomodação com um entusiasmo barulhento é imposto em palestras, em vídeos de Youtube, em gritos nos templos de coachs corporativos ou espirituais. O resultado é o mesmo nas quadras e na vida corporativa: o esgotamento, o burnout, a perda de comprometimento e o teatro de personas que parecem que entregam, mas não entregam o resultado.

Mardy Fish ficou dois anos sem jogar tênis. Não conseguia levantar a raquete. Sucumbiu à pressão gigantesca da expectativa projetada nele. Simone Biles, multi medalhista da Ginástica Artística, abandonou a equipe em plena Olimpíada. Ficou afastada também por dois anos, vi que voltou a competir nessas semanas. O que aconteceu? Não aguentam a pressão, são mais frágeis e mimados? Ou, pelo contrário, o modelo de Alta Pressão e Expectativa que se coloca nessas pessoas leva, com precisão matemática, esses atletas e outros profissionais, ao colapso e ao Burnout?

Usei Roger Federer em uma entrevista em um Podcast que ainda não foi ao ar, como modelo Anti-Stress. Federer parecia uma máquina sem emoções. Seus movimentos eram econômicos e harmônicos. Parecia que jogava ao som de uma valsa. A Psicologia Positiva descreve os estados de Fluxo, onde se consegue o máximo de concentração com o mínimo de esforço. Grandes atletas, grandes artistas e pessoas de alta performance conseguem desenvolver e desempenhar seu trabalho em estado de Fluxo. Alternam o alto desempenho com uma grande capacidade de relaxamento. Não se cobram a resiliência absoluta, mas a precisão fria e relaxada. Não se via Federer quebrar raquetes ou berrar um “Vamos lá!!” para a torcida. Jogou em alto nível até perto dos quarenta anos, mesmo competindo com outras lendas, como Nadal e Dyokovic.

O alto desempenho demanda relaxamento, redução de fricção, economia de energia e atenção relaxada. O Anti-Stress é Fluir, é deslizar sobre as tarefas. Cuidar do repouso tão bem como do desempenho. A delicadeza vence a gritaria. E queima menos neurônios.

* Marco Antonio Spinelli é médico, com mestrado em psiquiatria pela Universidade São Paulo, psicoterapeuta de orientação younguiano e autor do livro “Stress o coelho de Alice tem sempre muita pressa”.

Para mais informações sobre carreira clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Vervi Assessoria



Brasileiros solidários

A Gol em parceria com a Avianca, empresas do grupo Abra, transportou doações em mais um voo humanitário.

Autor: Divulgação

Brasileiros solidários

Solidariedade permanente

Há alguém que dependa única e exclusivamente de si? "Ah, sim, 'eu sou o cara, faço e aconteço, sou uma pessoa independente'".

Autor: Padre Marcio Prado


Cemig envia equipes, geradores e veículos especiais para RGS

Equipamentos cedidos pela companhia podem atender até 2.500 mil residências afetadas pelas enchentes no estado.

Autor: Divulgação

Cemig envia equipes, geradores e veículos especiais para RGS

LBV lança campanha de combate à dengue com recado das crianças

O objetivo de promover hábitos saudáveis e eliminar criadouros do mosquito.

Autor: Divulgação


“Dias Perfeitos”: a incrível beleza das coisas simples

Talvez a maior perda de um mundo em que tudo acontece apenas dentro de uma tela é que as pessoas perdem o caminho de seu mundo interno.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Saúde espiritual: cura que vem de dentro para fora

É fato que a medicina moderna avançou consideravelmente no tratamento das doenças físicas ao longo dos séculos.

Autor: Tatiana Capanema

Saúde espiritual: cura que vem de dentro para fora

O livro de Tobias: uma história edificante

No século III antes de Cristo um grande número de judeus moravam no Egito, em Alexandria.

Autor: Lino Rampazzo


Como as emoções afetam o ambiente de trabalho?

A concorrência no mundo dos negócios é diariamente uma arena onde a racionalidade e a tomada de decisões estratégicas são imperativas para o sucesso.

Autor: Divulgação

Como as emoções afetam o ambiente de trabalho?

Segredo para casamentos duradouros

Com os anos de relacionamento, não é incomum que todo aquele encanto, a alegria, o prazer de estar com a pessoa amada enfraqueça, diminua, encolha e desbote.

Autor: Déa Jório e Jal Reis

Segredo para casamentos duradouros

Especialista explica as consequências da timidez

Atividades que desenvolvem habilidades sociais podem ser a solução.

Autor: Divulgação

Especialista explica as consequências da timidez

Depressão e ansiedade gestacional, como identificar?

O período gestacional é um momento da vida da mulher, principalmente para as mães de primeira viagem, que mais exige equilíbrio emocional.

Autor: Dra. Andréa Ladislau

Depressão e ansiedade gestacional, como identificar?

Quer casar comigo?

Todo dia era a mesma coisa. Marieta sempre esperava o engenheiro chegar.

Autor: Beto Ribeiro

Quer casar comigo?