Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Benefícios da fisioterapia na terceira idade

Benefícios da fisioterapia na terceira idade

06/10/2022 Lucia Palma

A fisioterapia visa a promoção do diagnóstico, prevenção e restabelecimento dos movimentos corporais que estão comprometidos.

Benefícios da fisioterapia na terceira idade

Os idosos, em especial, veem nessa prática um importante aliado para a diminuição de dores musculares e melhora na coordenação motora, que tende a ficar comprometida com o avanço da idade.

Com foco exclusivo para as pessoas dessa faixa etária, a fisioterapia geriátrica – por meio de um estudo minucioso do paciente, identificando e estudando todo o histórico clínico e físico do mesmo – irá desenvolver um plano personalizado para cada tipo de organismo, no intuito de auxiliar as limitações e mudanças ocorridas no corpo dentro do processo natural do envelhecimento.

Alongamentos e exercícios focados na prevenção de dores, artrose e lesões crônicas, além do fortalecimento muscular e equilíbrio, ajudam no bem estar e melhor qualidade de vida, dando mais liberdade para realização de caminhadas e atividades físicas, auxiliando também na diminuição dos casos de quedas e acidentes, que acometem, em muitos casos, quadros clínicos graves na vida do idoso.

A fisioterapia surge então como importante alternativa, utilizando previamente técnicas e exercícios posturais que trarão mais equilíbrio e reconhecimento do próprio corpo.

A ação inevitavelmente colabora também para que o idoso mantenha sua autonomia, realizando tarefas corriqueiras do dia a dia da melhor forma possível, sem se preocupar com qualquer impedimento imposto à idade. Melhorando a parte física e mental e aumentando a expectativa de vida em comparação aos idosos considerados inativos.

Comum para as pessoas dessa faixa etária – em especial nas épocas de outono e inverno – a prática da fisioterapia ajuda também em doenças e complicações cardiovasculares e respiratórias, frequentes para essa população por conta das mudanças imunológicas e funcionais ocorridas com o passar dos anos.

Com a idade avançada, o pulmão se torna menos elástico e a musculatura torácica prejudicada pela dificuldade em distender, perdendo a capacidade de força da respiração profunda. Através de exercícios indicados pelo fisioterapeuta, melhora-se a chegada de oxigênio no corpo, combatendo a dificuldade de respiração.

A prática ainda ajuda na desobstrução de vias aéreas, bem como libera as secreções destas e do pulmão, sendo importante aliado também em doenças cardiovasculares.

É importante ainda salientar que pacientes debilitados, que tenham sofrido AVE (Acidente Vascular Encefálico), por exemplo, encontrem na fisioterapia uma grande saída para recuperar as atividades e coordenação motora, ou, ao menos, reduzir as limitações provocadas.

Por conta dessas e de outras limitações, é fundamental que o profissional entenda e estude individualmente cada caso, trabalhando, de preferência, em conjunto com outros médicos em que o paciente faça acompanhamento, como o geriatra.

Apesar dos problemas oriundos da idade, o fisioterapeuta especialista em geriatria pensará na adoção de práticas que propiciem uma vida com uma menor possibilidade de limitação física ou de dependência cotidiana para realização de qualquer tipo de tarefa.

* Lucia Palma, 56 anos, profissional de marketing e fundadora do Portal Casas de Repouso. Vive a angústia e o prazer de conviver com a minha mãe que está hoje com 91 anos e tem doença de Alzheimer.

Para mais informações sobre Idosos clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Vervi Assessoria



Viramos escravos das redes sociais?

A presença de celulares se tornou certa em momentos marcantes, sejam eles as primeiras palavras de um bebê ou shows de grandes artistas.

Autor: Lucas Franco Freire

Viramos escravos das redes sociais?

A solidão pode ser uma bomba relógio para o seu coração

Álcool, Isolamento social e saúde mental conheça os fatores que afetam a saúde cardíaca que vão além do sedentarismo e a má alimentação.

Autor: Divulgação

A solidão pode ser uma bomba relógio para o seu coração

Quaresma: tempo favorável à conversão

Por meio do tempo litúrgico da Quaresma, a Igreja se prepara para celebrar o mistério do Cristo Ressuscitado, vencedor da morte e do pecado.

Autor: Padre Wagner Ferreira da Silva

Quaresma: tempo favorável à conversão

Mesmo enfermo, eu sou guerreiro!

Vários cientistas, de todas as partes do mundo, pesquisam exaustivamente a relação entre a fé e a superação de doenças.

Autor: Luzia Santiago


Levar a felicidade para passear

Um modelo de felicidade para mim é levar minha cachorrinha, Bella, para passear. Uma atividade que o resto da família não curte e não reproduz quando eu não posso fazê-lo.

Autor: Marco Antonio Spinelli

Levar a felicidade para passear

Família Salesiana comemora 200 anos do sonho de Dom Bosco

O sonho de Dom Bosco aos nove anos nos convida a olhar para nossa vida e perceber o chamado de Deus.

Autor: Vera Lúcia Reis


Uma história de ninar para quem tem medo do escuro

Inspirado na própria infância, quadrinista Landis Blair publica "A Cabana Noturna", que transforma a hora de dormir em um momento tranquilo, longe de monstros imaginários.

Autor: Divulgação

Uma história de ninar para quem tem medo do escuro

Uma caminhada em direção ao amor-próprio

Beatriz Ribeiro explora as várias facetas da complexa experiência humana em livro.

Autor: Divulgação


5 dicas para lidar com os pesadelos

Estratégias que podem ajudar a ter uma noite de sono tranquila.

Autor: Dra. Márcia Assis

5 dicas para lidar com os pesadelos

366 dias para estreitar o relacionamento com Deus

Pastor Michel Simplício lança devocional interativo para exercitar a fé e aliviar o estresse diário.

Autor: Divulgação


Gratidão ou obrigado

Em última análise gratidão não é uma obrigação social ou uma palavra da moda, mas um convite para viver de maneira mais conectada.

Autor: Danilo Suassuna

Gratidão ou obrigado

Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa

Hoje são milhões de cristãos perseguidos e assassinados, especialmente na África e na Ásia, pelo simples fato de serem cristãos.

Autor: Professor Felipe Aquino

Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa