Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Burnout x Layoff: quando os gestores vão começar a cuidar de seus colaboradores?

Burnout x Layoff: quando os gestores vão começar a cuidar de seus colaboradores?

22/08/2023 Jaqueline Padilha

A empatia e o suporte emocional são elementos essenciais na prevenção do burnout.

Burnout x Layoff: quando os gestores vão começar a cuidar de seus colaboradores?

O mundo empresarial está enfrentando desafios cada vez mais complexos, e a crise desencadeada por eventos recentes têm impactado significativamente a saúde mental dos trabalhadores. 

O fenômeno do burnout, caracterizado por exaustão emocional, despersonalização e diminuição da realização pessoal no trabalho, está em ascensão nas empresas. Isso se torna especialmente evidente no contexto das demissões em massa que vêm ocorrendo, levando-nos a questionar se os gestores estão verdadeiramente aptos a cuidar de seus colaboradores.

No Brasil, 18% dos brasileiros são vítimas da Síndrome de Burnout, sendo que a maioria da população afetada tem menos de 30 anos. É o que revela uma pesquisa realizada em 2021 pela faculdade de medicina da Universidade de São Paulo (USP). Em paralelo, o grupo Layoffs Brasil aponta 11,5 mil pessoas desligadas somente em janeiro de 2023.

Ainda, uma em cada quatro pessoas não se sente valorizada no trabalho, segundo o relatório "Transforming Enterprises through Diversity and Inclusion", da Organização Internacional do Trabalho (OIT). Sendo assim, sabemos que se o colaborador não se sente pertencente, a chances de saída voluntária aumenta drasticamente, e de acordo com um levantamento realizado pela Robert Half, com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), o Brasil é o país com o maior índice de turnover do mundo: 56%.

Em meio a esse cenário, surge uma questão fundamental: os gestores estão preparados para lidar com o bem-estar de seus colaboradores? Ou, então: os gestores conhecem as pessoas de seus times? A resposta, infelizmente, nem sempre é positiva. Embora muitos gestores reconheçam a importância de promover um ambiente saudável, nem todos possuem as habilidades ou a compreensão necessárias para realmente cuidar da saúde mental de suas equipes.

A empatia e o suporte emocional são elementos essenciais na prevenção do burnout. Gestores que demonstram interesse genuíno pelo bem-estar de seus colaboradores, oferecendo um ouvido atento e compreensivo, podem fazer toda a diferença para criar um ambiente mais saudável. Além disso, fornecer recursos para lidar com o estresse, promover a flexibilidade no trabalho e incentivar pausas regulares também podem beneficiar os funcionários, elevando seus níveis de felicidade.

No entanto, a responsabilidade não é apenas dos gestores. As organizações precisam adotar uma abordagem correta para enfrentar o problema do burnout. Isso envolve repensar as práticas de gerenciamento, promover uma cultura de cuidado com a saúde mental e reavaliar as demandas excessivas impostas aos funcionários. As demissões em massa podem ser inevitáveis em algumas circunstâncias, mas as empresas devem se esforçar para oferecer suporte aos colaboradores que permanecem, evitando sobrecarregá-los com responsabilidades excessivas.

Estamos envolvidos no ambiente de trabalho durante oito horas do nosso dia - sem contar as horas extras. Então, consequentemente, conhecer a pessoa que trabalha ao nosso lado é essencial para promover  um ambiente de  bem-estar e qualidade de vida. O mapeamento do colaborador não se resume apenas a skills. Conhecer, conversar e estar aberto a debates além do campo profissional também é um caminho para ter melhoria na rotina. Portanto, gestor, esteja aberto a conhecer o seu time. 

* Jaqueline Padilha, COO e cofundadora da Talent Academy.

Para mais informações sobre Síndrome de Burnout clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Mention



Ascensão dos devocionais

No final dos anos 1990, algumas igrejas brasileiras utilizavam os devocionais para mobilizar seus membros a desenvolverem uma vida espiritual ativa e dinâmica

Autor: Magno Paganelli

Ascensão dos devocionais

Santuário do Pai das Misericórdias: lugar de encontro com Deus e renovação espiritual

O Santuário do Pai das Misericórdias é um importante centro de peregrinação e devoção católica, atraindo fiéis de diversas partes do país e do mundo.

Autor: Pe. João Gualberto


Brasileiros solidários

A Gol em parceria com a Avianca, empresas do grupo Abra, transportou doações em mais um voo humanitário.

Autor: Divulgação

Brasileiros solidários

Solidariedade permanente

Há alguém que dependa única e exclusivamente de si? "Ah, sim, 'eu sou o cara, faço e aconteço, sou uma pessoa independente'".

Autor: Padre Marcio Prado


Cemig envia equipes, geradores e veículos especiais para RGS

Equipamentos cedidos pela companhia podem atender até 2.500 mil residências afetadas pelas enchentes no estado.

Autor: Divulgação

Cemig envia equipes, geradores e veículos especiais para RGS

LBV lança campanha de combate à dengue com recado das crianças

O objetivo de promover hábitos saudáveis e eliminar criadouros do mosquito.

Autor: Divulgação


“Dias Perfeitos”: a incrível beleza das coisas simples

Talvez a maior perda de um mundo em que tudo acontece apenas dentro de uma tela é que as pessoas perdem o caminho de seu mundo interno.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Saúde espiritual: cura que vem de dentro para fora

É fato que a medicina moderna avançou consideravelmente no tratamento das doenças físicas ao longo dos séculos.

Autor: Tatiana Capanema

Saúde espiritual: cura que vem de dentro para fora

O livro de Tobias: uma história edificante

No século III antes de Cristo um grande número de judeus moravam no Egito, em Alexandria.

Autor: Lino Rampazzo


Como as emoções afetam o ambiente de trabalho?

A concorrência no mundo dos negócios é diariamente uma arena onde a racionalidade e a tomada de decisões estratégicas são imperativas para o sucesso.

Autor: Divulgação

Como as emoções afetam o ambiente de trabalho?

Segredo para casamentos duradouros

Com os anos de relacionamento, não é incomum que todo aquele encanto, a alegria, o prazer de estar com a pessoa amada enfraqueça, diminua, encolha e desbote.

Autor: Déa Jório e Jal Reis

Segredo para casamentos duradouros

Especialista explica as consequências da timidez

Atividades que desenvolvem habilidades sociais podem ser a solução.

Autor: Divulgação

Especialista explica as consequências da timidez