Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como falar em público: 7 dicas de ouro para encantar

Como falar em público: 7 dicas de ouro para encantar

06/02/2020 Divulgação

Saiba que 7% do impacto da mensagem decorre do conteúdo, 38% da comunicação verbal e 55% da linguagem não verbal.

Como falar em público: 7 dicas de ouro para encantar

Falar em público não é tarefa fácil para inúmeras pessoas, até porque, para que a comunicação seja efetiva, não basta apenas falar, mas, sim, fazer com que a mensagem seja entendida.

Medo, calafrio, dor de cabeça e desespero...Tudo isso acontece com muitos que precisam fazer uma apresentação na faculdade ou reunião da empresa.

Seguindo as 7 dicas abaixo, é possível conseguir a atenção do público e surpreender positivamente os espectadores:

1) Dominar o assunto: conhecer profundamente o tema que será apresentado é fundamental para o sucesso. Isso trará a confiança necessária para quem discursa. O ideal é iniciar a fala pelo que é mais fácil. Isso serve como um aquecimento e será vital para o comunicador se acalmar, ganhar confiança e, em seguida, deslanchar, sem lembrar do calafrio inicial.

2) Variar o tom de voz: ora mais baixo, ora mais alto, de forma mais rápida ou pausada. Assim, as pessoas não se cansarão e permanecerão prestando atenção no palestrante e conteúdo. E, sobretudo, é essencial falar com emoção e paixão. Desta forma, os expectadores serão contagiados com a vibração do momento.

3) Movimento: não é recomendado ficar parado atrás do púlpito ou num mesmo local o tempo todo. É preciso movimentar-se pelo local e permanecer próximo das pessoas mais interessadas, para que elas se sintam enaltecidas, e também das desinteressadas ou sonolentas. Assim, elas se manterão atentas.

4) Fazer perguntas durante a apresentação: mesmo que o próprio comunicador responda as próprias perguntas, questionamentos geram maior atenção e interação dos participantes.

5) Usar recursos audiovisuais: a tecnologia pode propiciar uma didática moderna, mas não é recomendável abusar, pois as pessoas estão ali para assistir ao palestrante e não para ver vídeos longos e cansativos. Outro ponto que pode ser uma armadilha é escrever todo o conteúdo em slides. A apresentação tende a virar uma leitura cansativa e passar a impressão de que o comunicador não conhece o assunto.

6) Atenção à linguagem não-verbal: durante a apresentação, permanecer com a mão no bolso ou encostado em alguma coisa, pode transmitir insegurança ou indiferença. Também é preciso evitar segurar algum papel ou objeto, pois, se o palestrante estiver nervoso, a mão pode ficar trêmula e o objeto irá balançar, expondo, assim, ansiedade.

O sucesso da comunicação interpessoal não está somente naquilo que é dito, mas em como diz. Segundo a teoria 7-38-55, de Albert Mehrabian, professor emérito de psicologia da Universidade da Califórnia (UCLA), somente 7% do impacto da mensagem decorre do conteúdo, 38% da comunicação verbal (intensidade e velocidade da voz) e 55% da linguagem não verbal (gestos, postura, contato visual).

7) Encerrando com chave de ouro: toda apresentação deve ter um início, meio e fim. O encerramento precisa ser a parte mais impactante, conquistando, assim, a aprovação desejada e deixando um gostinho de quero mais. A melhor mágica do show fica para o final. 

E outro grande segredo é praticar, persistir e treinar continuamente. O ser humano aprende por repetição e a excelência é conquistada com muito treinamento.

Texto: Erik Penna - especialista em vendas, palestrante de vendas e motivação, autor de 6 livros e mais de 1.000 palestras apresentadas no Brasil e no exterior.

Fonte: RZT Comunicação



Troco Solidário Havan beneficia mais de 140 instituições

Somente no primeiro semestre de 2022, foram arrecadados mais de R$ 6 milhões nas lojas da rede.


O ego e outras drogas

Acho muito pouco elegante usar a si mesmo como referência ou um autor citar uma frase de sua própria autoria para exemplificar algo.

O ego e outras drogas

Pé chato em crianças a partir dos 7 anos deve ser avaliado por especialistas

Cerca de 4% das crianças não desenvolvem o arco plantar e podem ter problemas nos membros inferiores na vida adulta.

Pé chato em crianças a partir dos 7 anos deve ser avaliado por especialistas

O perigo de quedas e a prevenção de acidentes domésticos com idosos

O aumento da expectativa de vida nos últimos anos aumentou, e como consequência, tivemos um crescimento significativo de idosos.

O perigo de quedas e a prevenção de acidentes domésticos com idosos

Havan contempla mais 16 projetos sociais e culturais por meio de leis de incentivos

No segundo trimestre de 2022, varejista destinou mais de R$ 1,6 milhão aos projetos de lei federal.

Havan contempla mais 16 projetos sociais e culturais por meio de leis de incentivos

Atividades para acalmar crianças autistas

Lidar com as emoções nem sempre é fácil.

Atividades para acalmar crianças autistas

Por que se desconectar da internet?

É comum querermos proteger e privar crianças e adolescentes do uso constante do celular.

Por que se desconectar da internet?

Dia mundial dos avós

Neste domingo, 24 de julho de 2022, comemoramos o II Dia Mundial dos Avós.

Dia mundial dos avós

Joanete pode afetar até 30% das mulheres na fase adulta da vida

O hálux valgo, mais conhecido como “joanete” é uma das deformidades mais comuns dos pés.

Joanete pode afetar até 30% das mulheres na fase adulta da vida

A geopolítica da saúde de todos nós

Até fevereiro deste ano, a grande pauta dos negócios internacionais eram os efeitos da pandemia sobre as economias do mundo.

A geopolítica da saúde de todos nós

Brasileiro troca refeição por lanche, aponta estudo

Um dos motivos é a alta nos preços dos alimentos.

Brasileiro troca refeição por lanche, aponta estudo

Significado de sonhar com animais

O ponto mais importante é aprender a identificar os detalhes de cada sonho.

Significado de sonhar com animais