Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como lidar com criança na quarentena

Como lidar com criança na quarentena

17/04/2020 Daniela Generoso

Nessa época de quarentena, quem sofre bastante são as crianças, já que muitas não entendem o porquê de não poder ver os amiguinhos, os parentes nem ir ao parquinho.

Como lidar com criança na quarentena

Como os pais podem ajudar os pequenos a compreender os riscos do Coronavírus? Como dialogar com eles?

As crianças precisam desenvolver a capacidade cognitiva de conhecer o mundo e tudo que envolve. Por esse motivo, é importante que os pais possam compreender esse lado dos pequenos e explicar o que é exatamente esse vírus. Isso pode ser feito por vídeos lúdicos, o que pode chamar a atenção e a curiosidade delas. Também busque entender como elas estão lidando com tudo isso.

No entanto, os pequenos podem ainda ficar tristes e com saudade dos amiguinhos, dos avós, dos tios e dos primos. Para amenizar essa dor, a família pode fazer bom uso da tecnologia para encurtar as distâncias. Há diversos softwares, inclusive alguns são gratuitos, para realizar vídeo-chamada. Assim, elas podem falar e ver as pessoas na tela do celular ou do computador pela webcam. Além de amenizar a saudade, vai ajudar ocupando o tempo da criança e pode servir como uma descontração saudável. 

Mas depois de tudo isso, o que que fazer se o tédio bater? Os pais precisam ter bastante criatividade para poder entreter as crianças nessa época de isolamento social. Pode-se brincar com jogos de tabuleiro, como, por exemplo, dama. Faça brincadeiras em família, como jogos de pintar, adivinhação, mímica entre outros. Uma outra sugestão é agendar na programação de casa sessões de cinema.

Podem também chamar os filhos para fazer um bolo ou envolver nas atividades simples de casa, como varrer, tirar a poeira de móveis, arrumar a cama. A ideia é descobrir juntos novas rotinas, fazer de tudo para explorar a capacidade dos pequenos e fazê-los se sentirem úteis.

Outra preocupação com a quarentena são os estudos. Para isso, programe o mesmo horário escolar que seu filho já estaria estudando. Sente-se com ele e tire as dúvidas, mas não dê respostas. Faça-o sempre raciocinar. Mas se você não souber a matéria, busque com ele aulas e vídeos no YouTube, as explicações que o professor passou. O fato de estar do lado dele pode dar mais confiança e ânimo para não deixar de estudar.

E quando os pais não têm paciência para ensinar? Nesses casos, converse e explique que não sabe ensinar, mas ofereça alternativas e meios para que os filhos possam aprender através de um explicador online.

Não esqueça de providenciar um cantinho de estudos silencioso e agradável, longe de estímulos como brinquedos e vídeo game. Entenda que não é tão fácil estudar sozinho. Por isso, esteja ao lado, não para pressionar, mas para dar apoio.

* Daniela Generoso - Psicóloga, especialista em educação infantil e presidente do Instituto “É Possível Sonhar”, que atende crianças, adolescentes e mulheres vítimas de violência doméstica.

Fonte: Agência Drumond



Canal Angelini aborda as histórias das religiões

Nunca foi tão importante entender a história das religiões.

Canal Angelini aborda as histórias das religiões

Vulnerabilidade a seu favor: a verdadeira liderança

Vulnerabilidade: não podemos evitá-las e viver apenas em momentos seguros.

Vulnerabilidade a seu favor: a verdadeira liderança

Você controla seu celular ou é ele que te controla?

No ano de 2020, cada brasileiro que possui smartphone passou, em média, 4,8 horas por dia utilizando o seu aparelho, segundo o novo relatório anual da App Annie.

Você controla seu celular ou é ele que te controla?

O chá e seus efeitos benéficos

Quem nunca tomou algum medicamento medicamento sem receita médica?

O chá e seus efeitos benéficos

Direitos de crianças e adolescentes em meio à pandemia

As políticas públicas e a atuação das instituições que trabalham para garantir os direitos da criança e do adolescente, tema debatido há vários anos no meio público, ganharam um novo sentido durante a pandemia.

Direitos de crianças e adolescentes em meio à pandemia

Estamos mais intolerantes?

No Dia da Compreensão Mundial, psicóloga destaca que característica pode ser adquirida desde a infância.

Estamos mais intolerantes?

Como a chegada da primavera influencia na fertilidade masculina

Estudo mostra que durante a primavera os homens ficam mais férteis.

Como a chegada da primavera influencia na fertilidade masculina

O mistério da dor e da esperança de Maria

Quem não se impressiona com a manifestação do amor dedicado de uma mãe ao cuidar de um filho doente, acamado, necessitado de consolo e amparo?

O mistério da dor e da esperança de Maria

Oração aos insensatos

Começo dizendo que, na verdade, nem sei orar.

Oração aos insensatos

“Um Brasil que se alimenta e outro que não”

Famílias que nada tem e sofrem para sobreviver em meio à pandemia com o desemprego e a alta nos preços dos alimentos.


Métodos para estudar e entender a Bíblia

É necessário tratar de algumas questões ligadas à exegese e hermenêutica bíblicas.

Métodos para estudar e entender a Bíblia

Sete erros de postura cometidos nos serviços domésticos

Em tempos de pandemia, organizar, limpar e cozinhar tem sido atividades rotineiras para muitas pessoas.

Sete erros de postura cometidos nos serviços domésticos