Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Como superar o medo de falhar

Como superar o medo de falhar

12/12/2018 Juan O’Keeffe

A vida é feita de desafios. E, para vencê-los, uma das coisas mais importantes que precisamos é aprender a deixar de lado o nosso medo de falhar.

Como superar o medo de falhar

O problema é que temos uma dificuldade muito grande de sairmos da nossa zona de conforto. Para vencer obstáculos é preciso estar disposto a entrar em terreno desconhecido.

Por isso, aqui vão umas dicas para lidar com o medo de falhar.

1 - Faça uma interpretação adequada

Uma causa importante desse medo está no erro de interpretação que damos à falha. Podemos enxergar a falha como algo catastrófico e desastroso para a nossa vida. Algo do tipo “É o fim do mundo e nada pode ser feito”. Do outro lado, podemos enxergar a falha como uma grande oportunidade de aprendizado. Uma lição de que podemos conhecer melhor sobre como lidar com o assunto. Uma lição de que dessa forma não funciona e então precisa ser feito de outra. Esse tipo de interpretação é muito mais empoderadora. Traz para as nossas mãos uma possibilidade positiva de futuro.

2 - Pergunte-se qual o pior que pode acontecer

Os tipos de falhas da qual temos medo variam bastante. Tem vezes que pode ser algo com impacto mais significativo na vida como mudar de trabalho, por exemplo. Outras vezes, pode ser medo de falhar em algo bem simples. Medo de falhar na conversa com alguém, por exemplo. Seja qual for a situação, uma dica é pensar qual o pior que pode acontecer. Vai ver que geralmente as consequências de não dar certo não são tão devastadoras assim que justifiquem desistir do que você quer fazer. E mesmo nas situações mais raras em que parece que tudo está dando errado, é possível perceber que existe saída.

3 - Tenha um plano B

Ter um plano alternativo caso o principal não dê certo é uma forma de trazer mais segurança para a decisão. Permite você se sentir amparado de que vai ter uma rede de apoio caso venha a precisar. De qualquer forma, isto geralmente só se faz necessário para grandes mudanças. Grande parte dos nossos medos de falhar dizem respeito a pequenas coisas do dia a dia que sequer requerem um plano B. Isso pois se derem errado o impacto não é tão grande assim como possamos estar sentindo.

4 - Abra espaço para positividade

Assim como as coisas podem não dar certo, elas também podem dar certo. É preciso abrir a mente para a possibilidade de se sair bem-sucedido pois essa é uma possibilidade real. Assim ganhar confiança de que vai dar certo e ter menos medo de arriscar.

Grandes conquistas exigem coragem. Para conseguirmos atingir nossas metas não podemos ter medo de falhar. É necessário estar disposto a arriscar e lutar para vencer. Se não der certo, tudo bem. Aceitar a falha como uma parte do processo de aprendizado. Assim, não teremos medo de fazer o que precisa ser feito para conseguir o que queremos conquistar.



Qual o mundo que quero criar (e deixar) para minha filha?

Sou pai de uma linda menina de 3 anos e todos os dias ela me faz ter um olhar diferente sobre o mundo.

Qual o mundo que quero criar (e deixar) para minha filha?

Campanha Agosto Dourado: mães com covid-19 devem continuar amamentando

Estudos indicam que leite humano não transmite a doença.

Campanha Agosto Dourado: mães com covid-19 devem continuar amamentando

Expressão “dor nas costas” bate recorde de buscas na internet

De cada dez pessoas, oito terão dores nas costas ao longo da vida.

Expressão “dor nas costas” bate recorde de buscas na internet

Redes sociais e solidão

As pessoas se refugiam nas bolhas digitais para manter contato com as pessoas ao seu redor.

Redes sociais e solidão

Estudo aponta que quarentena aumentou casos de dores musculoesqueléticas

Joelhos e coluna foram as regiões mais afetadas pelo confinamento.

Estudo aponta que quarentena aumentou casos de dores musculoesqueléticas

Solidão infantil: um mercado lucrativo

A indústria do consumo infantil, sem pudor nem piedade, constrói um exército de reféns mirins.

Solidão infantil: um mercado lucrativo

Como ajudar os avós no confinamento?

Que tal oferecer carinho através de uma massagem nos pés?

Como ajudar os avós no confinamento?

Quando não formos capazes de mudar uma situação, devemos mudar a nós mesmos

Estamos todos aprisionados,  vivendo um momento muito difícil, que nos paralisa.


Cinco dicas para evitar manchas na pele após a depilação

Alguns tipos de pele têm maior propensão ao surgimento delas, mas há alguns truques seguros para prevenir o aparecimento e desfilar com uma perna lisinha.

Cinco dicas para evitar manchas na pele após a depilação

O importante vínculo entre avós e netos

Relacionamento entre idosos e crianças é fundamental para criar sentimentos de pertencimento.

O importante vínculo entre avós e netos

É preciso crer e pensar!

Minha fé é extremamente racional e pouco sentimental...

É preciso crer e pensar!

33% dos brasileiros diminuíram a frequência das relações sexuais

Pesquisa Opiniões Covid-19 demonstra que o sexo tem influência direta no humor.

33% dos brasileiros diminuíram a frequência das relações sexuais