Portal O Debate
Grupo WhatsApp

É hora de “tirar um bem”

É hora de “tirar um bem”

27/04/2020 Padre Marcio Prado

Que tempo vivemos! Já conseguimos dar largos passos nos descobrimentos científicos e tecnológicos.

Quantas coisas nos surpreendiam em desenho ou filme e hoje parecem tão normais? Quantos avanços na medicina (cirurgias, vacinas, métodos de prevenção). E os cursos à distância! Quem diria? É uma realidade. Quanta gente ganha a vida com o conhecimento ou a expertise através de vídeos? 

Mas e a fé, a vida com Deus? Nesse tempo do famoso slogan “fique em casa”, entre avanços tecnológicos e regressos, devido a desigualdade social, tenho visto e ouvido muitos testemunhos de pessoas que estão de volta à “Casa do Pai”. Elas não estão fisicamente no Santuário do Pai das Misericórdias, mas com um coração contrito e aberto fazem a experiência de estarem mais próximos de Deus, por meio dos dispositivos eletrônicos e os meios tradicionais de comunicação. 

Apesar do povo não estar na igreja, na Canção Nova, eu os sinto muito próximos. Não estão aqui presencialmente, mas pelo mistério do Corpo Místico de Cristo, que é a Igreja, na qual Jesus é a Cabeça e nós os membros. Claro, sinto saudades do povo e muitas pessoas manifestam este sentimento recíproco: “temos saudades da Eucaristia, da igreja e dos padres”.

Exercendo o sacerdócio vejo, sim, muitas vezes, uma “sede” de felicidade, de bem estar, a busca por uma espiritualidade como uma forma de alívio, de conforto. Entretanto, há muitas pessoas com sede de santidade, gente que busca a Deus de coração, que, por amor a Jesus, suporta os sofrimentos, como os que temos enfrentado nesse tempo de pandemia. Gente que quer Ele mesmo e não as coisas que pode oferecer. Filhos e filhas de Deus que desejam se unir a Ele por uma vida de oração e caridade. 

Sinto que nesse tempo muita gente descobriu o amor de Jesus, assim como outras pessoas voltaram a amá-Lo com mais intensidade. “De todo mal se tira um bem?” Sim, vamos tirar um enorme bem. Daqui a pouco vamos voltar a frequentar os nossos templos, mas precisamos ser, estar diferentes! Que passemos a viver com mais devoção, com mais entusiasmo, com mais equilíbrio, com mais caridade e amor ao próximo. Quando o templo nos foi tirado, aprendemos que o templo é o outro, que deve ser também valorizado, cuidado e amado. Será que não precisávamos disso? Para amar mais a Deus e ao próximo?

* Padre Marcio Prado é sacerdote da Comunidade Canção Nova e Vice-Reitor do Santuário do Pai das Misericórdias. É autor dos livros “Entender e viver o Ano da Misericórdia” e “Via-sacra do Santuário do Pai das Misericórdias”, pela editora Canção Nova. Instagram: @padremarciocn  

Fonte: Fundação João Paulo II / Canção Nova



Como enfrentar de modo eficaz as adversidades

Viver não é uma jornada tranquila e sem contratempos, não é como descansar em um lago de água morna, onde você pode deitar e relaxar.

Autor: Janguiê Diniz

Como enfrentar de modo eficaz as adversidades

Por que temos de sofrer as consequências do pecado de Adão e Eva?

Observando nossa história pessoal, não é difícil perceber que a cada escolha que fazemos nos tornamos responsáveis por suas implicações.

Autor: Padre Demétrio Gomes


Caridade: remédio contra o pecado

O amor a Deus que cultivamos em nossos corações são indicativos do espaço que damos para sua graça agir.

Autor: Padre Alex Nogueira

Caridade: remédio contra o pecado

O papel crucial das famílias na saúde emocional das crianças

Saiba como as famílias podem influenciar no desenvolvimento socioemocional dos jovens e como promover uma educação eficaz dentro de casa com a abordagem da "missão familiar".

Autor: Divulgação

O papel crucial das famílias na saúde emocional das crianças

Como lidar com a transformação de sentimentos da adolescência

Com o surgimento da puberdade e o início da adolescência, tudo fica diferente nos filhos. Isso vai muito além da fisionomia, altura e a voz.

Autor: Livia Marques

Como lidar com a transformação de sentimentos da adolescência

O Brasil precisa de mais sangue!

A doação não traz nenhum risco para o doador.

Autor: Guilheme Muzzi

O Brasil precisa de mais sangue!

Insegurança e espiritualidade

O Nosso Cérebro é uma máquina de detectar padrões. Nosso senso de orientação depende disso.

Autor: Marco Antonio Spinelli

Insegurança e espiritualidade

Entender os sentimentos pode ajudar no relacionamento entre pais e filhos

O reconhecimento das emoções é o primeiro passo para o entendimento no ciclo familiar e social.

Autor: Divulgação

Entender os sentimentos pode ajudar no relacionamento entre pais e filhos

A importância da comunicação humanizada

Dar vida às palavras, expressões e gestos que formam a substância da comunicação é fundamentalmente humano.

Autor: Reinaldo César


Saúde espiritual: cura que vem de dentro para fora

É fato que a medicina moderna avançou consideravelmente no tratamento das doenças físicas ao longo dos séculos.

Autor: Tatiana Capanema

Saúde espiritual: cura que vem de dentro para fora

Ascensão dos devocionais

No final dos anos 1990, algumas igrejas brasileiras utilizavam os devocionais para mobilizar seus membros a desenvolverem uma vida espiritual ativa e dinâmica

Autor: Magno Paganelli

Ascensão dos devocionais

Santuário do Pai das Misericórdias: lugar de encontro com Deus e renovação espiritual

O Santuário do Pai das Misericórdias é um importante centro de peregrinação e devoção católica, atraindo fiéis de diversas partes do país e do mundo.

Autor: Pe. João Gualberto