Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Estão as questões sociais fora do alcance da oração?

Estão as questões sociais fora do alcance da oração?

18/01/2017 Ana Carla Vicencio

O mundo precisa de nossa oração.

Estão as questões sociais fora do alcance da oração?

Quando leio sobre o caos que a educação pública brasileira enfrenta, escolas ocupadas por estudantes que reivindicam seus direitos, universidades públicas sem verba e inúmeros problemas sociais, pergunto-me o que pode ser feito individualmente, já que a maioria dos problemas parece estar fora de nosso controle.

Como estudante da Ciência Cristã, aprendi que manter o pensamento em ideias espirituais é um instrumento de proteção individual e coletivo, que pode contribuir para o exercício da cidadania. 

Claudia Proença, professora de línguas em Portugal, decidiu orar quando enfrentou desafios em relação ao comportamento dos alunos do curso profissionalizante, financiado pela Comunidade Européia. Sem apoio da Direção da escola e com leis que provocavam excessos, ela decidiu buscar a solução por meio da oração.

Com a leitura do livro Ciência e Saúde, de Mary Baker Eddy, Claudia entendeu que Deus, o Princípio divino, é a única causa e governa tudo de forma justa e correta. “…Aquele que é imutavelmente certo, fará o que é certo, sem que seja necessário lembrá-Lo de Seu dever. A sabedoria do homem não é suficiente para autorizá-lo a dar conselhos a Deus.” Sendo assim, o governo divino tinha de se manifestar em uma direção justa para todo o sistema escolar. De fato, ocorreram dois ajustes: o primeiro é que a antiga direção da escola foi substituída por uma equipe que dirige a escola em um ambiente em que todos se sentem respeitados. O segundo é que novas leis foram aprovadas, e a ajuda financeira aos alunos depende agora do êxito nas aulas. Essa nova lei ajudou a melhorar o comportamento e o interesse dos alunos pelo que é ensinado em sala de aula, e isso representou um enorme progresso.

Além disso, Claudia tornou-se coordenadora de um projeto piloto que tem o objetivo de transformar instituições de ensino em espaços que educam a respeito dos Direitos Humanos. Por dois anos consecutivos sua escola foi a que mais contribuiu em um evento de protesto a casos de violação de direitos humanos, por meio de coleta de assinaturas. Em outra ocasião, com o apoio de uma instituição portuguesa, Claudia coletou, empacotou e enviou roupas para um campo de refugiados na Croácia.

A mudança para melhor no comportamento dos jovens e o engajamento com os projetos sociais foi consequência da oração, que certamente colaborou para a formulação de leis mais justas.

Claudia reconhece que pela oração consegue contribuir de forma tangível para a defesa dos direitos humanos e para o progresso da humanidade.

Resultados como esses demonstram que a oração funciona como um fermento que promove a mudança no pensamento individual e coletivo, e assim soluções apropriadas aparecem.

Tal como Claudia, cada um pode dispor desse recurso para beneficiar a si mesmo e a coletividade.

* Ana Carla Vicencio integra o Comitê de Publicação da Ciência Cristã e escreve reflexões sobre espiritualidade e bem-estar.

Email: [email protected] Twitter: @AnaCVicencio



Tentar significa conseguir – um outro ponto de vista

Eu já li alguns artigos que diziam: “Tentar não significa conseguir” e neste artigo eu abordo um outro ponto de vista sobre este assunto: “Tentar significa conseguir”.

Autor: Renata Nascimento


O poder das escolhas positivas

Livrar-se de pensamentos intrusivos, sentimentos pessimistas e crenças negativas é um desafio e tanto para muitos.

Autor: Nuno Paiva

O poder das escolhas positivas

Viramos escravos das redes sociais?

A presença de celulares se tornou certa em momentos marcantes, sejam eles as primeiras palavras de um bebê ou shows de grandes artistas.

Autor: Lucas Franco Freire

Viramos escravos das redes sociais?

A solidão pode ser uma bomba relógio para o seu coração

Álcool, Isolamento social e saúde mental conheça os fatores que afetam a saúde cardíaca que vão além do sedentarismo e a má alimentação.

Autor: Divulgação

A solidão pode ser uma bomba relógio para o seu coração

Quaresma: tempo favorável à conversão

Por meio do tempo litúrgico da Quaresma, a Igreja se prepara para celebrar o mistério do Cristo Ressuscitado, vencedor da morte e do pecado.

Autor: Padre Wagner Ferreira da Silva

Quaresma: tempo favorável à conversão

Mesmo enfermo, eu sou guerreiro!

Vários cientistas, de todas as partes do mundo, pesquisam exaustivamente a relação entre a fé e a superação de doenças.

Autor: Luzia Santiago


Levar a felicidade para passear

Um modelo de felicidade para mim é levar minha cachorrinha, Bella, para passear. Uma atividade que o resto da família não curte e não reproduz quando eu não posso fazê-lo.

Autor: Marco Antonio Spinelli

Levar a felicidade para passear

Família Salesiana comemora 200 anos do sonho de Dom Bosco

O sonho de Dom Bosco aos nove anos nos convida a olhar para nossa vida e perceber o chamado de Deus.

Autor: Vera Lúcia Reis


Uma história de ninar para quem tem medo do escuro

Inspirado na própria infância, quadrinista Landis Blair publica "A Cabana Noturna", que transforma a hora de dormir em um momento tranquilo, longe de monstros imaginários.

Autor: Divulgação

Uma história de ninar para quem tem medo do escuro

Uma caminhada em direção ao amor-próprio

Beatriz Ribeiro explora as várias facetas da complexa experiência humana em livro.

Autor: Divulgação


5 dicas para lidar com os pesadelos

Estratégias que podem ajudar a ter uma noite de sono tranquila.

Autor: Dra. Márcia Assis

5 dicas para lidar com os pesadelos

366 dias para estreitar o relacionamento com Deus

Pastor Michel Simplício lança devocional interativo para exercitar a fé e aliviar o estresse diário.

Autor: Divulgação