Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Natal: tempo de grande acontecimento salvífico

Natal: tempo de grande acontecimento salvífico

23/12/2023 Padre João Gualberto Ribeiro da Silva

Deus caminha com sua criação, o povo que ele mesmo escolheu.

Natal: tempo de grande acontecimento salvífico

Foram muitos os nascimentos narrados nas sagradas escrituras, de homens e mulheres que ficaram marcados pela vocação e missão a eles confiadas: Isaac, Jacó, Moisés.

Desde o pecado dos nossos primeiros pais, Deus estabelece uma inimizade entre a descendência da mulher e da serpente, e pela descendência da mulher a cabeça da serpente seria esmagada. Portanto a história da Salvação está marcada por uma promessa: a vinda do Messias. Muitas perguntas sobre a sua chegada: onde ele nasceria? Seria nascido de uma virgem? Quais seriam os sinais de sua vinda? Havia uma grande expectativa sobre a sua chegada!

Deus havia prometido a vinda do Salvador, através de seus patriarcas e profetas e, quando chegou o tempo, a plenitude dos tempos, Deus enviou seu anjo a uma virgem, anunciando-lhe o seu nascimento. Historicamente seu nascimento aconteceu em Belém, com as luzes e os anjos sinalizando o misterioso nascimento, a vida divina.

O Filho de Deus se fez homem para que os homens pudessem tornar-se filhos de Deus. Este nascimento é o início da nossa salvação, que se completará pela morte e ressurreição de Jesus.

Podemos então perguntar: Como Jesus nos salva? A resposta é:  pela sua encarnação. Quando o Verbo de Deus se reveste da nossa carne, abre-se um caminho novo para a humanidade, pois nasceu o homem sem pecado para redimir o homem pecador, sendo por ele conduzido à eternidade.

Por que damos tanta ênfase ao Natal de Nosso Senhor? Porque, ao entrar no mundo, Ele concretiza as promessas salvadoras, abrindo os céus para o homem novo. É o que estava escondido a respeito da salvação humana e, nascendo, revela-se  ao mundo.

Lamento que muitos não conheçam esse fundamento que dá um sentido mais profundo à festa do Natal. O sentido da alegria, da troca de presentes, de desejar Feliz Natal e paz a todos os homens! Por que dizemos estas coisas? Conhecemos o sentido profundo de tudo isso? Infelizmente, com o tempo, foram fantasiando, dando apenas um sentido mágico para a festa, valorizando o aspecto comercial e Jesus, a pessoa principal desse acontecimento, e sua mensagem para o mundo, ficaram à margem.

Houve muitos nascimentos sobre a face da terra e todos são cercados de particularidades, alegrias, festa, choro, mas o nascimento do Divino Salvador é a maneira como Deus, ao se revelar na fragilidade de nossa humanidade, trouxe consigo a libertação do homem, abrindo-lhe uma vida nova.

Esse é o verdadeiro sentido do Natal: alegrar-nos com Deus que enviou o seu filho como luz para todos os homens que vivem nas trevas, e que agora podem enxergar o caminho da vida eterna em sua pessoa. Essa presença divina em nosso meio é que produz em nós a felicidade, a alegria e a paz verdadeiras. O amor nos torna solidários, fraternos, livres, felizes!

Se olharmos para esse menino enviado da parte de Deus para nossa salvação, e o acolhermos com todo o coração, experimentaremos o que significa Feliz Natal, pois já não seremos um homem ou uma mulher sem esperança, mas agora de posse dela.

Alegrai-vos com a vinda do Salvador e celebrai seu nascimento com grande paz!
 Feliz Natal!

* Padre João Gualberto Ribeiro da Silva é reitor do Santuário do Pai das Misericórdias, na Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP).

Para mais informações sobre Natal clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Fundação João Paulo II / Canção Nova



Viramos escravos das redes sociais?

A presença de celulares se tornou certa em momentos marcantes, sejam eles as primeiras palavras de um bebê ou shows de grandes artistas.

Autor: Lucas Franco Freire

Viramos escravos das redes sociais?

A solidão pode ser uma bomba relógio para o seu coração

Álcool, Isolamento social e saúde mental conheça os fatores que afetam a saúde cardíaca que vão além do sedentarismo e a má alimentação.

Autor: Divulgação

A solidão pode ser uma bomba relógio para o seu coração

Quaresma: tempo favorável à conversão

Por meio do tempo litúrgico da Quaresma, a Igreja se prepara para celebrar o mistério do Cristo Ressuscitado, vencedor da morte e do pecado.

Autor: Padre Wagner Ferreira da Silva

Quaresma: tempo favorável à conversão

Mesmo enfermo, eu sou guerreiro!

Vários cientistas, de todas as partes do mundo, pesquisam exaustivamente a relação entre a fé e a superação de doenças.

Autor: Luzia Santiago


Levar a felicidade para passear

Um modelo de felicidade para mim é levar minha cachorrinha, Bella, para passear. Uma atividade que o resto da família não curte e não reproduz quando eu não posso fazê-lo.

Autor: Marco Antonio Spinelli

Levar a felicidade para passear

Família Salesiana comemora 200 anos do sonho de Dom Bosco

O sonho de Dom Bosco aos nove anos nos convida a olhar para nossa vida e perceber o chamado de Deus.

Autor: Vera Lúcia Reis


Uma história de ninar para quem tem medo do escuro

Inspirado na própria infância, quadrinista Landis Blair publica "A Cabana Noturna", que transforma a hora de dormir em um momento tranquilo, longe de monstros imaginários.

Autor: Divulgação

Uma história de ninar para quem tem medo do escuro

Uma caminhada em direção ao amor-próprio

Beatriz Ribeiro explora as várias facetas da complexa experiência humana em livro.

Autor: Divulgação


5 dicas para lidar com os pesadelos

Estratégias que podem ajudar a ter uma noite de sono tranquila.

Autor: Dra. Márcia Assis

5 dicas para lidar com os pesadelos

366 dias para estreitar o relacionamento com Deus

Pastor Michel Simplício lança devocional interativo para exercitar a fé e aliviar o estresse diário.

Autor: Divulgação


Gratidão ou obrigado

Em última análise gratidão não é uma obrigação social ou uma palavra da moda, mas um convite para viver de maneira mais conectada.

Autor: Danilo Suassuna

Gratidão ou obrigado

Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa

Hoje são milhões de cristãos perseguidos e assassinados, especialmente na África e na Ásia, pelo simples fato de serem cristãos.

Autor: Professor Felipe Aquino

Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa