Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Nutrição que preenche: que a sua relação com o alimento seja gostosa, saudável e leve!

Nutrição que preenche: que a sua relação com o alimento seja gostosa, saudável e leve!

21/12/2021 Amanda E. Matos Falcuci

Praticar uma nutrição diferente é algo desafiador.

Nutrição que preenche: que a sua relação com o alimento seja gostosa, saudável e leve!

Nos coloca vulneráveis e isso pode parecer um problema. Mas acredite, é a vulnerabilidade que nos conecta. Compreender o papel de cada comida na nossa vida e entender o que influencia e determina nossas escolhas alimentares é fundamental. Afinal, as nossas vontades e impulsos estão além dos nossos hábitos diários.

Dietas restritivas e regradas para perda de peso, remédios emagrecedores e "milagrosos”, além de atividade física em excesso. Até que ponto essas alternativas são saudáveis e nos deixam felizes? O comportamento alimentar e o comer intuitivo possuem integrações de alguns sistemas que promovem a sintonia entre a comida, a mente e o corpo. São eles: os pensamentos, os sentimentos e o nosso fisiológico.  Respeitando a fome e as nossas emoções, descobrindo a satisfação e apreciando a saúde para uma nutrição mais gentil.

Quando percebemos que comida não é apenas comida, também percebemos que a saúde é o resultado não só de nossos atos como também de nossos pensamentos e que isso tudo é mais importante do que simplesmente “o que” se come! Precisamos ressignificar o sentido dela dentro do nosso corpo e da nossa mente. A comida é nutrição, é sabor, é prazer! Não categorize o alimento que você mais gosta de comer como "proibido”. Saiba que é possível se permitir, reconhecendo as suas necessidades fisiológicas para respeitar as suas emoções. 

O prazer de comer é um dos sentidos mais básicos da vida e compartilhar a comida é uma das felicidades do ser humano. Por isso, não sinta culpa; sinta prazer ao comer. A culpa é um sentimento que surge quando fazemos algo que consideramos errado ou inadequado. E a culpa tem sido, infelizmente, associada à alimentação, porque estamos esquecendo da pluralidade de significados do comer e suas inúmeras motivações. 

E como é possível treinar outras formas de cuidar das emoções que não envolvem a comida? Para além das rotinas de comer, mexer-se e dormir, você deve também descobrir ou redescobrir prazeres que enriqueçam a sua rotina. Dedique-se a interesses, hobbies, cursos e dê espaço para qualquer coisa que alimente a sua vida de novas e boas energias. Tudo em equilíbrio!

Enfim, não temos fome só de comida. Temos fome na alma. Se ame como você é, buscando assim o que realmente é melhor para você, cuide dos seus pensamentos, se descubra dia após dia, e busque sempre outras formas de prazer. Vamos buscar uma nutrição mais humanizada, mais gentil e com respeito. Seja sua melhor versão todos os dias! Aceite as suas fases e teremos o alimento como nosso amigo! 

* Amanda E. Matos Falcuci é nutricionista na Flormel.

Para mais informações sobre Alimentação clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Visar Planejamento



O poder das escolhas positivas

Livrar-se de pensamentos intrusivos, sentimentos pessimistas e crenças negativas é um desafio e tanto para muitos.

Autor: Nuno Paiva

O poder das escolhas positivas

Viramos escravos das redes sociais?

A presença de celulares se tornou certa em momentos marcantes, sejam eles as primeiras palavras de um bebê ou shows de grandes artistas.

Autor: Lucas Franco Freire

Viramos escravos das redes sociais?

A solidão pode ser uma bomba relógio para o seu coração

Álcool, Isolamento social e saúde mental conheça os fatores que afetam a saúde cardíaca que vão além do sedentarismo e a má alimentação.

Autor: Divulgação

A solidão pode ser uma bomba relógio para o seu coração

Quaresma: tempo favorável à conversão

Por meio do tempo litúrgico da Quaresma, a Igreja se prepara para celebrar o mistério do Cristo Ressuscitado, vencedor da morte e do pecado.

Autor: Padre Wagner Ferreira da Silva

Quaresma: tempo favorável à conversão

Mesmo enfermo, eu sou guerreiro!

Vários cientistas, de todas as partes do mundo, pesquisam exaustivamente a relação entre a fé e a superação de doenças.

Autor: Luzia Santiago


Levar a felicidade para passear

Um modelo de felicidade para mim é levar minha cachorrinha, Bella, para passear. Uma atividade que o resto da família não curte e não reproduz quando eu não posso fazê-lo.

Autor: Marco Antonio Spinelli

Levar a felicidade para passear

Família Salesiana comemora 200 anos do sonho de Dom Bosco

O sonho de Dom Bosco aos nove anos nos convida a olhar para nossa vida e perceber o chamado de Deus.

Autor: Vera Lúcia Reis


Uma história de ninar para quem tem medo do escuro

Inspirado na própria infância, quadrinista Landis Blair publica "A Cabana Noturna", que transforma a hora de dormir em um momento tranquilo, longe de monstros imaginários.

Autor: Divulgação

Uma história de ninar para quem tem medo do escuro

Uma caminhada em direção ao amor-próprio

Beatriz Ribeiro explora as várias facetas da complexa experiência humana em livro.

Autor: Divulgação


5 dicas para lidar com os pesadelos

Estratégias que podem ajudar a ter uma noite de sono tranquila.

Autor: Dra. Márcia Assis

5 dicas para lidar com os pesadelos

366 dias para estreitar o relacionamento com Deus

Pastor Michel Simplício lança devocional interativo para exercitar a fé e aliviar o estresse diário.

Autor: Divulgação


Gratidão ou obrigado

Em última análise gratidão não é uma obrigação social ou uma palavra da moda, mas um convite para viver de maneira mais conectada.

Autor: Danilo Suassuna

Gratidão ou obrigado