Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Os benefícios da meditação na vida pessoal e profissional

Os benefícios da meditação na vida pessoal e profissional

20/09/2019 Vivian Wolff

Ouvimos muito sobre o impacto positivo da meditação em nossas vidas.

Como prática contemplativa e de aquietamento da mente, a meditação oferece tempo para relaxamento e conscientização de nosso estado de maneira focada, oferecendo um maior recurso interno para lidar com um mundo estressante, onde os nossos sentidos são muitas vezes alterados e influenciados negativamente.

Com a prática, a meditação tem o potencial não somente de proporcionar um alívio temporário do estresse, mas de transformar nossa maneira de interagir com o mundo.

Existem muitos tipos diferentes de meditação, como a Transcendental (em que o praticante repete uma série de mantras ou palavras que lhes é dada em função de seu mestre ou de alguns fatores específicos), a Zen, a Kundalini Yoga, o Shamata (que é a meditação Budista baseada na presença e na respiração), e uma das mais populares, o Mindfulness.

Todas as meditações citadas são excelentes e vão encontrar o praticante que mais se adequar a elas.

O diferencial do Mindfulness é que se trata de uma técnica laica, que pode ser praticada por todos, independentemente de personalidade ou estilo de vida, e que simplesmente te convida a estar presente no aqui e agora, notando as sensações do seu corpo, sem julgamento.

Ou seja, você não precisa saber recitar nenhum mantra ou estar ligado a nenhuma religião. Basta ter alguns minutos para fazer uma pausa e cuidar de você.

Pesquisadores do mundo todo e experts em Inteligência Emocional, como Daniel Goleman, defendem a prática do Mindfulness como um grande recurso para autogerenciamento, consciência das emoções, redução de estresse, desenvolvimento de empatia e aumento de foco.

A prática ainda atua como ótima aliada ao aumento da produtividade e está se tornando cada vez mais difundida, sendo praticada por um público que vai dos grandes executivos às crianças.

Embora normalmente seja promovida através da meditação, o Mindfulness, ou Atenção Plena, como é chamado no Brasil; não se resume somente a essa atividade.

Ele pode ser praticado através de outros exercícios, uma atitude, um estado mental e até um estilo de vida focado na presença, na atenção e na descrição dos fatos sem rótulos.

Podemos, por exemplo, fazer uma refeição de modo Mindful: observando as cores, sentindo sabor, aroma e textura dos alimentos.

O intuito é focar na refeição e preservar aquele momento, em vez de pensar na lista de afazeres que você tem para cumprir.

Um primeiro passo é introduzir minutos de meditação curtos ao longo do dia. Você precisará apenas de um relógio e instalar-se uma posição confortável para este exercício.

A posição pode ser sentada em uma almofada com as pernas cruzadas, deitada ou até em pé. O que for mais confortável para te ajudar a manter o foco nesse início.

A recomendação é tentar meditar no mesmo horário todos os dias, para que comece a se tornar um hábito fácil de incorporar à vida diária.

Comece devagar, com 5 minutos diários, e vá aumentando gradativamente. Durante esse tempo, sua tarefa é concentrar toda a sua atenção na sua respiração e nada mais. Repare o ar entrando e saindo.

Se você perder o contato com a respiração e se perder no pensamento durante esse tempo, simplesmente perceba a distração e, gentilmente, traga a atenção de volta para a respiração. Repita quantas vezes precisar.

Devo mencionar que não é absolutamente crítico preparar todo um ambiente para meditar. O mais importante é estar em um local onde não seja interrompido.

Roupas confortáveis também são recomendadas, assim como uma boa almofada que te permita ficar o tempo total da prática em uma boa postura.

As tradicionais redondas mais firmes se chamam Zafu, mas hoje é possível encontrar alternativas modernas. Você pode acrescentar, se quiser, algum aroma, como incenso ou spray de ambientes com Florais de Bach e óleos de sua preferência.

Para quem quer meditar fora de casa, há hoje diversos estúdios de meditação, como o Moved by Mindfulness, em São Paulo.

As crianças podem começar a meditar desde pequenas. No Reino Unido, por exemplo, um dos países com a iniciativa mais interessante sobre Mindfulness nas escolas, as crianças são ensinadas a meditar a partir dos 5 anos de idade.

Como resultado, apresentam maior concentração e autocontrole em seus comportamentos. O truque é fazer práticas de curta duração, pois a energia e o foco dos pequenos são limitados.

Atualmente, as crianças possuem alto nível de estresse e ansiedade devido a tantas exigências e atividades. A meditação entra como uma oportunidade de um tempo para relaxar, desacelerar e ter mais consciência, tanto corporal como das sensações e emoções.

Um dos erros comuns que as pessoas cometem quando começam uma prática de meditação é acreditar que é uma técnica para desligar a mente.

É importante deixar claro que ela permanecerá ativa. Não existe um tempo determinado para aquietá-la. Outro equívoco comum é que os pensamentos sobre os problemas são ruins e devemos nos livrar deles.

Nossa mente não para de produzir pensamentos. Meditar não é se livrar dos pensamentos, nem dos bons e nem dos ruins, mas estabelecer um relacionamento mais saudável com eles, não se apegando ao que vem em nossa mente, simplesmente focando no momento presente.

Hoje em dia é possível ter acesso a uma infinidade de aplicativos de meditação. Para quem está iniciando, um curso presencial com um instrutor é recomendável.

É junto com o facilitador que você aperfeiçoará as variadas técnicas, tirará dúvidas e construirá, através de um apoio formal, o hábito que manterá em casa.

As trocas durante as aulas também são essenciais para o primeiro momento, onde muitas experiências podem surgir a cada semana de prática. Estar apoiado nessa primeira etapa é muito importante.

Passado esse estágio, os aplicativos aparecem como boas opções para quem quer praticar sozinho, mas ainda precisa de algum tipo de condução.

* Vivian Wolff é Coach de Vida e Carreira pelo Integrated Coaching Institute (ICI), formada em Mindfulness pela Georgetown University Institute for Transformational Leadership e com MBA em Marketing Estratégico pela University de Catalunya, Barcelona.

Fonte: Flávia Vargas Ghiurghi



Dietas milagrosas não preparam o seu corpo para o Carnaval

Médico faz um alerta sobre os cuidados com a saúde.

Dietas milagrosas não preparam o seu corpo para o Carnaval

Como trabalhar nosso estoque de energia

Nossa energia é como uma montanha-russa. Em alguns dias, ela está em alta. Em outros, bem baixa.


Hipnose é um sistema de cura sem dor para quase todos os problemas

Você sabia que a forma como você pensa ou age tem origem 95% em seu subconsciente e apenas 5% no seu consciente?

Hipnose é um sistema de cura sem dor para quase todos os problemas

Conheça os diferentes tipos de pele dos bebês

Os bebês podem ter derme normal, sensível ou seca.

Conheça os diferentes tipos de pele dos bebês

Por que ler para seu filho?

Vemos muitas campanhas sobre leitura para crianças.

Por que ler para seu filho?

Idosos conquistam mais qualidade de vida com Pilates

A técnica melhora a força física, proporcionando muito mais disposição para quem chegou na terceira idade.

Idosos conquistam mais qualidade de vida com Pilates

38% das mortes por acidentes com crianças acontecem durante as férias

Segundo análise da ONG Criança Segura, durante as férias, trânsito, afogamento e queimadura são os acidentes de maior ocorrência.

38% das mortes por acidentes com crianças acontecem durante as férias

Como tratar e proteger os cabelos no verão

Exposição excessiva ao sol desencadeia o aumento da oleosidade e porosidade dos fios.

Como tratar e proteger os cabelos no verão

Não quer ganhar peso com as festas de fim de ano?

Juliana Vieira dá dicas para uma ceia mais saudável nos festejos.

Não quer ganhar peso com as festas de fim de ano?

Sete dicas para quem vai correr a São Silvestre

Alimentação leve, hidratação e o uso de meias de compressão são aconselhados para evitar problemas durante a prova.

Sete dicas para quem vai correr a São Silvestre

Cuidados na hora de presentear os filhos neste Natal

50% dos brasileiros afirmam que as crianças influenciam na decisão de compra.

Cuidados na hora de presentear os filhos neste Natal

Dicas nutricionais para quem deseja se tornar vegano

Os cuidados para quem deseja abolir a proteína animal da dieta.

Dicas nutricionais para quem deseja se tornar vegano