Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Sete dicas imperdíveis para quem quer trabalhar em cruzeiros

Sete dicas imperdíveis para quem quer trabalhar em cruzeiros

31/08/2015 Felippo Principe

Considerando a atual cotação do dólar, trabalhar a bordo de um navio está cada vez mais atrativo para o bolso.

Se você é comunicativo, proativo, tem disposição e adora viajar, está no caminho certo! Oportunidades não irão faltar, há vagas tanto no Brasil quanto no exterior. Confira algumas dicas para tornar sua experiência em alto-mar ainda mais agradável.

Só o português não basta - vamos começar pelo óbvio! Qualquer profissional que atua no mercado turístico deve ter como premissa o estudo de idiomas. Comunicar-se em Inglês é requisito básico para quem quer trabalhar em cruzeiros. E não só o vocabulário técnico. Muitas empresas fazem entrevistas no idioma para atestar a fluência do candidato.

Como diferencial podemos citar o espanhol, por sua abrangência no continente americano e europeu, e também o mandarim pelo aumento significativo de chineses em cruzeiros marítimos pelo mundo.

Foco no trabalho - muitos postulantes a vagas em cruzeiros marítimos estão em busca desta oportunidade por unir sua vocação e a paixão por viajar. Realmente, é uma alternativa tentadora. Afinal, quem não gostaria de conhecer lugares fantásticos sem gastos adicionais?

Porém, é importante lembrar que, acima de tudo, o profissional está num trabalho que requer disciplina, atenção e preparo. Lembre-se, você não será um passageiro, mas um tripulante do navio. Sempre obedeça as regras assinadas em contrato.

Comunicação à distância - utilizar celulares e tablets durante o trabalho não é permitido pelas empresas. Seu uso só pode ser feito nos horários de folga e nos locais destinados à tripulação. Porém, nem sempre a conexão de Internet em alto-mar é boa o suficiente.

Pensando nisso, dependendo da região onde estiver embarcado, vale a pena você comprar um chip de celular pré-pago para conversar com sua família e seus amigos. É barato e tem uma excelente qualidade de conexão. Inclusive poderá ser útil também em alto-mar nos casos de rotas próximas à costa.

Menos é mais - é normal imaginar que seria necessária uma mala abarrotada de roupas para suportar meses a fio fora de casa. Mas acredite: não é! Tripulantes de cruzeiros possuem uniforme de trabalho e/ou figurino, o que reduz drasticamente a utilização de roupas pessoais durante sua estadia no navio. Além do mais é praticamente certo que roupas serão compradas durante a viagem. Portanto, leve somente o básico para não se atrapalhar nos deslocamentos e no seu retorno.

Escute os mais experientes – para tornar sua experiência no trabalho ainda mais agradável, escute os veteranos, eles já entendem e conhecem o andamento dos processos internos da empresa melhor do que você. Dicas de comportamento, informações sobre seus chefes e sobre a cultura local, são sempre bem vindas para quem está iniciando numa nova empreitada.

Acompanhe blogs sobre o assunto, converse com amigos que já tiveram essa vivência ou com seus próprios colegas de tripulação. É fundamental ouvir aqueles que já tiveram experiências anteriores no mercado.

Construa uma rede de networking - a rotina desgastante de convivência diária com as mesmas pessoas faz com que o bom relacionamento entre os colegas seja um dos principais fatores para conseguir retornar para os cruzeiros.
Planeje suas folgas - em algumas oportunidades você terá algumas boas horas (e, quem sabe, até dias!) fora do navio como folga. Este é o momento ideal para aproveitar ao máximo a viagem, conhecer pontos turísticos e curiosidades dos locais onde irá desembarcar.

Pesquise na Internet os melhores passeios, crie roteiros, planeje! Só não se esqueça de calcular o tempo que irá precisar para chegar aos lugares e retornar ao navio. Tenha sempre uma margem de segurança para evitar atrasos no reembarque.

E, então!? Gostou das dicas? Tenho certeza que se colocá-las em prática você irá conseguir trabalhar com muito mais qualidade e prazer!

* Felippo Principe é administrador de empresas e fundador da Summer Factory, empresa especializada em entretenimento para cruzeiros marítimos.



Solidariedade permanente

Há alguém que dependa única e exclusivamente de si? "Ah, sim, 'eu sou o cara, faço e aconteço, sou uma pessoa independente'".

Autor: Padre Marcio Prado


Cemig envia equipes, geradores e veículos especiais para RGS

Equipamentos cedidos pela companhia podem atender até 2.500 mil residências afetadas pelas enchentes no estado.

Autor: Divulgação

Cemig envia equipes, geradores e veículos especiais para RGS

LBV lança campanha de combate à dengue com recado das crianças

O objetivo de promover hábitos saudáveis e eliminar criadouros do mosquito.

Autor: Divulgação


“Dias Perfeitos”: a incrível beleza das coisas simples

Talvez a maior perda de um mundo em que tudo acontece apenas dentro de uma tela é que as pessoas perdem o caminho de seu mundo interno.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Saúde espiritual: cura que vem de dentro para fora

É fato que a medicina moderna avançou consideravelmente no tratamento das doenças físicas ao longo dos séculos.

Autor: Tatiana Capanema

Saúde espiritual: cura que vem de dentro para fora

O livro de Tobias: uma história edificante

No século III antes de Cristo um grande número de judeus moravam no Egito, em Alexandria.

Autor: Lino Rampazzo


Como as emoções afetam o ambiente de trabalho?

A concorrência no mundo dos negócios é diariamente uma arena onde a racionalidade e a tomada de decisões estratégicas são imperativas para o sucesso.

Autor: Divulgação

Como as emoções afetam o ambiente de trabalho?

Segredo para casamentos duradouros

Com os anos de relacionamento, não é incomum que todo aquele encanto, a alegria, o prazer de estar com a pessoa amada enfraqueça, diminua, encolha e desbote.

Autor: Déa Jório e Jal Reis

Segredo para casamentos duradouros

Especialista explica as consequências da timidez

Atividades que desenvolvem habilidades sociais podem ser a solução.

Autor: Divulgação

Especialista explica as consequências da timidez

Depressão e ansiedade gestacional, como identificar?

O período gestacional é um momento da vida da mulher, principalmente para as mães de primeira viagem, que mais exige equilíbrio emocional.

Autor: Dra. Andréa Ladislau

Depressão e ansiedade gestacional, como identificar?

Quer casar comigo?

Todo dia era a mesma coisa. Marieta sempre esperava o engenheiro chegar.

Autor: Beto Ribeiro

Quer casar comigo?

Prazer sexual e moralidade cristã

O prazer no casamento foi concedido por Deus ao ser humano e o pecado está no coração de quem não quer fazer a vontade do Senhor.

Autor: Osiel Gomes

Prazer sexual e moralidade cristã