Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Veja 10 exercícios que beneficiam idosos com comprometimento cognitivo

Veja 10 exercícios que beneficiam idosos com comprometimento cognitivo

13/09/2023 Fabio Alves

O Brasil vem se tornando um país com cada vez mais idosos.

Veja 10 exercícios que beneficiam idosos com comprometimento cognitivo

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a parcela de pessoas com 60 anos ou mais passou de 11,3% para 14,7% da população entre 2012 e 2021, e hoje corresponde a cerca de 29,6 milhões de pessoas. Nesse sentido, oferecer uma vida saudável e plena para idosos é um desafio para toda a sociedade, principalmente no caso daqueles que possuem comprometimento cognitivo.

Fabio Alves, fundador da 3i Residencial Sênior – uma rede de serviços para a terceira idade - preparou uma lista de 10 exercícios especialmente selecionados para promover o bem-estar de idosos com comprometimento cognitivo. Especialista na economia prateada, setor que movimenta serviços para idosos, Fabio destaca que essas atividades podem ser realizadas de forma suave e adaptada, trazendo benefícios físicos e emocionais. Confira:

Atividades cognitivas:

O Poder da Música: a prática de ouvir música não apenas promove o bem-estar, mas também ativa lembranças associadas à melodia, criando momentos de alegria e conexão.

Expressão Criativa: a pintura com tinta estimula a criatividade, oferecendo aos idosos uma maneira única de se expressarem e se envolverem com a arte.

Desafio Sensorial: tarefas de encaixe com peças grandes exercitam habilidades visuoespaciais e táteis, proporcionando um estímulo sensorial valioso.

Quebra-Cabeça Estimulante: quebra-cabeças com figuras de paisagens oferecem um desafio que trabalha habilidades visuais e táteis, mantendo a mente ativa.

Colagem Criativa: a colagem de itens decorativos, figuras e fotos de revistas é uma atividade criativa que estimula a mente e a expressão pessoal.

Exercícios fisioterapêuticos:

Caminhada: fortalece os músculos, articulações e melhora o sistema circulatório e a respiração, além de ampliar o círculo e vínculo social.

Alongamento: traz benefícios como maior flexibilidade e amplitude de movimentos, e também diminui a rigidez das articulações e evita lesões.

Exercícios de fortalecimento muscular: ajuda a melhorar a postura, favorece o bom funcionamento do metabolismo, dá mais autonomia, aumenta a resistência, ajuda a aliviar dores musculares em geral.

Exercícios de coordenação e equilíbrio: ajuda os idosos a realizar tarefas específicas, pois implicam a repetição de um movimento significativo que trabalha mais de uma articulação e um músculo.

Treinamento de transferência: beneficia o desenvolvimento da consciência sinestésica e controle corporal, melhor a o equilíbrio muscular e diminui a incidência de lesões.

“Esses exercícios podem ser adaptados às capacidades individuais, sempre com a supervisão de um profissional de saúde ou cuidador. A prática regular dessas atividades pode contribuir significativamente para a qualidade de vida e o bem-estar emocional de idosos com comprometimento cognitivo”, explica Fabio, CEO da 3i Residencial Sênior.

* Fabio Alves, CEO da 3i Residencial Sênior.

Para mais informações sobre idosos clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: Passo Avanti



Viramos escravos das redes sociais?

A presença de celulares se tornou certa em momentos marcantes, sejam eles as primeiras palavras de um bebê ou shows de grandes artistas.

Autor: Lucas Franco Freire

Viramos escravos das redes sociais?

A solidão pode ser uma bomba relógio para o seu coração

Álcool, Isolamento social e saúde mental conheça os fatores que afetam a saúde cardíaca que vão além do sedentarismo e a má alimentação.

Autor: Divulgação

A solidão pode ser uma bomba relógio para o seu coração

Quaresma: tempo favorável à conversão

Por meio do tempo litúrgico da Quaresma, a Igreja se prepara para celebrar o mistério do Cristo Ressuscitado, vencedor da morte e do pecado.

Autor: Padre Wagner Ferreira da Silva

Quaresma: tempo favorável à conversão

Mesmo enfermo, eu sou guerreiro!

Vários cientistas, de todas as partes do mundo, pesquisam exaustivamente a relação entre a fé e a superação de doenças.

Autor: Luzia Santiago


Levar a felicidade para passear

Um modelo de felicidade para mim é levar minha cachorrinha, Bella, para passear. Uma atividade que o resto da família não curte e não reproduz quando eu não posso fazê-lo.

Autor: Marco Antonio Spinelli

Levar a felicidade para passear

Família Salesiana comemora 200 anos do sonho de Dom Bosco

O sonho de Dom Bosco aos nove anos nos convida a olhar para nossa vida e perceber o chamado de Deus.

Autor: Vera Lúcia Reis


Uma história de ninar para quem tem medo do escuro

Inspirado na própria infância, quadrinista Landis Blair publica "A Cabana Noturna", que transforma a hora de dormir em um momento tranquilo, longe de monstros imaginários.

Autor: Divulgação

Uma história de ninar para quem tem medo do escuro

Uma caminhada em direção ao amor-próprio

Beatriz Ribeiro explora as várias facetas da complexa experiência humana em livro.

Autor: Divulgação


5 dicas para lidar com os pesadelos

Estratégias que podem ajudar a ter uma noite de sono tranquila.

Autor: Dra. Márcia Assis

5 dicas para lidar com os pesadelos

366 dias para estreitar o relacionamento com Deus

Pastor Michel Simplício lança devocional interativo para exercitar a fé e aliviar o estresse diário.

Autor: Divulgação


Gratidão ou obrigado

Em última análise gratidão não é uma obrigação social ou uma palavra da moda, mas um convite para viver de maneira mais conectada.

Autor: Danilo Suassuna

Gratidão ou obrigado

Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa

Hoje são milhões de cristãos perseguidos e assassinados, especialmente na África e na Ásia, pelo simples fato de serem cristãos.

Autor: Professor Felipe Aquino

Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa