Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Consumo das famílias tem a queda mais intensa desde 2001

Consumo das famílias tem a queda mais intensa desde 2001

29/05/2020 Divulgação

O motivo da queda, segundo o IBGE, foi a pandemia do novo coronavírus.

Consumo das famílias tem a queda mais intensa desde 2001

O recuo de 2% do consumo das famílias no primeiro trimestre deste ano na comparação com o último trimestre do ano passado foi a queda mais intensa desde 2001, quando houve uma crise de fornecimento elétrico, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O motivo da queda, segundo o IBGE, foi a pandemia do novo coronavírus e as consequentes medidas de isolamento social colocadas em prática por vários governos estaduais e municipais para combater a disseminação da doença.

O comportamento do consumo das famílias teve um impacto importante no Produto Interno Bruto (é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país) do trimestre, que caiu 1,5% na comparação com o trimestre anterior. O maior impacto causado pela queda do consumo das famílias foi sentido pelo setor de serviços, que responde por 74% da economia brasileira.

Entre as atividades de serviços pesquisadas, as principais quedas ocorreram nos outros serviços (-4,6%), transporte, armazenagem e correio (-2,4%), informação e comunicação (-1,9%) e comércio (-0,8%). Também houve quedas nos segmentos de administração, saúde e educação pública (-0,5%), intermediação financeira e seguros (-0,1%). O único setor com alta foi o de atividades imobiliárias (0,4%).

Fonte: Agência Brasil



População residente em área indígena e quilombola supera 2,2 milhões

A informação é resultado de estudo divulgado pelo IBGE.

População residente em área indígena e quilombola supera 2,2 milhões

Brasil registrou mais de 76 mil divórcios em 2020

Mediação familiar possibilita diálogo entre os protagonistas do conflito em vez de entrar na justiça.

Brasil registrou mais de 76 mil divórcios em 2020

Banco Mundial lança plataforma Brasil Aberto

Ferramenta informará sobre ações da instituição no país de 2018 a 2023.


Operações do Pix depois das 20h terão limite de R$ 1 mil

Objetivo é coibir os casos de fraudes, sequestros e roubos noturnos.

Operações do Pix depois das 20h terão limite de R$ 1 mil

Brasil ocupa sétima posição em ranking de governo digital

Índice do Banco Mundial avaliou 198 economias.

Brasil ocupa sétima posição em ranking de governo digital

Desemprego cai para 13,7%, revela pesquisa do Ipea

Alta do emprego atingiu todos os segmentos da população.

Desemprego cai para 13,7%, revela pesquisa do Ipea

Brasil tem 3.280 municípios sem nenhum veículo de comunicação local

Projeto da FENAJ de financiamento público do jornalismo pode combater deserto de notícias que atinge 33,7 milhões de brasileiros.

Brasil tem 3.280 municípios sem nenhum veículo de comunicação local

IBGE e ANA lançam dados para orientar análises de recursos hídricos

As publicações apresentam os recortes hidrográficos espaciais do país.

IBGE e ANA lançam dados para orientar análises de recursos hídricos

Consumidor satisfeito é utopia?

Ter clientes satisfeitos sempre foi um dos objetivos de qualquer organização.

Consumidor satisfeito é utopia?

Milhares de brasileiros podem se legalizar nos EUA

Após aprovação de projeto, brasileiros podem ficar de forma legalizada na terra do tio Sam.

Milhares de brasileiros podem se legalizar nos EUA

Governo Federal lança plano de testagem em seis cidades brasileiras

Até o fim do ano, serão distribuídos 60 milhões de testes.

Governo Federal lança plano de testagem em seis cidades brasileiras

Estradas mineiras receberão 598 novos radares de velocidade

Implantação de novos equipamentos em trechos sob responsabilidade do DER-MG ocorrerá de forma gradativa e com ampla divulgação.

Estradas mineiras receberão 598 novos radares de velocidade