Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Despesas médicas – o que pode e o que não pode declarar no Imposto de Renda

Despesas médicas – o que pode e o que não pode declarar no Imposto de Renda

13/02/2020 Divulgação

A entrega da Declaração Imposto de Renda Pessoa Física 2020 - Ano Base 2019 já é uma realidade para grande parte dos contribuintes brasileiros.

Despesas médicas – o que pode e o que não pode declarar no Imposto de Renda

O período de entrega é das 08 horas do dia 02 de março até às 24 horas do dia 30 de abril. E um dos grandes vilões que levam os contribuintes à malha fina são os gastos com saúde.

"A declaração e dedução de despesas médicas e saúde é muito complexa, pois são vários os tipos de gastos nessa área e nem todos são passíveis de dedução. E a Receita Federal vem fechando o certo em relação a esses dados, fato é que 25,1% das declarações que foram para malha fina em 2019 foi por questões de despesas médicas", explica o diretor executivo da Confirp Consultoria Contábil, Richard Domingos.

Segundo a Receita, são dedutíveis gastos com hospitais e clínicas; aparelhos ortopédicos; médicos de qualquer especialidade; próteses ortopédicas (pernas e braços mecânicos), dentistas; próteses dentárias; psicólogos; cadeiras de rodas; fisioterapeutas; andadores ortopédicos; terapeutas ocupacionais; assistência médicas e ou seguro saúde; fonoaudiólogos; assistência odontológicas; exames laboratoriais; palmilhas e calçados ortopédicos (e qualquer outro aparelho ortopédico destinado à correção de desvio de coluna ou defeitos dos membros ou das articulações) e exames laboratoriais.

Contudo, existem vários detalhes relacionados ao tema e a Confirp elaborou algumas considerações sobre esses gastos, para que o contribuinte evite a malha fina:

• Exames laboratoriais e radiológicos - são dedutíveis inclusive os feitos em laboratórios de análises clínicas e radiológicas

• Consultas médicas de qualquer especialidade - incluídos com dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos.

• Home Care - os gastos com serviços de "Home Care" apenas podem ser considerados como despesas médicas dedutíveis quando constarem da fatura do estabelecimento hospitalar ou do plano de saúde.

• Aparelhos ortopédicos e dentários - pernas e braços mecânicos, cadeiras de rodas, andadores ortopédicos, palmilhas e calçados ortopédicos e qualquer outro aparelho ortopédico destinado à correção de desvio de coluna ou defeitos dos membros ou das articulações.

• Despesas com parto - as despesas hospitalares de um dos cônjuges não podem ser deduzidas pelo outro quando a declaração não é feita em conjunto, mas como o parto se trata de uma despesa necessária ao parto de um filho comum, os valores podem ser deduzidos por qualquer um dos companheiros.

• Próteses ortopédicas e dentárias - aparelhos que substituem dentes, como dentaduras, coroas e pontes são dedutíveis do imposto de renda. A colocação e a manutenção de aparelho dentário também são dedutíveis, mas a colocação do aparelho deve estar incluída na conta emitida pelo profissional de saúde.

• Cirurgias plásticas - podem ser reparadoras ou não, mas devem ter a finalidade de prevenir, manter ou recuperar a saúde física ou mental do paciente.

• Planos e seguros de saúde, incluindo a coparticipação do empregado que divide os custos do plano com o empregador - o gasto dedutível é aquele que efetivamente foi pago pelo contribuinte. Despesas cobertas pelo plano ou seguro e gastos que forem reembolsados não devem, portanto, ser deduzidos. Os planos de saúde têm uma linha específica para a discriminação dos pagamentos na ficha "pagamentos efetuados". No caso de reembolsos parciais, a parcela paga pelo contribuinte entra na coluna "valor pago", e a quantia reembolsada entra na coluna "parcela não dedutível". Caso o contribuinte tenha recebido em 2019 o reembolso de uma despesa feita em 2018, ele deve ser informado na ficha "rendimentos tributáveis recebidos de pessoas jurídicas".

• Materiais usados em cirurgias - marca passos, parafusos e placas (em cirurgias ortopédicas e odontológicas), colocação de lente intraocular em cirurgia de catarata, transfusões de sangue e medicamentos, desde que colocados na fatura emitida pelo hospital ou profissional de saúde.

• Instrução de deficientes físicos e mentais - desde que a deficiência seja atestada em laudo médico e o pagamento tenha sido realizado a entidades destinadas a tratar de deficientes físicos ou mentais.

• Internação em estabelecimento geriátrico - desde que o estabelecimento seja um hospital e tenha licença de funcionamento aprovada pelas autoridades competentes (municipais, estaduais ou federais).

• Despesas médicas ou de hospitalização feitas no exterior e gastos com médicos não residentes no Brasil - os pagamentos feitos em moeda estrangeira devem ser convertidos em dólares pelo valor fixado pela autoridade monetária do país onde as despesas foram feitas, na data do pagamento, e em seguida convertidas em reais, segundo a cotação do Banco Central para o último dia útil da primeira quinzena do mês anterior ao do pagamento.

• Fertilização in vitro - pagamentos efetuados a médicos e a hospitais, assim como as despesas com exames laboratoriais, realizados no âmbito de procedimento de reprodução assistida por fertilização in vitro, devidamente comprovados, são dedutíveis somente na DIRPF do paciente que recebeu o tratamento médico.

• Internação hospitalar feita em residência - desde que o gasto faça parte da fatura emitida pelo hospital.

• Casas de repousos estabelecimento geriátrico - as despesas de internação em estabelecimento geriátrico somente são dedutíveis se o referido estabelecimento for qualificado como hospital, nos termos da legislação específica.

Veja despesas médicas e gastos com saúde indedutíveis

• Despesas referentes a acompanhantes, inclusive de quarto particular utilizado por eles.

• Medicamentos se não estiverem incluídos na conta do hospital.

• Despesas com massagistas, enfermeiros e assistentes sociais se não forem decorrentes de uma internação hospitalar.

• Prótese de silicone se não estiver incluída na conta do hospital.

• Passagem e hospedagem no brasil ou no exterior para tratamento médico ou hospitalar do contribuinte ou dependente

• Vacinas.

• Gastos com coleta, seleção e armazenagem de células-tronco de cordão umbilical, já que não se referem a tratamento de doenças ou recuperação da saúde física e mental.

• Óculos e lentes de contato.

• Exame de DNA para investigação de paternidade.

Fonte: Confirp Consultoria Contábil



Indulto x Interferência de Poderes

As leis, como de corriqueira sabença, obedecem a uma ordem hierárquica, assim escalonadas: – Norma fundamental; – Constituição Federal; – Lei; (Lei Complementar, Lei Ordinária, Lei Delegada, Medida Provisória, Decreto Legislativo e Resolução).


Propaganda eleitoral antecipada

A propaganda para as eleições neste ano só é permitida a partir do dia 16 de agosto.


Mercado imobiliário: muito ainda para crescer

Em muitos países, a participação do mercado imobiliário no Produto Interno Bruto (PIB) está acima de 50%, enquanto no Brasil estamos com algo em torno de 10%.


Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Dados divulgados pela ANBC demonstram contingente da população mineira que se beneficiou da primeira consulta de crédito após a implantação do Cadastro Positivo com adesão automática.

Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Gasto anual com gatos chega a ser 178% menor que com cachorros

Atualmente, os pets fazem parte da vida de mais de 80 milhões de lares brasileiros.

Gasto anual com gatos chega a ser 178% menor que com cachorros

Formas mais livres de amar

A busca de afeição, o preenchimento da carência que nos corrói as emoções, nos lança a uma procura incessante de aproximação com outra pessoa: ânsia esperançosa de completude; algum\a outro\a me vai fazer feliz.


Como fazer em caso de PIX em conta errada?

No caso das pessoas que fez o pagamento, a alternativa é buscar a sua agência bancária para resolver a situação.

Como fazer em caso de PIX em conta errada?

Salário atrasado: o que pode acontecer?

De acordo com advogado trabalhista, se a situação ultrapassar um mês, o trabalhador poderá pedir a rescisão indireta na justiça.

Salário atrasado: o que pode acontecer?

Venda de imóvel tem isenção de Imposto de Renda ampliada

A partir deste ano, quem vender um imóvel terá a isenção de Imposto de Renda (IR) sobre o lucro do negócio.


Divórcios no Brasil atingem recorde com 80.573 atos em 2021

Total é 4% maior em relação a 2020, quando houve 77.509 atos.

Divórcios no Brasil atingem recorde com 80.573 atos em 2021

Correios fazem novo feirão para venda de imóveis

As vendas dos imóveis dos Correios ocorrem em formatos eletrônico e presencial.

Correios fazem novo feirão para venda de imóveis

Dados sobre religião entre jovens nos USA

As religiões cristãs no ocidente têm motivos para preocupação diante de um crescente número de ‘sem religião’ entre as novas gerações.