Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Dólar alto será positivo para a economia em período de pandemia

Dólar alto será positivo para a economia em período de pandemia

19/05/2020 Divulgação

“Não é ruim no momento, mas quando a economia retomar, o 1º fator que vamos ver é a inflação”

Dólar alto será positivo para a economia em período de pandemia

Na última quarta-feira, o dólar atingiu forte alta e renovou seu recorde histórico nominal, chegando a ser cotado a R$5,97, isso sem reputar a inflação, sua alta atingiu 1,20%. No ano, o seu avanço é de 47,16%.  A valorização do dólar está em alta constante em meio aos efeitos do cenário externo, e trará como consequência o aumento de alguns preços, pois dependendo da elevação do dólar, este aumento pode se tornar generalizado, ampliando a inflação no Brasil. No entanto, apesar do dólar quase sempre acompanhar a inflação, não é isso o que está acontecendo nessa pandemia. A inflação está baixa porque os produtos consumidos no Brasil que chegam do exterior, e mesmo os itens produzidos aqui, têm cotações definidas no mercado internacional, ou seja, em dólar. 

As perspectivas para a economia brasileira estão cada vez mais defasadas, mas, para Jefferson Laatus, Estrategista-Chefe do Grupo Laatus, a realidade da moeda americana chegar a R$ 6,00, ou ultrapassar, está cada vez mais próxima. Porém, este fator não será prejudicial para a economia neste momento. “Quando falamos sobre o dólar, tudo é possível, ainda mais nesse cenário nebuloso que estamos agora, o dólar ultrapassar R$6,00 é completamente possível, e essa questão do dólar a R$ 6,00 para a economia não vai ter tanto impacto agora porque a gente está tendo um momento de inflação baixa. A exportação está alta, está exportando mais petróleo, a Vale está exportando mais minério de ferro com a retomada parcial da China. E tem a questão do momento de colheita, então os agrícolas também estão com exportadas positivas”, explica.

Quando a economia brasileira se recuperar, o 1º fator a ser notado será a inflação, e Jefferson relata que muitas empresas e importadoras irão sentir um impacto mais amplo. “Então, não é ruim no momento, mas quando a economia retomar, o 1º fator que vamos ver é a inflação, e também em empresas e importadoras que dependem de produtos ou peças de fora do país que tem esse custo em dólar também vão sofrer, mas a curto prazo, é 0 o risco, pelo contrário, é até positivo, já em longo prazo é pressão inflacionária, algumas empresas, como importadoras de carros e outras acabam perdendo a competitividade, o que é bem ruim”, finaliza.

Fonte: Grupo Laatus e Gueratto Press



Correios lançam selos em homenagem a ações de combate à pandemia

A tiragem será de 60 mil blocos, com valor de R$ 12,30.

Correios lançam selos em homenagem a ações de combate à pandemia

Estudo indica que futebol terá menos torcida e mais custo pós covid-19

Clubes precisarão desenvolver locais maiores com o mesmo número de assentos ou reduzir a capacidade dos estádios.

Estudo indica que futebol terá menos torcida e mais custo pós covid-19

Pesquisa mostra potencial para a expansão do home office

Trabalhadores ouvidos reportaram altos níveis de satisfação.

Pesquisa mostra potencial para a expansão do home office

Por que não se deve mentir no CV

"O que parece ser uma boa estratégia para ganhar vantagem entre os concorrentes, na verdade é o pior erro que se pode cometer na busca por emprego", explica especialista.

Por que não se deve mentir no CV

Minas Gerais atrai empresas globais do segmento de bebidas

Companhias internacionais possuem centros de distribuição em implantação ou operação no estado

Minas Gerais atrai empresas globais do segmento de bebidas

Pouco mais de 1 milhão de declarações do IR caíram na malha fina

Omissão de rendimentos e deduções são principais problemas.

Pouco mais de 1 milhão de declarações do IR caíram na malha fina

Marcas mais valiosas do mundo totalizam US$5 trilhões em 2020

Amazon mantém 1º lugar e é responsável por um terço do crescimento total das Top 100. O TikTok entra no ranking pela primeira vez em 79º lugar.

Marcas mais valiosas do mundo totalizam US$5 trilhões em 2020

Brasil registra retração de 331,9 mil postos de trabalho em maio

Todas as regiões extinguiram empregos com carteira assinada.

Brasil registra retração de 331,9 mil postos de trabalho em maio

Petrobras ultrapassa os R$ 4,5 bilhões em recursos recuperados

Companhia recebe mais de R$ 265 milhões referente à segunda parcela do acordo de leniência celebrado pela Technip


9,7 milhões de trabalhadores ficaram sem remuneração em maio, diz IBGE

Nordeste tem a maior proporção de pessoas afastadas entre as cinco regiões do país.

9,7 milhões de trabalhadores ficaram sem remuneração em maio, diz IBGE

Adiar as eleições sem prorrogar mandatos

O importante é que no dia 1º de janeiro os eleitos tomem posse.

Adiar as eleições sem prorrogar mandatos

Nova lei permite doação de refeições não vendidas

A doação deverá ser gratuita e não configurará relação de consumo.

Nova lei permite doação de refeições não vendidas