Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Empresas e entidades investem em ações solidárias durante a quarentena

Empresas e entidades investem em ações solidárias durante a quarentena

08/04/2020 Divulgação

Bons exemplos contagiam voluntários e empresas do Noroeste e Alto Paranaíba em iniciativas voltadas para ajudar o próximo.

Empresas e entidades investem em ações solidárias durante a quarentena

Em meio à crise provocada pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), exemplos de solidariedade surgem em diversas frentes. Campanhas de arrecadação de alimentos, produtos de higiene, materiais de limpeza e confecções de máscaras, por exemplo, mobilizam voluntários anônimos, instituições e empresas de diversos segmentos preocupadas com o próximo.

Para a analista da Regional Noroeste e Alto Paranaíba do Sebrae Minas, Rosely Vaz, mesmo com o isolamento social, é possível ser solidário e ajudar voluntariamente outras pessoas. “Nesse momento de pandemia o que mais ouvimos é‘Fique em casa! Cuide-se!’.  No entanto, sempre é possível contribuir de alguma forma. Existem vários empresários fazendo o seu papel, cuidando da sua equipe, cuidando da família e também colaborando com iniciativas que vão fazer a diferença na vida de muitas pessoas”.

Um bom exemplo ocorre na cidade de João Pinheiro, no Noroeste de Minas. A ação solidária partiu de usinas produtoras de açúcar e etanol, empresas âncoras do Programa de Encadeamento Produtivo promovido pelo Sebrae Minas no município. As usinas WD Agroindustrial, Destilaria Rio do Cachimbo, Destilaria Vereda Agro e Bevap Bioenergia, doaram 17.500 litros de álcool 70% para cidades do Norte de Minas. O produto foi encaminhado para a cidade de Montes Claros e a Secretaria Municipal de Saúde irá distribuí-lo para entidades da cidade e a outros municípios da região.

De acordo com o engenheiro químico da Destilaria Rio do Cachimbo, Bruno Fazanaro, o momento é de solidariedade. “Por meio da articulação do Sindicato da Indústria do Álcool e Açúcar de Minas Gerais, conseguimos mobilizar usinas e empresas da região e planejar essa campanha de doação de álcool para a região mais necessitada do Estado”.

Máscaras e aventais
Em Patos de Minas, no Alto Paranaíba, a ação coordenada pela Defesa Civil tem arrecadado insumos para a produção de Equipamento de Proteção Individual (EPI) como máscaras e aventais. De acordo com o tenente do Corpo de Bombeiros e coordenador da Defesa Civil, João Fernandes Caixeta, a campanha está destinando os materiais aos hospitais da cidade, que já estão com falta desses equipamentos no tratamento dos pacientes. “Conseguimos doações de empresários de vários segmentos do comércio que ofereceram tecidos, elásticos, linhas e toda a matéria-prima necessária para a confecção de máscaras e aventais”.

Toda a produção dos EPIs está sendo feita por onze costureiras da região. Jeiziele de Souza Dias Barbosa, uma das costureiras voluntárias da ação, conta que em duas semanas de trabalho já foram entregues 300 aventais e 500 máscaras. “Os aventais estão sendo distribuídos aos hospitais e as máscaras já foram doadas ao Samu de Patos de Minas”. Os materiais serão destinados ao Hospital São Lucas, Hospital Regional, Corpo de Bombeiros e ao Sistema Prisional da região.

Outra iniciativa inspiradora que está mobilizando voluntários e empresas de Patos de Minas é a entrega de refeições para os caminhoneiros que trafegam pela BR-365. Campanha promovida pela Suinco, em parceria com o Baratão Construção, a Gaúcha Alimentação Coletiva e a Polícia Rodoviária Federal, está distribuindo marmitex e água mineral para os motoristas que passam pelo posto da PRF. O objetivo é incentivar os caminhoneiros a continuarem trabalhando e seguirem transportando seus produtos pelas estradas da região.

Inclusão social
Em Paracatu, região Noroeste de Minas, o Rotary Club, em parceria com a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac), iniciou uma campanha de produção de máscaras para doar a instituições de caridade do município e também à Secretaria Municipal de Saúde. Segundo o presidente do Rotary, Renato Braga, com as restrições impostas pela pandemia, os rotarianos mobilizaram amigos e empresários para doarem recursos para a compra de insumos necessários na confecção de máscaras. “Como as máscaras ajudam na proteção das pessoas contra o vírus e está em falta no mercado, decidimos capitanear esta articulação de voluntários para a produção das máscaras. Até o momento temos recursos doados suficientes para a produção de 12 mil máscaras”.

Os itens estão sendo confeccionados por oito recuperandos da Apac de Paracatu. Segundo o presidente da Associação, Eurípedes Tobias, a oficina de confecção da unidade está totalmente dedicada à produção das máscaras. “Acreditamos que não basta deixar de fazer o mal, é preciso fazer o bem sempre que possível. E neste momento difícil que o mundo está passando, essa ação é uma oportunidade de inclusão dos recuperandos num trabalho coletivo de fazerem o bem a quem precisa”.

Fonte: Sebrae Minas



Como as comparações me fizeram prisioneira da Síndrome do Impostor

Comecei a perceber que algo não estava certo na minha vida quando, mesmo sendo bem-sucedida, me sentia constantemente inferior.

Autor: Thereza Cristina Moraes

Como as comparações me fizeram prisioneira da Síndrome do Impostor

“Canal Livre” discute o uso exagerado de celular e internet por crianças e adolescentes

O programa aborda os impactos que esse hábito traz para a vida escolar, os prejuízos psicossociais e a interferência na socialização da nova geração.

Autor: Divulgação


Cidadãos podem solicitar segunda via de certidões pelo celular

Solicitante não precisa se deslocar até uma unidade presencial para pedir o documento, podendo recebê-lo em casa ou no cartório de sua escolha.

Autor: Divulgação

Cidadãos podem solicitar segunda via de certidões pelo celular

Fazendo as escolhas certas: guia para selecionar imóveis para investimento em São Paulo

Investir em imóveis certos é garantia de retorno rápido e seguro se feito com base na valorização, localização, demanda e segurança. Uma incorporadora de confiança te ajuda a realizar seu sonho!

Autor: 5 estrelas

Fazendo as escolhas certas: guia para selecionar imóveis para investimento em São Paulo

Bares e restaurantes seguram preços por medo de perder clientes

Inflação em bares e restaurantes é mais baixa que os índices de alimentação no domicílio e também dos insumos, aponta IPCA.

Autor: Divulgação

Bares e restaurantes seguram preços por medo de perder clientes

Idoso de 100 anos ganha ensaio fotográfico de pré-casamento

Nilza e Paraná convivem há quase 18 anos na unidade da Fhemig em Betim (MG).

Autor: Divulgação

Idoso de 100 anos ganha ensaio fotográfico de pré-casamento

Calvície já teve lá seu glamour, mas hoje só afeta a autoestima

Talvez você não saiba, mas já houve um tempo em que ser calvo não apenas era algo dissociado de uma doença capilar como ainda era sinônimo de status.

Autor: ‌Melina Oliveira

Calvície já teve lá seu glamour, mas hoje só afeta a autoestima

Aloísio Teixeira Garcia, ex-deputado estadual, morre aos 80 anos

Cultura, política e educação perderam com o falecimento no domingo passado do ex-deputado estadual e ex-membro da Academia Mineira de Letras, Aloísio Teixeira Garcia.

Autor: Divulgação


O que a pandemia nos ensinou que podemos usar no enfrentamento à dengue?

A palavra pandemia sempre nos transporta a lembranças de dias difíceis.

Autor: Jarbas da Silva Motta Junior


Catástrofe do RS exige união de esforços e não combate a Fake News

A catástrofe do Rio Grande Sul tem comovido o país inteiro.

Autor: Bady Curi Neto

Catástrofe do RS exige união de esforços e não combate a Fake News

O poder sedutor do dinheiro

Dinheiro e Poder, que dupla!

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra

O poder sedutor do dinheiro

Relacionamentos: sabemos realmente o que necessitamos?

Interessante observar que o casamento, por exemplo, não cai de moda, todas as gerações ainda migram para esse modelo.

Autor: Viviane Gago

Relacionamentos: sabemos realmente o que necessitamos?