Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Fim dos cambistas?

Fim dos cambistas?

02/12/2023 Carlos Akira Sato

Ingressos tokenizados no futebol podem ser solução no combate à revenda de alto valor e falsificação.

Fim dos cambistas?

O Campeonato Brasileiro de 2023 já está caminhando para as últimas rodadas, mas a inovação tecnológica já está sendo testada. A partida que será disputada entre São Paulo e Flamengo, a ser realizada no Morumbi na próxima quarta-feira (6), conta com a venda de ingressos tokenizados, oferecidos pelo clube paulista.

Batizado de Smart Ticket, ele ainda será testado, a partir de um piloto, com a disputa na próxima semana, mas seus criadores prometem mudar o atual mercado de ingressos para eventos esportivos, incluindo no futebol. De acordo com informações divulgadas pela empresa, serão disponibilizados três lotes, com valores entre R$ 200 e R$ 400.

As vantagens dos ingressos tokenizados, especialmente para os torcedores de seus times de coração, vão desde a experiência de usuário até a garantia de segurança e autenticidade. Mas será que isso implicaria a solução para combater a ação de cambistas, especialmente nos arredores dos estádios? Na visão de Carlos Akira Sato, sócio do Jantalia Advogados e especialista em Mercado de Capitais, Mercado Financeiro, Finanças Web 3, fintechs e special situations, essa é uma situação bastante viável de acontecer a médio e longo prazo.

“A rastreabilidade da tecnologia blockchain é capaz de registrar todas as etapas de transferência de um ingresso ou até mesmo impedir a sua transferência. Na hipótese de integração do bloco com uma solução de pagamento eletrônico, pode controlar ou até evitar a cobrança de valor superior ao da bilheteria original”, explicou.

Considerando que todas as informações transacionais serão armazenadas no bloco e não podem ser alteradas, Akira Sato ressalta que as possiblidades de falsificação e venda duplicada dos ingressos são praticamente impossíveis. “O emissor do ingresso pode inserir todas as regras de comercialização, inclusive revenda, no bloco, permitindo que todas as informações sejam transparentes para os consumidores e a autenticidade seja checada em cada transação. Além disso, podem ser atribuídas experiências diferenciadas, como a personalização de cada ingresso, transformando-o em um token não fungível - um NFT”.

O especialista também acredita que a experiência desses ingressos, especialmente neste jogo entre São Paulo x Flamengo, que é mais voltada a um público ‘premium’, pode ser ampliada futuramente para outros públicos. “A tokenização reduz custos de emissão/controle e, simultaneamente, agrega experiências que podem aumentar a monetização do ingresso”, defende Sato.

Além do direito de assistir à partida no Estádio do Morumbi, os compradores também terão acesso a uma série de experiências físicas e digitais, como acompanhar a criação de uma taça de premiação em uma impressora 3D, participar da criação de um mural comemorativo para o time em Realidade Virtual, ganhar uma lembrança colecionável física e em NFT e concorrer a uma camisa do clube autografada por jogadores.

Mas se o torcedor de São Paulo x Flamengo, no caso, desistir de comparecer ao jogo? Ele pode revender ou repassar a alguém? O advogado e especialista em Mercado de Capitais explica que depende das regras constantes do ingresso tokenizado. “A segurança e agilidade do blockchain permite a devolução com reembolso sem fricção, na hipótese de integração com um meio de pagamento eletrônico, ou a revenda do ingresso com a possibilidade de limitação do ágio ou desconto”.

Quanto à questão de acessibilidade, Sato não acredita que ingressos tokenizados possam ser um desafio para quem está longe de ser um nativo digital e ainda prefere os trâmites mais convencionais. “A experiência será similar à do PIX. Ninguém está preocupado com a tecnologia que sustenta a operação. O importante é que ela funciona e traz uma experiência para o usuário simples e segura. Token/blockchain é apenas o meio. A experiência de compra será melhor, mais segura, mais barata e mais divertida”, conclui.

* Carlos Akira Sato, sócio do Jantalia Advogados e especialista em Mercado de Capitais, Mercado Financeiro, Finanças Web 3, fintechs e special situations.

Para mais informações sobre futebol clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: M2 Comunicação Jurídica



Nomofobia e os impactos do uso de smartphones no ambiente de trabalho

“Você é um nomofóbico?”. Essa foi a pergunta de partida de minha fala no Congresso da Academia Brasileira de Direito do Trabalho, em outubro de 2023, na cidade de São Paulo.

Autor: Eduardo Pragmácio Filho

Nomofobia e os impactos do uso de smartphones no ambiente de trabalho

O envelhecer e seus impactos na sociedade

Quando jovens, muito comumente pensamos e sentimos que somos imortais; e não pensamos na velhice, na morte; que é bom e ruim.

Autor: Viviane Gago

O envelhecer e seus impactos na sociedade

Poupança X Investimento: economista explica a diferença

De forma bem-humorada e sem enrolação, o influenciador explica os princípios que o regem por trás das cifras milionárias.

Autor: Divulgação

Poupança X Investimento: economista explica a diferença

Menos procrastinação, mais sucesso

Você sabe o que é procrastinação? É aquela mania de deixar tudo para depois.

Autor: Juliana Brito

Menos procrastinação, mais sucesso

História do comércio e a fidelização de clientes

"Só existe uma definição válida para a finalidade de uma empresa: criar um consumidor”.

Autor: Luiz Fernando Dias Guedes

História do comércio e a fidelização de clientes

Escorpiões: quem são esses animais temidos pela população?

Veneno produzido pelo animal é usado para o desenvolvimento de novos medicamentos e tratamentos para doenças crônicas.

Autor: Divulgação

Escorpiões: quem são esses animais temidos pela população?

Boletos se popularizam frente às taxas astronômicas dos cartões de crédito

No atual cenário financeiro, uma disparidade significativa se faz presente entre os boletos e os cartões de crédito no Brasil, especialmente no que se refere às taxas de juros aplicadas.

Autor: Divulgação

Boletos se popularizam frente às taxas astronômicas dos cartões de crédito

Imposto de Renda: veja que documentos são necessários e separe-os antes do prazo

Neste ano, a data de entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física deverá ser entre 15 de março e 31 de maio.

Autor: Divulgação

Imposto de Renda: veja que documentos são necessários e separe-os antes do prazo

Carnaval é feriado? Advogado orienta funcionários e empresas

Uma das épocas mais aguardadas, o Carnaval é uma festa tradicional, embora não seja considerada feriado nacional.

Autor: Divulgação

Carnaval é feriado? Advogado orienta funcionários e empresas

Taxação do Pix é uma loucura

A “iluminada economista” e ex-presidente, Dilma Rousseff, conseguiu a proeza de decepcionar e prejudicar os poupadores de menor renda.

Autor: Julio César Cardoso

Taxação do Pix é uma loucura

Crianças: curiosidade coloca mãozinhas em risco

As mãos da criançada, que tudo querem tocar, estão expostas a sérios acidentes; SBCM ressalta cuidado redobrado no período de férias escolares.

Autor: Antônio Carlos Costa

Crianças: curiosidade coloca mãozinhas em risco

Você está pronto para o futuro?

Existem basicamente três tipos de indivíduos no mundo: os ignorantes, os desesperados e os preparados.

Autor: Martha Gabriel

Você está pronto para o futuro?