Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Povos indígenas brasileiros assinam manifesto antigenocídio

Povos indígenas brasileiros assinam manifesto antigenocídio

20/01/2020 Divulgação

Documento ressalta o reconhecimento dos direitos indígenas nos artigos 231 e 232 da Constituição Federal de 1988.

Povos indígenas brasileiros assinam manifesto antigenocídio

Redigido em encontro inédito de lideranças indígenas, documento denuncia ameaças de projetos propostos pelo governo e une povos em defesa dos territórios e da floresta.Depois de quatro dias de reunião na aldeia Piaraçu, norte de Mato Grosso, mais de 600 lideranças indígenas do país finalizaram nesta sexta-feira (17/01) um documento com reivindicações para ser entregue ao presidente Jair Bolsonaro.

Batizado como ˜Manifesto do Piaraçu", o texto denuncia o projeto em curso do governo brasileiro de "genocídio, etnocídio e ecocídio". Citando obras controversas executadas na Amazônia, como a hidrelétrica Belo Monte, Raoni disse que esses empreendimentos não foram bons para os povos indígenas.

O documento ressalta o reconhecimento dos direitos indígenas nos artigos 231 e 232 da Constituição Federal de 1988, além da convenção internacional que estabelece que, em caso de projetos que impactem os indígenas, eles devem ser consultados previamente.

"O atual presidente da República está ameaçando os nossos direitos, a nossa saúde, o nosso território", diz o manifesto, numa referência às intenções de Bolsonaro de liberar a mineração, o agronegócio e o arrendamento das terras, com redação de projetos de lei em andamento.

Assinado por representantes de entidades indígenas e extrativistas, como o Conselho Nacional dos Seringueiros, o manifesto busca união para proteger a floresta. "Quem nasceu primeiro não foi o Brasil, fomos nós povos originários e nós fomos massacrados, mas continuamos a resistir para poder existir", declara o texto.

Segundo o último censo nacional, cerca de 900 mil brasileiros se reconheceram como indígenas. Nas últimas décadas, porém, especialistas afirmam que esse número vem aumentando. Trata-se de famílias miscigenadas que foram expulsas de seus territórios ao longo do tempo e agora buscam recuperar a identidade coletiva.

Atualmente, 256 povos indígenas vivem no Brasil, com 150 línguas diferentes. No século 16, quando os portugueses aportaram no país, entre 2 e 4 milhões de indígenas viviam no território divididos em cerca de mil povos.

Fonte: Terra



Como as comparações me fizeram prisioneira da Síndrome do Impostor

Comecei a perceber que algo não estava certo na minha vida quando, mesmo sendo bem-sucedida, me sentia constantemente inferior.

Autor: Thereza Cristina Moraes

Como as comparações me fizeram prisioneira da Síndrome do Impostor

“Canal Livre” discute o uso exagerado de celular e internet por crianças e adolescentes

O programa aborda os impactos que esse hábito traz para a vida escolar, os prejuízos psicossociais e a interferência na socialização da nova geração.

Autor: Divulgação


Cidadãos podem solicitar segunda via de certidões pelo celular

Solicitante não precisa se deslocar até uma unidade presencial para pedir o documento, podendo recebê-lo em casa ou no cartório de sua escolha.

Autor: Divulgação

Cidadãos podem solicitar segunda via de certidões pelo celular

Fazendo as escolhas certas: guia para selecionar imóveis para investimento em São Paulo

Investir em imóveis certos é garantia de retorno rápido e seguro se feito com base na valorização, localização, demanda e segurança. Uma incorporadora de confiança te ajuda a realizar seu sonho!

Autor: 5 estrelas

Fazendo as escolhas certas: guia para selecionar imóveis para investimento em São Paulo

Bares e restaurantes seguram preços por medo de perder clientes

Inflação em bares e restaurantes é mais baixa que os índices de alimentação no domicílio e também dos insumos, aponta IPCA.

Autor: Divulgação

Bares e restaurantes seguram preços por medo de perder clientes

Idoso de 100 anos ganha ensaio fotográfico de pré-casamento

Nilza e Paraná convivem há quase 18 anos na unidade da Fhemig em Betim (MG).

Autor: Divulgação

Idoso de 100 anos ganha ensaio fotográfico de pré-casamento

Calvície já teve lá seu glamour, mas hoje só afeta a autoestima

Talvez você não saiba, mas já houve um tempo em que ser calvo não apenas era algo dissociado de uma doença capilar como ainda era sinônimo de status.

Autor: ‌Melina Oliveira

Calvície já teve lá seu glamour, mas hoje só afeta a autoestima

Aloísio Teixeira Garcia, ex-deputado estadual, morre aos 80 anos

Cultura, política e educação perderam com o falecimento no domingo passado do ex-deputado estadual e ex-membro da Academia Mineira de Letras, Aloísio Teixeira Garcia.

Autor: Divulgação


O que a pandemia nos ensinou que podemos usar no enfrentamento à dengue?

A palavra pandemia sempre nos transporta a lembranças de dias difíceis.

Autor: Jarbas da Silva Motta Junior


Catástrofe do RS exige união de esforços e não combate a Fake News

A catástrofe do Rio Grande Sul tem comovido o país inteiro.

Autor: Bady Curi Neto

Catástrofe do RS exige união de esforços e não combate a Fake News

O poder sedutor do dinheiro

Dinheiro e Poder, que dupla!

Autor: Benedicto Ismael Camargo Dutra

O poder sedutor do dinheiro

Relacionamentos: sabemos realmente o que necessitamos?

Interessante observar que o casamento, por exemplo, não cai de moda, todas as gerações ainda migram para esse modelo.

Autor: Viviane Gago

Relacionamentos: sabemos realmente o que necessitamos?