Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Quer largar o emprego e montar seu negócio?

Quer largar o emprego e montar seu negócio?

17/12/2015 Maurício Sampaio

Cada vez mais o brasileiro vem desenvolvendo o espírito empreendedor.

Nesta época de virada de ano, esse sentimento parece vir ainda mais à tona. Muitos querem largar o emprego para, no novo ano, terem o próprio negócio.

Mas, antes de tomar a decisão, é muito importante pensar em alguns detalhes.

Qual o real motivo de largar seu emprego e ter um próprio negócio?

A primeira coisa que você deve pensar é o motivo pelo qual você esta fazendo essa mudança. É por que não aguenta mais seu chefe?

Isso acontece muito. Como coach, já vi muitas pessoas mudarem de emprego ou montarem um negócio porque acreditavam que estavam descontentes com a profissão ou sua ocupação, mas, na verdade, estavam descontentes com o chefe.

Aí, acabavam voltando atrás porque viram que tomaram uma decisão completamente errada. Também é comum o desejo de mudar porque está cansado da profissão que escolheu.

Neste caso, entra outra questão: você não precisa trabalhar naquela empresa da profissão que escolheu, por exemplo. Hoje, 85% dos CEOS das empresas são engenheiros de formação.

Esse é seu caso? Esses são alguns pontos que você tem que definir. Qual o real motivo que você esta tomando essa decisão? Existem outros pontos que você deve tomar muito cuidado, tudo é questão planejamento.

Primeiro ponto é a questão financeira. Eu não aconselho fazer algo do dia pra noite sem estar calçado financeiramente. Você precisa de dinheiro para promover essa mudança ou até mesmo contratar um orientador financeiro pra te ajudar.

Planejamento para mudança é tudo!

Outra questão é o planejamento das suas ações. Você deve planejar em quanto tempo deve promover essa mudança. Em seis meses? Um ano? Enfim, qual o tempo que você precisa? Coloque sempre data e horário.

Pesquisar é indispensável para quem deseja mudar!

Terceiro e último ponto: pesquise muito sobre esse novo negócio. Hoje, por exemplo, temos sistemas de micro-franquias, que são franquias com valores mais baixos.

É um sistema legal para quem tem um caixa razoavelmente bom entre R$ 10 mil e R$ 50 mil, não esquecendo de ver os detalhes de rotina, ocupação, mercado, conversar com outros micro-franqueados...

Se não for franquia, vai começar um negócio seu em determinado nicho? Pesquise a rotina, horários, retornos, como se trabalha. Tente tirar todos os elementos possíveis para poder tomar uma decisão tranquila.

Tente não cair nos indicadores do SEBRAE, por exemplo, que diz que 80% das pessoas, a cada quatro anos, acabam desistindo do seu negócio.

Empreender, ter o seu próprio negócio é muito bom, mas tem o outro lado da moeda. Você passa a viver esse negócio durante 24 horas por dia, sete dias por semana.

Tenha sempre essa percepção com você. Boa sorte e sucesso!

* Maurício Sampaio é coach de carreira, palestrante, escritor e fundador do InstitutoMS de Coaching de Carreira.



O peso dos idosos na balança eleitoral

Dados consolidados pelo Tribunal Superior Eleitoral, referentes a abril de 2024, mostram que o Brasil possui 33,7 milhões de eleitores com mais de 60 anos.

Autor: Wilson Pedroso

O peso dos idosos na balança eleitoral

Contribuintes podem ajudar vítimas no Rio Grande do Sul através do IR

O prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda termina em 31 de maio, exceto para as cidades atingidas pelas enchentes no Rio Grande do Sul.

Autor: Divulgação


Quais são os problemas que o perfeccionismo causa?

No mundo complexo e exigente em que vivemos, é fácil se deparar com um padrão implacável de perfeição.

Autor: Thereza Cristina Moraes


A tragédia se repete e a insensibilidade política permanece

É estranho que, mesmo com todos os recursos técnicos hoje disponíveis, não se tenha conseguido evitar uma enchente de proporção ainda maior que a de 1941.

Autor: Samuel Hanan

A tragédia se repete e a insensibilidade política permanece

BH Airport suspende temporariamente arrecadação de doações

Mais de 15 toneladas de doações para o Rio Grande do Sul chegaram nos pontos de coleta do BH Airport nos últimos 5 dias.

Autor: Divulgação


Após 1500, como os portugueses conquistaram o Brasil?

De início, os portugueses passavam aqui para buscar produtos como o pau-brasil, a caminho da Índia, onde estavam as especiarias.

Autor: Víktor Waewell

Após 1500, como os portugueses conquistaram o Brasil?

Saber escutar nos aproxima das pessoas

Desde que desenvolvemos a linguagem, passamos a valorizar os grandes oradores.

Autor: Roberta Perdomo

Saber escutar nos aproxima das pessoas

5 coisas que (provavelmente) nunca te contaram sobre o Imposto de Renda

A declaração de Imposto de Renda é uma certeza na vida de milhões de brasileiros, mas há detalhes nesse processo que podem passar despercebidos até mesmo pelos mais atentos.

Autor: Divulgação

5 coisas que (provavelmente) nunca te contaram sobre o Imposto de Renda

Lições para ter um matrimônio saudável e duradouro

No livro "Famílias Indestrutíveis", o pastor e especialista em aconselhamento familiar, Rafael Nery, explica como ter um lar estruturado à luz da Bíblia.

Autor: Divulgação


Como a integração entre indústria e universidade pode trazer benefícios

A parceria entre instituições de ensino e a indústria na área de pesquisa científica é uma prática consolidada no mercado que já rendeu diversas inovações em áreas como TI e farmacêutica.

Autor: Thiago Turcato


O setor de máquinas e equipamentos e a necessidade de investimentos

Na última semana do mês de fevereiro, O IBGE divulgou os dados de desempenho da economia brasileira do 4º trimestre de 2023.

Autor: Gino Paulucci Jr.

O setor de máquinas e equipamentos e a necessidade de investimentos

Como lidar com a “Geração Z” no mercado de trabalho

“Ninguém é produtivo o tempo inteiro, ninguém é feliz o tempo inteiro, mas é possível ser mais feliz e produtivo. E isso sem acabar com a saúde mental.”

Autor: Divulgação