Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Água para o desenvolvimento sustentável

Água para o desenvolvimento sustentável

26/03/2019 Cleverson V. Andreoli

A gestão preventiva dos problemas ambientais é muito mais adequada, além de ser mais barata.

Água para o desenvolvimento sustentável

Um recente relatório publicado pela Organização das Nações Unidas (ONU), denominado “Perspectivas do Meio Ambiente Mundial”, apresenta um quadro sombrio sobre as consequências para a sociedade, da degradação da qualidade ambiental planetária. Com relação a água, o relatório mostra que uma em cada três pessoas no mundo, cerca de 2,3 bilhões de habitantes, não tem acesso ao saneamento. Além disso, aponta que, desde o ano de 1990, está sendo observada uma significativa piora da qualidade da água em todo o planeta.

Para facilitar a compreensão da sociedade, geralmente os problemas ambientais têm uma abordagem setorial, contudo há uma relação indissociável entre eles. As alterações na atmosfera, por exemplo, têm uma relação direta com os problemas hídricos, pois ampliam os extremos climáticos. Chuvas mais intensas amplificam os problemas de erosão e ao mesmo tempo geram inundações catastróficas. A proteção de matas ciliares integra a preservação da biodiversidade com a manutenção da qualidade de água.

A qualidade da água depende de como os demais compartimentos ambientais de uma bacia hidrográfica são manejados. Os problemas de segurança hídrica, relacionados com a disponibilidade de água e das cheias, têm causas globais, como as alterações climáticas, e causas locais, como a urbanização em áreas inundáveis e impermeabilização do solo. Consequentemente, o seu gerenciamento necessita ser integrado considerando os diversos fatores para que os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (OSDs) sejam efetivamente alcançados.

A gestão de recursos hídricos exige uma nova governança que garanta a eficácia da aplicação de políticas que orientem a sustentabilidade dos processos. A gestão preventiva dos problemas ambientais é muito mais adequada, além de ser mais barata. As medidas mais importantes são aquelas que incorporam a consideração dos impactos ambientais nas decisões econômicas, em direção a uma economia circular, que maximize a otimização dos usos dos recursos e a reciclagem, equilibrando as dimensões ambientais, sociais e econômicas de novos projetos. Esses mecanismos devem ser capazes de inserir nos processos de tomada de decisão o conceito de que o meio ambiente saudável é a base principal da prosperidade econômica e do bem-estar social.

Independentemente de políticas globais, as empresas e as pessoas devem adotar medidas para aumentar a eficiência do uso dos recursos hídricos, para a reciclagem da água (aproveitamento do esgoto tratado), para a utilização de águas pluviais e para a adoção de tecnologias mais avançadas para a melhoria desse bem planetário tão importante. Além disso, os grandes empresários não podem esquecer que o aumento da eficiência no uso da água aumenta a competitividade das empresas e, principalmente, traz muitos benefícios para a sociedade.

* Cleverson V. Andreoli é professor do Mestrado Profissional em Governança e Sustentabilidade do ISAE Escola de Negócios (www.isaebrasil.com.br)

Fonte: P+G Comunicação Integrada



Plataforma facilita doação de matéria-prima e reaproveitamento de resíduos sólidos

No site é possível anunciar diversos tipos de materiais como alumínio, metal e madeira

Plataforma facilita doação de matéria-prima e reaproveitamento de resíduos sólidos

Cuidar do ar importa

No ano de 1972 na Suécia, a sociedade dava um grande passo em relação as questões ambientais, através da Conferência de Estocolmo.

Cuidar do ar importa

Brasil e Alemanha assinam acordo para repatriar ararinhas-azuis

Projeto inédito vai levar de volta ao país 50 aves que vivem num criadouro alemão. Apenas 163 ararinhas-azuis existem no mundo.

Brasil e Alemanha assinam acordo para repatriar ararinhas-azuis

Desmatamento é principal preocupação do brasileiro, revela pesquisa

Em seguida aparecem a poluição da água e como lidar com os resíduos produzidos

Desmatamento é principal preocupação do brasileiro, revela pesquisa

Inscrições abertas para o Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade

O prêmio é uma realização da Revista Ecológico em parceria com a Fiemg


O papel dos jovens frente a escalada da destruição da natureza

Estimular os jovens ao exercício da cidadania não teria momento mais oportuno do que o atual.


Clima gera prejuízo de US$ 1 trilhão a grandes empresas

Relatório mostra como grandes corporações como Nestlé, Unilever, Apple e Microsoft podem perder com as mudanças climáticas e deveriam fazer mais para reduzir emissões de CO2.

Clima gera prejuízo de US$ 1 trilhão a grandes empresas

Como está o ar que respiramos?

A poluição do ar reflete também na poluição do solo por meio da emissão do gás ozônio.

Como está o ar que respiramos?

Semana do Meio Ambiente é comemorada com eventos em Minas

Série de atividades, organizadas pelo Sisema, vão ser realizadas durante todo o mês

Semana do Meio Ambiente é comemorada com eventos em Minas

Por um projeto melhor para o saneamento

Uma nova página sobre o saneamento no país pode ser escrita nos próximos dias.

Por um projeto melhor para o saneamento

No Dia da Mata Atlântica Scania anuncia parceria com a Fundação SOS

“Floresta Scania” está localizada em Aparecida (SP), em frente a basílica. Em 2018, foram plantadas 18 mil mudas e para 2019 a meta é chegar a 25 mil.

No Dia da Mata Atlântica Scania anuncia parceria com a Fundação SOS

Produtores rurais recebem Pagamentos por Serviços Ambientais

Agricultores fazem parte do projeto Conexão Mata Atlântica

Produtores rurais recebem Pagamentos por Serviços Ambientais