Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Fogo na Austrália é “catástrofe ecológica”, diz cientista

Fogo na Austrália é “catástrofe ecológica”, diz cientista

14/01/2020 Da Redação

A estimativa é de perda de 1 bilhão de animais.

Fogo na Austrália é “catástrofe ecológica”, diz cientista

Os incêndios florestais das últimas semanas na Austrália são uma "catástrofe ecológica" que demorará décadas para ser superada e que exige apoio financeiro significativo e mudanças de políticas ambientais, advertem especialistas.

Segundo Stuart Blanch, cientista ambiental e um dos responsáveis pelo setor de reflorestamento da World Wide Fund - Austràlia (WWF-A), essas mudanças exigem, necessariamente, medidas concretas para evitar que "continue a aumentar a temperatura do forno" que "cozinha" o planeta Terra.

"Estamos diante de uma catástrofe ecológica, a estimativa é de perda de 1 bilhão de animais, mas sabemos que esse número vai aumentar quando informações mais precisaa forem compiladas", disse.

Nas últimas semanas, o fogo queimou uma área maior que Portugal - a época dos incêndios ainda não terminou -, com sérios danos a ecossistemas, especialmente na costa leste do país, deixando várias espécies ameaçadas.

O número de 1 bilhão de animais mortos baseia-se em estudo feito em 2007 por um grupo de cientistas especializados em répteis, mamíferos e outros animais que estimava que, em média, havia entre 150 e 160 animais vertebrados em cada hectare do ecossistema. "O número de 1 bilhão é uma extrapolação conservadora dessa média de animais, considerando os mais de 10 milhões de hectares queimados", explicou.

Em média, 80% desses animais são répteis, incluindo lagartos e cobras, 12% a 15% são aves e 5% a 8% são mamíferos, ficando fora do total morcegos, sapos, peixes e insetos, cujas populações não foram contabilizadas pelo estudo.

Fonte: Agência Brasil



Embrapa cria cenoura que dispensa agrotóxico

Expectativa é que lavouras da Cenoura BRS sejam mais produtivas.

Embrapa cria cenoura que dispensa agrotóxico

Startup brasileira apresenta na Bélgica solução para descarte ilegal de lixo após escândalo europeu

Em janeiro, a Malásia devolveu 42 contêineres de lixo plástico importados ilegalmente do Reino Unido.

Startup brasileira apresenta na Bélgica solução para descarte ilegal de lixo após escândalo europeu

Cidades devem planejar para enfrentar as águas

O verão 2019/2020 já entrou para a história como um dos mais marcantes pelos impactos causados pelas chuvas em importantes municípios brasileiros.

Cidades devem planejar para enfrentar as águas

Trabalho informal nos lixões: um risco à vida dos catadores

A falta da gestão de resíduos vai além dos impactos negativos na economia brasileira e na saúde pública.

Trabalho informal nos lixões: um risco à vida dos catadores

Para onde vai o lixo do material de limpeza?

Com a crise da água no Rio, especialista da empresa Oceano -- Gestão de Resíduos alerta para a importância do descarte responsável dos chamados micropoluentes.

Para onde vai o lixo do material de limpeza?

Reino Unido proibirá venda de novos carros a gasolina e diesel a partir de 2035

O Reino Unido também se comprometeu a alcançar a neutralidade de carbono até 2050.

Reino Unido proibirá venda de novos carros a gasolina e diesel a partir de 2035

Brasileiros acreditam que temperatura média global vai subir em 2020

Mesmo com o índice alto, Brasil está entre os países que menos se preocupa com o tema.

Brasileiros acreditam que temperatura média global vai subir em 2020

Emissões de gases podem elevar temperatura em 3 graus

Alerta é de Thelma Krug, do Painel sobre Alterações Climáticas.

Emissões de gases podem elevar temperatura em 3 graus

Crise climática favorece o desenvolvimento de mosquito da dengue

Somente em 2019, mais de 2,7 milhões de casos de dengue foram registrados na América Latina.

Crise climática favorece o desenvolvimento de mosquito da dengue

Economia circular é urgente

Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) apontam que a utilização global de materiais triplicou nos últimos 50 anos.


Plástico descartável: proibir para mudar

Ao ser questionado sobre o uso de produtos descartáveis, talvez você não se lembre que provavelmente utilizou na última semana vários deles.

Plástico descartável: proibir para mudar

466 anos de SP e o novo Rio Pinheiros

Nossa cidade faz 466 anos, uma cidade cuja trajetória marcou a história do nosso país.

466 anos de SP e o novo Rio Pinheiros