Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Fóssil achado em MG pode revelar novidades sobre dinossauros

Fóssil achado em MG pode revelar novidades sobre dinossauros

28/10/2020 Divulgação

Espécie batizada de Spectrovenator ragei viveu no período Cretáceo, o último da Era Mesozoica.

Um fóssil localizado em uma região próxima do município de Coração de Jesus (MG) pode auxiliar na compreensão sobre dinossauros que viveram no planeta no período de 65 a 145 milhões de anos atrás. Encontrado por pesquisadores vinculados ao Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo (USP) e ao Museo Paleontológico Egidio Feruglio, da Argentina, a espécie foi batizada de Spectrovenator ragei (caçador fantasma, em tradução livre) e pertence à família de terópodes Abelisauridae, que viveu no período Cretáceo, o último da Era Mesozoica.

Conforme detalha a equipe de cientistas em artigo publicado no periódico Comptes Rendus Palevol, a família dos abelissaurídeos desempenhou papel central entre predadores durante a reta final do período Cretáceo. Os pesquisadores ressaltam que o espécime achado tem enorme valor por ser raro. Segundo eles, embora seja mais fácil resgatar materiais bem preservados da etapa final desse período, restam poucos intactos que permitam um estudo sobre os ciclos anteriores. Desse modo, o entendimento sobre como a linhagem de abelissaurídeos se desenvolveu ao longo do tempo fica limitado, já que parcela das referências sobre as fases iniciais acaba se perdendo.

O esqueleto recuperado no interior de Minas Gerais estava praticamente completo, de modo que os pesquisadores puderam coletá-lo como um bloco único. Uma das características mais marcantes dos abelissaurídeos é o par de membros anteriores bastante reduzidos. Outro aspecto que os distinguia era o fato de possuírem uma das estruturas cranianas mais especializadas entre os dinossauros carnívoros, com um crânio largo, região occipital alta e articulação intramandibular altamente cinética.

Fonte: Agência Brasil



Amazônia: tão necessária quanto pulmões, coração e cérebro

Na medicina sabemos que é necessário respirar e o coração bater para nos mantermos vivos, além da função cerebral.

Amazônia: tão necessária quanto pulmões, coração e cérebro

Julho registra temperatura média mais alta da história

Nos últimos anos, o país tem registrado invernos mais quentes que a média histórica.

Julho registra temperatura média mais alta da história

A mente de uma abelha

As abelhas demonstraram habilidade para entender conceitos abstratos como “igual” ou “diferente”.

A mente de uma abelha

Museu Oceanográfico Univali recebe exposição Gigantes do Passado

Acervo de animais da “Era do Gelo” pode ser visitado no Balneário Piçarras, Santa Catarina.

Museu Oceanográfico Univali recebe exposição Gigantes do Passado

Nasa divulga imagem de galáxia em caos após colisão

Imagem foi obtida pelo Telescópio Espacial James Webb.

Nasa divulga imagem de galáxia em caos após colisão

Cidade de São Paulo tem mês de julho mais quente desde 1943

Temperatura mais alta tinha sido registrada em julho de 1977.

Cidade de São Paulo tem mês de julho mais quente desde 1943

Cientistas detectam buraco negro adormecido fora da Via Láctea

Fenômeno foi constatado na galáxia Grande Nuvem de Magalhães.

Cientistas detectam buraco negro adormecido fora da Via Láctea

Plantio de mudas ajuda a preservar nascentes em Sorocaba

Emrpesa realiza plantio de mudas, em parceria com prefeitura de Sorocaba e Secretaria de Meio Ambiente.

Plantio de mudas ajuda a preservar nascentes em Sorocaba

Nasa divulga fotos de Júpiter capturadas pelo telescópio James Webb

Registros feitos ainda na fase de testes mostram detalhes do Planeta, luas e asteroides com detalhamentos nunca antes vistos.

Nasa divulga fotos de Júpiter capturadas pelo telescópio James Webb

Projeto sobre plantas medicinais faz sucesso nas redes

Com conteúdos multimídia e atividades práticas sobre o mundo vegetal, iniciativa estimula a curiosidade e o conhecimento científico em jovens estudantes.

Projeto sobre plantas medicinais faz sucesso nas redes

Bioma amazônico tem 30 a 40 mil espécies só de plantas, mostra estudo

Trabalho divulgado hoje mapeia pesquisas científicas na região.

Bioma amazônico tem 30 a 40 mil espécies só de plantas, mostra estudo

Observatório em Minas Gerais capta meteoro brilhante

Evento luminoso foi registrado na cidade mineira de Brazópolis.

Observatório em Minas Gerais capta meteoro brilhante