Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O impacto da industrialização no consumo de água para o Planeta Terra

O impacto da industrialização no consumo de água para o Planeta Terra

25/03/2020 Divulgação

Especialista em eficiência hídrica revela o gasto do recurso na produção de diversos itens do nosso cotidiano.

Grande parte das fontes de água (rios, lagos e represas) está, a cada dia, mais contaminada e poluída, devido a ação predatória do homem. Esta situação é preocupante, pois num futuro próximo, além das crises hídricas que já enfrentamos em nosso País, poderá faltar água para o consumo de grande parte da população mundial. Segundo a Confederação Nacional da Indústria, a demanda global por água no setor industrial deve aumentar, até 2050, cerca de 400%. No Brasil, a cada segundo, são retirados dos rios 2,3 milhões de litros para a fabricação de bebidas, alimentos e cosméticos e esse consumo só perde para o da agricultura.

Conheça os produtos que, para serem produzidos, consomem muito mais água do que se imagina.

- Papel: A produção de uma folha de papel A4 consome cerca de 10 litros de água.
- Leite: Para cada litro de leite são necessários mil litros de água.
- Café: Uma xícara de café gasta 130 litros de água em sua produção.
- Arroz: Para produzir 1 kg de arroz são necessários 2.500 litros de água.
- Carne bovina: Um quilo de carne de boi consome 17.000 litros de água na produção.
- Carne suína: Um quilo de carne suína consome 6 mil litros de água na produção.
- Carne de frango: Para produzir 1 kg, são necessários 3.700 litros de água.
- Chocolate: Para fabricar uma barra de chocolate, são gastos 1,7 mil litros de água.
- Calça Jeans: A fabricação de uma calça jeans usa 10 mil litros de água.
- Carro: 400.000 litros de água são gastos no processo de fabricação de 1 automóvel.

Para conscientizar sobre o consumo de água, o especialista em eficiência hídrica, Wagner Cunha Carvalho, CEO da W-Energy, a maior empresa do mundo especializada no setor, diz que todos devem se conscientizar não só na hora do banho, de lavar a louça, de escovar os dentes, etc., mas sim de tudo o que se compra e se consome. “Aquilo que compramos e consumimos tem um grande impacto no meio ambiente.  Todo o sistema do planeta está interligado, desde o desmatamento na Amazônia até o crescimento populacional, o aquecimento global, a produção excessiva de lixo, etc. Tudo isso interfere nas más condições hídricas que enfrentamos há anos e também que devemos enfrentar daqui para frente”.

Os números chegam a assustar quando se sabe da quantidade de água utilizada na produção de cada produto consumido diariamente pelos brasileiros. Ainda, segundo Wagner, a intenção não é parar de consumir, mas sim consumir com mais consciência, qualidade e responsabilidade. “Com visão do futuro sobre a grande crise de água no mundo, devemos estar cada vez mais alinhados com a ecologia, com as tecnologias e com a cultura sustentável”, explica ele, salientando que, sem uma alteração de comportamento, a água potável chegará a ser um recurso disputado e até mesmo raro daqui alguns anos.

Fonte: Organização internacional Water Footprint



Réptil de 225 milhões de anos não é pterossauro, mostra estudo

Conclusão é de pesquisadores brasileiros em artigo na revista PeerJ.

Réptil de 225 milhões de anos não é pterossauro, mostra estudo

Desafios e oportunidades para o saneamento

Considerado um dos menos atrativos na infraestrutura, o setor de saneamento passa por uma profunda mudança de paradigma com a aprovação da Lei 14.026/2020.

Desafios e oportunidades para o saneamento

Projeto incentiva o plantio de 1 bilhão de árvores em Minas Gerais

Conspiração Mineira pelo Plantio de Árvores é apresentada pela ACMinas.

Projeto incentiva o plantio de 1 bilhão de árvores em Minas Gerais

Estudo avalia a situação hídrica da Bacia do Rio da Prata, em Presidente Olegário

Diagnóstico de Zoneamento Ambiental Produtivo (ZAP) faz parte das ações do Programa Restaurar, estruturado pelo Sebrae Minas, no noroeste do estado.

Estudo avalia a situação hídrica da Bacia do Rio da Prata, em Presidente Olegário

Brasil registra reciclagem de 98,7% de latas de alumínio em 2021

Índice é o maior já alcançado pelo setor.

Brasil registra reciclagem de 98,7% de latas de alumínio em 2021

Onça-parda é vista em área onde era considerada extinta no Rio de Janeiro

Reserva ambiental fica em Maricá, na região metropolitana.

Onça-parda é vista em área onde era considerada extinta no Rio de Janeiro

Livro mostra biodiversidade do Parque Nacional do Iguaçu

Publicação tem imagens e infográficos para explicar como é o trabalho de conservação na região e curiosidades sobre espécies.

Livro mostra biodiversidade do Parque Nacional do Iguaçu

Acordo prevê remuneração para conservação de florestas

Estudo de viabilidade será feito em duas etapas.

Acordo prevê remuneração para conservação de florestas

Copasa prevê investir R$ 34 milhões na recuperação de nascentes em 2022

Investimento no programa Pró-Mananciais é recorde; nos últimos cinco anos, companhia empregou R$ 62 mi na revitalização de minas, córregos e rios.

Copasa prevê investir R$ 34 milhões na recuperação de nascentes em 2022

Inmet lança documento com informações meteorológicas de 30 anos

Dados do Inmet mostram elevação das temperaturas e maior frequência de chuvas intensas no Brasil.

Inmet lança documento com informações meteorológicas de 30 anos

Apenas 7% dos rios da Mata Atlântica apresentam água de boa qualidade

Dados são divulgados no Dia Mundial da Água, comemorado neste 22 de março.

Apenas 7% dos rios da Mata Atlântica apresentam água de boa qualidade

São Paulo inaugura programa que plantará um milhão de árvores pelo Brasil

União Química, em parceria com a ONG Ipê e o Centro de Educação Ambiental de Guarulhos, já começa a plantar 100 mil mudas de árvores nativas no estado.

São Paulo inaugura programa que plantará um milhão de árvores pelo Brasil