Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como o investidor enxerga a comunidade Web3?

Como o investidor enxerga a comunidade Web3?

10/04/2023 Fabiano Nagamatsu

A terceira etapa da internet: é assim que especialistas definem a Web3.

Como o investidor enxerga a comunidade Web3?

Tecnologias como 5G, Internet das Coisas (IoT), inteligência artificial (IA) e blockchain, que estão cada vez mais presentes no dia a dia, serão capazes de potencializar o uso de novas ferramentas e plataformas na nova rede. O conceito da Web3 vem sendo desenvolvido desde 2001, apesar de ter se popularizado mais nos últimos anos. Trata-se de uma web inteligente, um espaço em que o usuário tem maior controle sobre o uso de dados produzidos por ele nos ambientes digitais. 

Essa nova fase deve promover mais segurança, transparência e velocidade, além de garantir mais privacidade para as pessoas, que assumem o controle do compartilhamento de informações em plataformas virtuais. Recentemente, foi lançado um relatório produzido pelo centro de pesquisas da Visa, que aponta que a Web3 é uma das principais tendências que podem revolucionar o setor de pagamentos e de movimentações financeiras.  

Em 2022, foi divulgado o estudo Análise de Tamanho, Participação e Tendências do Mercado de Tokenização, que mostrou o crescimento anual de 24% do segmento, para encerrar a década na casa dos US$ 13,5 bilhões. O trabalho é da Grand View Research, empresa de inteligência com sede em São Francisco, na Califórnia (EUA). 

A crescente digitalização do cotidiano alavancou avanços em aplicativos e ecossistemas Web3 habilitados em blockchain, e os consumidores se mostraram bastante receptivos às novas experiências digitais e imersivas baseadas na tecnologia, em recompensas de tokens e NFTs. Portanto, essa realidade vai ser cada vez mais presente no dia a dia das pessoas. Quem não enxerga o valor desses novos espaços e não agarra as oportunidades, infelizmente, acaba ficando para trás. 

A partir do momento em que se realiza investimentos ou se adquire tokens de governança em um projeto na Web3, o investidor participa diretamente desse processo. O token de governança permite que a pessoa contribua diretamente com a organização ou empresa responsável pela emissão. A contribuição se dá por meio de votações, com foco em tomada de decisões, como estratégias, parâmetros e atualizações de protocolos. 

A comunidade Web3 não está interessada somente no dinheiro investido, mas também nas ideias e propostas geradas, que permitirão o crescimento dos projetos e sua concretização. Os tokens de governança serão responsáveis por garantir a interação entre grupos de indivíduos para definir o futuro das organizações, sem a necessidade, teoricamente, de pessoas em altas posições hierárquicas. Diante desse cenário, muitas possibilidades estão surgindo, por isso os investidores precisam ficar atentos ao processo de tokenização, que já é uma realidade e está transformando a economia global. 

* Fabiano Nagamatsu, CEO da Osten Moove.

Para mais informações sobre internet clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

Fonte: NB Press Comunicação



Melhores técnicas para humanizar seu conteúdo GPT de bate-papo em 2024

Quer humanizar seu texto escrito GPT? Leia este guia e colete todas as dicas e truques importantes que podem ajudá-lo a simplificar o texto robótico e ignorar as detecções avançadas….

Autor: Divulgação

Melhores técnicas para humanizar seu conteúdo GPT de bate-papo em 2024

Ferramenta gratuita vai revolucionar o ensino da ciência geológica

Seequent lança um aplicativo na web para ajudar a combater a escassez global de geocientistas.

Autor: Divulgação

Ferramenta gratuita vai revolucionar o ensino da ciência geológica

Por que a integração do OCR é essencial para locais de trabalho modernos?

O local de trabalho moderno prospera com eficiência e acessibilidade.

Autor: Divulgação

Por que a integração do OCR é essencial para locais de trabalho modernos?

Brasil registra R$ 3,5 bilhões em tentativas de fraude em 2023

No período, ocorreram 3,7 milhões de tentativas de fraudes, redução de 28,3% em relação ao ano anterior.

Autor: Divulgação

Brasil registra R$ 3,5 bilhões em tentativas de fraude em 2023

Desafios da proteção de dados e a fraude na saúde

Segundo o Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) R$34 bilhões dos gastos das operadoras médico-hospitalares com contas e exames, em 2022, foram consumidos indevidamente por fraudes,.

Autor: Claudia Machado


Como são as fraudes no Pix e o que os bancos precisam assegurar

Um dos métodos comuns envolve a criação de perfis falsos em aplicativos de mensagens ou redes sociais, além de outros.

Autor: Denis Furtado

Como são as fraudes no Pix e o que os bancos precisam assegurar

A importância da segurança cibernética na manufatura

Estimativas indicam que mais de 60% das empresas de manufatura esperam sofrer tentativas de ataques este ano.

Autor: Ricardo Macchiavelli

A importância da segurança cibernética na manufatura

Como evitar fraudes e vazamentos no WhatsApp

De acordo com dados do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente 2023, mais de 1 bilhão de interações pelo chat foram registradas no país.

Autor: Divulgação

Como evitar fraudes e vazamentos no WhatsApp

Como prevenir, detectar e combater eventuais ataques cibernéticos

O armazenamento de dados e informações em nuvem é uma solução rápida e eficaz para organizações de diferentes portes e ramos de atividade.

Autor: Wellington Monaco

Como prevenir, detectar e combater eventuais ataques cibernéticos

5 passos simples para se proteger na web em 2024

Em um relatório divulgado pela Kaspersky, o Brasil é o país mais afetado por golpes financeiros.

Autor: Paula Renata Nogueira de Souza,

5 passos simples para se proteger na web em 2024

Segurança digital e o tempo de reação

A crescente interconexão e dependência de tecnologia no mundo corporativo tornam organizações de todos os tamanhos suscetíveis a ataques cibernéticos.

Autor: Denis Furtado

Segurança digital e o tempo de reação

Inteligência em gestão de redes e segurança de dados

Abrimos o ano de 2024 com cenários mais complexos e desafiadores para segurança de dados, iniciando um novo capítulo na corrida contra a indústria do cibercrime.

Autor: Alexandre Armellini

Inteligência em gestão de redes e segurança de dados