Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Panorama de 2020 e destino do e-commerce no Brasil, o que esperar para o próximo ano

Panorama de 2020 e destino do e-commerce no Brasil, o que esperar para o próximo ano

26/12/2020 Gabriel Lima

Para manter este crescimento é importante os negócios digitais manterem os investimentos nos canais para que a performance seja positiva.

Panorama de 2020 e destino do e-commerce no Brasil, o que esperar para o próximo ano

Pandemia trouxe um crescimento de 56,8% de crescimento para o setor até agosto de 2020, mas para o crescimento continuar de forma acelerada, setor necessita se otimizar para driblar as dificuldades de expansão do setor.

Diante um ano complicado para os negócios de todos os setores, o mercado que pode ser considerado como o que mais cresceu, foi o comércio eletrônico. Podemos citar os e-commerces e os marketplaces que tiveram um crescimento de 56,8% até agosto deste ano, segundo dados de um recente relatório divulgado pela Compre&Confie. Esse resultado aponta como os consumidores estão cada vez mais confiantes em realizar compras online, cenário bom para os negócios digitais e garante um maior crescimento para 2021.

É possível citar que temos uma avaliação muito positiva, e o e-commerce tem movimentando de modo geral a economia do país ao longo dessa pandemia. Durante o ano de 2020 vimos esse crescimento com os 75 clientes que a Enext possui, que cresceram em média 220% comparado ao ano passado. Para obter esse resultado os líderes digitais investiram e transformaram seus canais, que antes era apenas estratégico, em essencial para os consumidores. E aqueles e-commerces que antes já investiam completamente nas vendas digitais e na integração de canais, antes da crise, conseguiram se adaptar rapidamente e tiveram resultados repentinos no crescimento de suas vendas. Além disso, durante esse ano, a participação do e-commerce no Brasil chegou nos mesmo patamares de 10-12% das vendas totais do varejo em  em relação a mercados mais maduros na América do Norte, Europa e Ásia.

É possível ter essa projeção de crescimento mesmo com o mundo pós-pandemia. Uma breve análise feita na carteira de clientes da Enext é possível analisar que entre 25-35% dos consumidores nunca haviam realizado compras online, seja por falta de conhecimento do canal ou por falta de confiança. Após boas experiências de compra, esses consumidores não devem abandonar esse novo comportamento, pois as compras online são excelentes do ponto de vista de conveniência para o consumidor, elas reduzem o atrito e fazem com que os clientes economizem um recurso precioso: o tempo.

Para manter este crescimento é importante os negócios digitais manterem os investimentos nos canais para que a performance seja positiva. No Brasil, por mais que esteja em um ritmo acelerado neste quesito, existem ainda muitas dificuldades de expansão no comércio eletrônico do país que podem retardar um maior avanço no setor, são elas: deficiências logísticas, falta de mão de obra capacitada e solavancos econômicos.

O governo vem tentando privatizar os correios, e as grandes empresas de e-commerce estão se preparando para reduzir de forma significativa sua dependência da estatal. Cada dia que passa ela perderá mais valor até se tornar irrelevante. Por conta disso, existem muitas oportunidades para pequenas e médias empresas de logística e transporte de crescerem além de uma re-significação do ponto comercial. 

Outro fator é a falta de mão de obra qualificada. Em recente estudo da Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação), até 2024 a procura por profissionais de TI será de 420 mil pessoas, e o país historicamente forma poucos profissionais de tecnologia e ciências exatas. Podemos ter um apagão de conhecimento disponível e retardar o avanço da economia digital. 

Por fim, nossa trajetória econômica pode ajudar na desaceleração do crescimento. Apesar da baixa correlação vista até agora neste mercado, a manutenção de crescimentos consistentes por longos períodos também depende de fatores macroeconômicos.

* Gabriel Lima, CEO da Enext

Fonte: Motim.cc




Startup brasileira ganha prêmio WSA na categoria saúde e bem-estar

Eyer é um retinógrafo portátil, instrumento que permite a realização de exames oculares, de frente e fundo de olho.

Startup brasileira ganha prêmio WSA na categoria saúde e bem-estar

Dados em risco: como os aplicativos de espionagem atuam?

Consultor explica como as ferramentas invadem os dispositivos móveis e ensina o que fazer para aumentar a segurança dos aparelhos.

Dados em risco: como os aplicativos de espionagem atuam?

Posts patrocinados pelo Instagram cresceram quase 400% em 5 anos

Ferramenta conseguiu se consolidar como uma plataforma de marketing e vendas para além das fotos pessoais compartilhadas.

Posts patrocinados pelo Instagram cresceram quase 400% em 5 anos

Vantagens dos cartuchos de tinta HP

Os cartuchos de tinta HP são peças fundamentais para o bom funcionamento de sua impressora HP. Acesse e conheça as vantagens dele!


Novos termos de privacidade do WhatsApp desrespeitam a LGPD

Além de ferir a legislação, o aplicativo coloca em risco as informações pessoais dos usuários.

Novos termos de privacidade do WhatsApp desrespeitam a LGPD

Vazamento de dados em compras on-line: as causas mais comuns e como evitá-las

As quatro das principais formas de ter suas informações pessoais expostas no e-commerce e quais práticas podem diminuir esses incidentes.

Vazamento de dados em compras on-line: as causas mais comuns e como evitá-las

5 formas da sua empresa ser invadida e como se prevenir

Especialista chama a atenção para erros básicos que podem acontecer nas empresas, como a violação física de dados, e dá algumas dicas sobre como estar sempre alerta.

5 formas da sua empresa ser invadida e como se prevenir

As piores senhas do mundo que você nunca deve usar

Pelo quinto ano consecutivo, as senhas mais populares do mundo são “123456” e “password” (senha).

As piores senhas do mundo que você nunca deve usar

Tecnoestresse – como evitar o lado negativo do excesso de conectividade

O termo é entendido como o vínculo psicológico negativo entre as pessoas e a introdução de tecnologias.

Tecnoestresse – como evitar o lado negativo do excesso de conectividade

E-commerce deve fortalecer comércio exterior em 2021

Setor deve ter saldo positivo com produtos vendidos online.

E-commerce deve fortalecer comércio exterior em 2021

Como funcionam os algoritmos das redes sociais?

O que dá para saber sobre seu funcionamento é que são baseados em relacionamento, temporalidade e engajamento.

Como funcionam os algoritmos das redes sociais?

Brasil está entre os 30 países que pagam mais caro pela internet

País cobra cerca de R$113,70 pelo acesso à rede mundial de computadores.

Brasil está entre os 30 países que pagam mais caro pela internet