Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Confira essas dicas antes de se candidatar a um novo emprego

Confira essas dicas antes de se candidatar a um novo emprego

15/06/2019 Da Redação

Conseguir uma nova oportunidade de trabalho nem sempre é uma tarefa fácil, principalmente se a situação econômica do país não está muito boa, se você ficou fora do mercado de trabalho por muito tempo ou se não tem muita experiência (ou nenhuma experiência) na área.

Confira essas dicas antes de se candidatar a um novo emprego

Nos processos de seleção, as empresas levam em conta o currículo, as experiências, a formação, o nível de aptidão e a postura pessoal e a fala dos candidatos, dentre outros elementos.

Dentre esses requisitos, verificar perfis em redes sociais é um procedimento cada vez mais comum por parte de um número crescente de empresas. Esse é um “detalhe” que pode passar despercebido pela maioria das pessoas.

Nesse artigo, você vai entender como suas redes sociais têm impacto real na sua carreira e nos processos seletivos durante a busca por um emprego.

O impacto das redes sociais na seleção de candidatos

Que o mundo online já faz parte da vida cotidiana de grande parte das pessoas (só no Brasil, há mais de 138.4 milhões de usuários da internet) não é nenhuma novidade. E, desse mundo virtual, uma fatia imensa corresponde às redes sociais.

Plataformas como Facebook, Twitter, Youtube e Instagram (dentre outras ainda pouco usadas no Brasil, mas com públicos crescentes, como o VKontakte) fazem parte do dia a dia das pessoas.

O que grande parte dessas pessoas não percebe é que os registros das suas atividades na internet (quem você segue, o que você curte, suas fotos, suas opiniões políticas e pessoais, seu status de relacionamento, etc.) serve, muitas vezes, como base para uma empresa te contratar ou não.

As redes sociais “centralizam” suas informações e, por meio delas, é muito fácil traçar seu perfil social. E, acredite: o sim ou o não que você recebe em um processo seletivo provavelmente foi influenciado por aquilo que, por meio de pesquisas rápidas, pessoas responsáveis pelos setores de contratação viram sobre você na internet.

Limpe seus rastros nas redes sociais

Muitas empresas costumam fazer pesquisas sobre os candidatos antes de fechar uma contratação, e as mídias sociais podem ser um verdadeiro motivo para recusar a contratação de alguém.

Antes de começar sua busca por uma nova oportunidade de trabalho, remova o máximo de rastros das suas redes sociais, excluindo aquilo que você julgar inconveniente ou contraproducente para sua contratação.

Muitas pessoas reagem a esse conselho de modo negativo, achando que é exagero achar que nós vivemos em um mundo onde nossas ações são monitoradas até mesmo nas redes sociais, como se isso realmente influenciasse a decisão de uma empresa.

Mas, por mais distópico que isso pareça, a verdade é que, depois que algo cai na internet, é praticamente impossível reverter isso. Revise suas configurações de privacidade e, se você achar necessário, não publique determinadas informações na internet.

Como excluir suas redes sociais

A melhor dica, provavelmente (e a mais lógica), é a de simplesmente não manter informações pessoais na internet, nem mesmo perfis em redes sociais. Se você tem contas em redes sociais e acha desnecessário mantê-las, você pode excluir cada uma delas de acordo com as configurações próprias de cada rede social.

O Facebook possui uma opção para desativar sua conta pessoal, tornando-a “invisível” e inexistente em buscas na plataforma. Nas configurações do Twitter, também há uma opção semelhante – e o mesmo vale para o Instagram.

Se você quer deletar uma conta do Snapchat, basta clicar no seu bitmoji ou no seu nome, no canto superior esquerdo da tela, clicar nas configurações, selecionar a opção “accounts portal” e selecionar a opção para deletar sua conta.

Para outras redes sociais, é fácil achar tutoriais rápidos na internet sobre como excluir suas contas ou aumentar sua privacidade.

Uma dica importante é evitar invasões nas suas contas de redes sociais, que podem ser hackeadas e editadas por pessoas com intenções ruins. Há mecanismos como os provedores VPN que aumentam a criptografia da sua rede, tornando-a mais segura. Se você não sabe o que são esses aplicativos, clique aqui para saber o que é um VPN.

Se você não quer que alguém saiba, não faça

O conselho, aqui, poderia ser rescrito como “se você não quer que alguém saiba, não publique”. Mas não fazer é uma dica ainda melhor. O modo mais racional e inteligente de evitar constrangimentos não só virtuais, mas também reais, é tomando as atitudes certas.

Evitar reproduzir discursos de ódio e comportamentos considerados como preconceituosos (como cyberbullying, dentre outros) é a melhor forma de evitar incômodos – e até mesmo processos legais.

Pense sobre a imagem pessoal que você está deixando não só no mundo físico, mas nos ambientes virtuais. Reflita se esse é o tipo de perfil que você quer definir para si e, claro, para possíveis contratantes. Abra portas e construa pontes, ao invés de destruí-las – mesmo que online.



O estágio insere o jovem no mercado

A atividade proporciona o primeiro contato do estudante com o mundo corporativo.


4 dicas para alcançar a qualidade de vida no trabalho

Como alcançar a qualidade de vida exercendo suas funções cotidianas?

4 dicas para alcançar a qualidade de vida no trabalho

Ansiedade e Carreira: como lidar com as expectativas profissionais

Considerado um dos grandes vilões dos tempos modernos, a ansiedade vem cada vez mais assolando milhares e milhares de brasileiros.

Ansiedade e Carreira: como lidar com as expectativas profissionais

Minas Gerais se mantém como segundo estado a gerar mais empregos no país

Dados do Caged apontam que ritmo de recuperação de vagas de trabalho se mantém.

Minas Gerais se mantém como segundo estado a gerar mais empregos no país

A ansiedade e o trabalho

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que o Brasil vive uma epidemia de ansiedade.


Teste vocacional ajuda ou atrapalha?

Especialista em carreira oferece dicas para tomar a importante decisão pela escolha ou troca de profissão.


Taxa de desemprego do país recua e chega a 12% no trimestre

3,35 milhões de desempregados no país procuram trabalho há pelo menos dois anos.

Taxa de desemprego do país recua e chega a 12% no trimestre

Mercantil do Brasil está com 100 novas vagas de TI abertas em Belo Horizonte

Banco busca profissionais da área de tecnologia da informação.

Mercantil do Brasil está com 100 novas vagas de TI abertas em Belo Horizonte

Cresce trabalho com carteira assinada no 2º trimestre, aponta IBGE

Pnad Contínua mostrou que 24,1 milhões estão na informalidade.

Cresce trabalho com carteira assinada no 2º trimestre, aponta IBGE

Com investimento de mais de R$ 800 milhões, startups paranaenses geram 10 mil empregos

Levantamento inédito do Sebrae/PR, apresentado durante o Conecta, fez um mapeamento das 1032 startups no Estado.


Lojas do ItaúPower Shopping divulgam vagas de emprego

Veja as oportunidades disponíveis no site do mall.


Os Estados Unidos buscam brasileiros. Veja as áreas mais demandadas

Os EUA buscam talentos estrangeiros e os brasileiros possuem grandes chances de obterem o Green Card baseado em seu histórico profissional.

Os Estados Unidos buscam brasileiros. Veja as áreas mais demandadas