Portal O Debate
Grupo WhatsApp


Editar e criar vídeos pode ser sua próxima profissão

Editar e criar vídeos pode ser sua próxima profissão

10/07/2020 Divulgação

Foi-se o tempo que o YouTube era uma plataforma com conteúdos caseiros e sem grandes produções.

Editar e criar vídeos pode ser sua próxima profissão

Foto: Daria Shevtsova / Pexels

Hoje, a cada dia mais, é muito importante o youtuber saber editar e criar vídeos muito bem para alcançar o sucesso e chamar atenção dos usuários.

E esse crescimento do audiovisual no Brasil, com expectativas de movimentar valores próximos de US$ 45 bilhões nos próximos anos, segundo dados da PWC consultoria, e tendo quase de 2 bilhões de pessoas assistindo mensalmente conteúdos no YouTube, abre portas para profissionais que dominam a edição de vídeos, como um videomaker, por exemplo.

YouTube e novas redes sociais para quem quer criar vídeos

YouTube, Instagram, Twitter, Facebook, TikTok. Atualmente, o que temos disponíveis muitas plataformas tanto para quem deseja criar seus próprios vídeos, como para aqueles que querem atuar com a edição de conteúdo para agências e outros canais.

Atualmente, a produção audiovisual para essas redes é gigantesca e com nível cada vez mais alto, porém, aumentando, com isso, a concorrência.

O fenômeno TikTok, por exemplo, ultrapassou a assustadora marca de 750 milhões de downloads. Em seus curtos vídeos de 15 segundos, podemos encontrar milhares de conteúdos profissionais e postados de forma constantes, com edições, montagens e cortes que buscam elevar a experiência audiovisual dos seguidores que estão consumindo as produções.

Já no YouTube a concorrência e nível do que vemos são ainda maiores. É super comum encontrarmos agências como NWB, Warp Media, AGYT e Dia Estúdio gerenciando o conteúdo de diversos YouTubers, incluindo a missão de criar os vídeos.

A profissão videomaker

Desde o início do audiovisual, o videokmaker sempre existiu. Porém, com o avanço do mundo virtual, principalmente em relação à criação de vídeos, essa profissão acabou se tornando uma opção promissora e prospera para o futuro.

Esse profissional precisa estar envolvido em todas as etapas da produção. Tanto na pré, auxiliando no brainstorm e organização de conteúdo, na própria gravação, em relação às escolhas de câmeras, iluminação e locações, e principalmente na pós, onde a magia de editar os vídeos acontece.

Felizmente, com a crescente gigantesca dessa área, se tornou comum encontrar opções de cursos para se especializar como videomaker. Instituições de Senac, Impacta BelasArtes, AiCinema e outras oferecem conteúdos de muita qualidade e que deixam o profissional bem preparado para esse mercado.

Como dito por André Ferreira, professor e Mestre em Comunicação Multimídia da UNAMA, o videomaker é um tipo de “Faz Tudo. Que roteiriza, capta vídeo e áudio, decupa, edita”.

Atualmente, quem deseja iniciar a trajetória na edição de vídeos, trabalhando por trás das câmeras, consegue ganhar um salário médio de R$1500 a R$3000, podendo chegar, até mesmo, R$6000.

O mercado do futuro para editor de vídeos

O responsável por editar vídeos pode seguir muitos caminhos dentro da sua profissão. Grande parte deles acaba seguindo uma vida como freelancer ou autônomo, vendendo seus trabalhos para as agências ou clientes de forma individual.

Além disso, também existem aquelas que criam os conteúdos, sendo o protagonista das suas redes sociais ou canal no YouTube. Porém, também acabam trabalhando por trás das câmeras, sendo o “faz tudo” dentro da sua produção. Isso é bastante comum entre quem está iniciando na área, e não possui verbas ou grandes investimentos para serem feitos em agências que, de fato, a criação de vídeos.

Segundo o site Proddigital, a edição de vídeo é uma chance única aos que desejam um novo tipo de empreendimento na internet, já que existem diversas áreas e opções para serem exploradas.

Os melhores softwares

O grande aliado de quem edita e cria vídeos são os softwares. Esses editores tentam apresentar todas as ferramentas possíveis para o profissional conseguir fazer seu trabalho de edição, sem precisar sofrer e ficar horas e horas cortando e adaptando os conteúdos audiovisuais.

Felizmente, não é muito difícil encontrar um bom editor de vídeo online e gratuito. Obviamente, as opções pagas oferecem mais recursos e são investimentos bem validos. Porém, também temos algumas opções que você não irá precisar desembolsar nada e pode ser uma saída interessante, principalmente para os iniciantes nessa área.

Wondershare Filmora9

E nossa dica não poderia ser diferente se não o Filmora. Totalmente em português e funcionando para Windows e MAC, o software é uma opção bem interessante para quem busca um editor de vídeos fácil, mas ao mesmo tempo bem completo.

Ele suporta mais de 50 formatos e chega a quase 500 opções de efeitos visuais para suas produções. Sua utilização é recomendada para quem está iniciando na profissão, de forma caseira e conteúdos menores. Já profissionais podem achar a plataforma um pouco limitada.

Talvez o maior benefício do editor de vídeos Filmora é sua facilidade visual. Em poucos minutos você já estará habituado ao layout e saberá exatamente quando e como fazer as ações necessárias para sua criação.

Para baixar o Filmora, acesse aqui.

Adobe Premiere Pro

Do outro lado, para quem quer uma opção um pouco mais ampla do que o ótimo Filmora, temos o famoso Adobe Premiere.

Esse talvez seja o Software mais utilizado por quem é profissional em criar vídeos. Sendo compatível como Windows e MAC, ele acaba sendo uma opção completa, segura e agradável tanto para agências, como para freelancers e autônomos.

O Adobe Premiere tem como uma das suas principais qualidades a quantidade de opções e recursos exclusivos em sua plataforma. Além disso, assim como Filmora, sua interface é bastante simples, e em pouco tempo o usuário já saberá onde encontrar o elemento que precisa.

O futuro chegou para as profissões também. O criador e editor que vídeo, uma atuação antes vista como um seguimento nichado e somente para produções específicas do audiovisual, hoje já é enxergado quase como que primordial para a identidade visual de qualquer empresa dentro da internet e, principalmente, nas redes sociais.



Saldo de empregos nas MPE mineiras é o pior dos últimos 10 anos

Segmento encerrou mais de 75 mil postos de trabalho nos seis primeiros meses de 2020.

Saldo de empregos nas MPE mineiras é o pior dos últimos 10 anos

Empresa de tecnologia financeira abre vagas de emprego em Minas Gerais

Stone retoma busca de talentos para integrar o time comercial na cidade de Uberaba.


Carreira: subir não é a única opção

Carreira é como uma "jornada" metafórica de um indivíduo através da aprendizagem.

Carreira: subir não é a única opção

Pandemia vem mudando a forma das empresas contratarem

Situação de distanciamento social causada pela pandemia de covid-19 exige que profissionais que buscam recolocação estejam preparados para entrevistas online.

Pandemia vem mudando a forma das empresas contratarem

Hospitais de BH e de Barbacena abrem vagas para médicos

Chamamento emergencial é para contratação imediata.


Ambev abre programa para recrutar mais de 80 estagiários negros

O programa de estágio Representa, focado na inclusão de universitários negros, vai acontecer em todas as regiões do Brasil.

Ambev abre programa para recrutar mais de 80 estagiários negros

Crise leva 25% dos pequenos negócios mineiros a demitirem

Pesquisas mostram as consequências provocadas pelo isolamento social e fechamento do comércio em Minas Gerais.

Crise leva 25% dos pequenos negócios mineiros a demitirem

Junho registra mais de 653 mil pedidos de seguro-desemprego

Resultado representa queda de 32% na comparação com maio.

Junho registra mais de 653 mil pedidos de seguro-desemprego

Qual importância de um currículo?

Currículo é sua porta de entrada no mercado de trabalho, não deixe para se lembrar dele apenas quando precisar.

Qual importância de um currículo?

Seis tendências para profissões do futuro

Pesquisa aponta que mercado de trabalho exigirá pessoas com alto grau de formação.

Seis tendências para profissões do futuro

Sebraetec lança editais para contratação de prestadores de serviços em tecnologia

Atualmente o Sistema Sebrae conta com cerca de 2.100 empresas especializadas em atuação, mas o objetivo é ampliar esse número nos próximos meses.


Fonte solar já gerou mais de 37 mil empregos no Brasil em 2020

De janeiro a maio, o setor adicionou 1236,6 megawatts (MW) em capacidade instalada, um crescimento de 27,3% frente ao consolidado até 2019.

Fonte solar já gerou mais de 37 mil empregos no Brasil em 2020