Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Antes inimigos declarados, bancos começam a flertar com o Bitcoin

Antes inimigos declarados, bancos começam a flertar com o Bitcoin

19/01/2021 William Ribeiro

Estamos vivenciando um momento único na humanidade e também na história do Bitcoin.

Não bastaram os volumes gigantescos de dinheiro aplicados nas economias dos países para o combate ao Coronavirus.

Agora em 2021, o presidente eleito Americano, Joe Biden, anunciou um pacote adicional de estímulos de 1,9 trilhão de dólares. Para se ter uma ideia deste patamar, tratam-se de valores equivalentes a todo PIB do Brasil em 2018.

Antes inimigos declarados dos criptoativos, investidores institucionais (incluindo os bancos) cada vez mais vêm flertando com o Bitcoin.

Por exemplo, no dia em que escrevo, o fundo Grayscale Bitcoin Trust chegou a comprar praticamente 200% mais Bitcoins (2612 BTC) que toda a rede foi capaz de minerar em 24 horas (900 BTC).

Bitcoin é um ativo fantástico, com escassez genuína e transparente. Do outro lado da (cripto)moeda, trata-se de um extraordinário experimento monetário – de enorme sucesso até aqui, é importante ressaltar.

Antes de investir em Bitcoin, é fundamental que o investidor possua conhecimento sobre os riscos (possuímos uma série completa em nosso canal Dinheiro Com Você no Youtube) e pensamento de longo prazo.

Como estratégia de investimento, é importante relativizar o timming de entrada, fazendo aportes pequenos e constantes. Apostar nesta criptomoeda não deveria se traduzir em depender totalmente de seu sucesso.

Como regra geral dos investimentos, a diversificação nos salva quando estamos errados a respeito de qualquer tipo de investimento.

Mas será que o Bitcoin vai dar certo? Como moeda confiável, pública e rastreável, o Bitcoin já provou o seu valor.

Mas daí o investidor ganhar dinheiro com isso, convertendo seus Bitcoins para uma moeda fiduciária como Reais ou dólares… Aí ninguém pode prever.

Até por isto é recomendado prudência ao investir. Do outro lado, conheço gente que até hoje está reclamando, dizendo que “vai esperar cair pra comprar”, desde quando um Bitcoin valia 30 mil reais.

Para quem acredita, é importante estar no jogo, mas com a sensatez de não arriscar todo o patrimônio de uma vida em qualquer ativo que seja.

Quem viver verá. De qualquer forma, não é fascinante estarmos vivendo esta revolução, de um dinheiro não emitido por qualquer banco central, mas ainda assim (até mais) confiável?

* William Ribeiro é Educador Financeiro do Dinheiro Com Você.

Fonte: CM Comunicação



LGPD: é fundamental tratar do sincronismo de dados entre todas as aplicações

Se um cliente solicita alteração nos dados cadastrais ou pede a sua exclusão da base de dados que a empresa possui, o que fazer para garantir que isso ocorra em todos os sistemas e banco de dados que possuem os dados deste cliente ao mesmo tempo e com total segurança?


As gavetas que distorcem a vida política do país

Finalmente, está marcada para terça-feira (30/11), na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, a sabatina do jurista André Mendonça, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar a vaga decorrente da aposentadoria do ministro Marco Aurélio, no Supremo Tribunal Federal.


O novo normal e a justiça!

Não restam dúvidas que o avanço tecnológico veio para melhorar e facilitar a vida das pessoas.


Repousar de fadigas, livrar-se de preocupações

O dicionário diz que descansar é repousar de fadigas, livrar-se de preocupações.


O fim da violência contra a mulher é causa de direitos humanos

O dia 25 de novembro marca a data internacional da não-violência contra as mulheres.


A primeira romaria do ano em Portugal

A 10 de Janeiro – ou domingo mais próximo dessa data, dia do falecimento de S. Gonçalo, realiza-se festa rija em Vila Nova de Gaia.


Medicina Preventiva x Medicina Curativa

A medicina curativa domina o setor de saúde e farmacêutico. Mas existe outro tipo de cuidado em crescimento, chamado de Medicina Personalizada.


A importância da inovação em programas de treinamento e desenvolvimento

O desenvolvimento de pessoas em um ambiente corporativo é um grande desafio para gestores de recursos humanos, principalmente para os que buscam o melhor aproveitamento das habilidades de um time através do autoconhecimento.


Por que o 13º salário gera “confiança” nos brasileiros?

O fim do ano está chegando, mas antes de pensar no Natal as pessoas já estão de olho no 13º salário.


O gênero “neutro” ou a “neutralização” de gênero

Tenho visto algumas matérias sobre a “neutralização” do gênero na língua portuguesa, no Brasil, algumas contra e algumas a favor. Digo no Brasil, porque em Portugal não vejo isto.


O poder da gentileza

O mês de novembro traz uma comemoração muito especial e essencial para estes tempos pandêmicos e de tanta polarização política: o Dia da Gentileza.


Branco no preto

As pessoas pretas no Brasil vivem pior do que as pessoas brancas, independentemente de qualquer situação.