Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Antes inimigos declarados, bancos começam a flertar com o Bitcoin

Antes inimigos declarados, bancos começam a flertar com o Bitcoin

19/01/2021 William Ribeiro

Estamos vivenciando um momento único na humanidade e também na história do Bitcoin.

Não bastaram os volumes gigantescos de dinheiro aplicados nas economias dos países para o combate ao Coronavirus.

Agora em 2021, o presidente eleito Americano, Joe Biden, anunciou um pacote adicional de estímulos de 1,9 trilhão de dólares. Para se ter uma ideia deste patamar, tratam-se de valores equivalentes a todo PIB do Brasil em 2018.

Antes inimigos declarados dos criptoativos, investidores institucionais (incluindo os bancos) cada vez mais vêm flertando com o Bitcoin.

Por exemplo, no dia em que escrevo, o fundo Grayscale Bitcoin Trust chegou a comprar praticamente 200% mais Bitcoins (2612 BTC) que toda a rede foi capaz de minerar em 24 horas (900 BTC).

Bitcoin é um ativo fantástico, com escassez genuína e transparente. Do outro lado da (cripto)moeda, trata-se de um extraordinário experimento monetário – de enorme sucesso até aqui, é importante ressaltar.

Antes de investir em Bitcoin, é fundamental que o investidor possua conhecimento sobre os riscos (possuímos uma série completa em nosso canal Dinheiro Com Você no Youtube) e pensamento de longo prazo.

Como estratégia de investimento, é importante relativizar o timming de entrada, fazendo aportes pequenos e constantes. Apostar nesta criptomoeda não deveria se traduzir em depender totalmente de seu sucesso.

Como regra geral dos investimentos, a diversificação nos salva quando estamos errados a respeito de qualquer tipo de investimento.

Mas será que o Bitcoin vai dar certo? Como moeda confiável, pública e rastreável, o Bitcoin já provou o seu valor.

Mas daí o investidor ganhar dinheiro com isso, convertendo seus Bitcoins para uma moeda fiduciária como Reais ou dólares… Aí ninguém pode prever.

Até por isto é recomendado prudência ao investir. Do outro lado, conheço gente que até hoje está reclamando, dizendo que “vai esperar cair pra comprar”, desde quando um Bitcoin valia 30 mil reais.

Para quem acredita, é importante estar no jogo, mas com a sensatez de não arriscar todo o patrimônio de uma vida em qualquer ativo que seja.

Quem viver verá. De qualquer forma, não é fascinante estarmos vivendo esta revolução, de um dinheiro não emitido por qualquer banco central, mas ainda assim (até mais) confiável?

* William Ribeiro é Educador Financeiro do Dinheiro Com Você.

Fonte: CM Comunicação



A tragédia já foi. E agora?

Impossível não se sensibilizar e chocar com a situação do Rio Grande do Sul, atingido por chuvas sem precedentes que causaram inundações em grande parte do estado, da capital ao interior.

Autor: Janguiê Diniz


O preconceito que condena

O programa Fantástico da Rede Globo trouxe mais uma história de injustiça cometida pelo Poder Judiciário brasileiro contra um jovem preto e periférico.

Autor: Marcelo Aith


O risco de politização da tragédia no RS

O Brasil todo tem assistido, consternado, ao desastre ambiental que se abateu sobre o Rio Grande do Sul nos últimos dias.

Autor: Wilson Pedroso


Cavalo Caramelo e quando a água baixar

O final de Abril e o começo de Maio foram marcados pelo pior desastre ecológico da história do Rio Grande do Sul, com inundações, mortes e milhares de desabrigados e de pessoas ilhadas.

Autor: Marco Antonio Spinelli

Cavalo Caramelo e quando a água baixar

O fim da reeleição de governantes

Está tramitando pelo Congresso Nacional mais um projeto que revoga a reeleição de Presidente da República, Governador de Estado e Prefeito Municipal.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


PEC das drogas

O que esperar com a sua aprovação?

Autor: Marcelo Aith


PEC do Quinquênio simboliza a metástase dos privilégios no Brasil

Aprovar a PEC significará premiar, sem justificativa plausível, uma determinada categoria.

Autor: Samuel Hanan


O jovem e o voto

Encerrou-se no dia 8 de maio o prazo para que jovens de 16 e 17 anos pudessem se habilitar como eleitores para as eleições municipais deste ano.

Autor: Daniel Medeiros


Um mundo fragmentado

Em fevereiro deste ano completaram-se dois anos desde a invasão russa à Ucrânia.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Leitores em extinção

Ontem, finalmente, tive um dia inteiro de atendimento on-line, na minha casa.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Solidariedade: a Luz de uma tragédia

Todos nós, ou melhor dizendo, a grande maioria de nós, está muito sensibilizado com o que está sendo vivido pela população do Rio Grande do Sul.

Autor: Renata Nascimento


Os fios da liberdade e o resistir da vida

A inferioridade do racismo é observada até nos comentários sobre os cabelos.

Autor: Livia Marques