Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Fé, Otimismo, Covid-19 e a Educação a Distância

Fé, Otimismo, Covid-19 e a Educação a Distância

01/03/2021 Bady Curi Neto

Tenho por hábito escrever artigos para diversos periódicos do país, seja da web ou de folhas, motivado por uma indignação jurídica (crítica ou não) sobre determinado tema ou decisão judicial.

Como Advogado, ex-juiz do TRE/MG., Professor de Graduação, Pós-graduação, Mestre em Instituições Sociais, Direito e Democracia, confesso, de público, que minha inclinação é voltada para textos de Direito, já que matéria que “convivo” diuturnamente por mais da metade dos meus 52 anos de idade.

Desta feita, eu me permiti arriscar falar um pouco sobre a vida, otimismo, e a crise da Covid-19, com reflexos no campo educacional dos cursos superiores, no intuito de passar uma mensagem daquilo que acredito, consubstanciado na fé em Cristo e na minha experiência empírica.

Todos nós, ao depararmos diante de determinado problema, seja de ordem profissional, pessoal, familiar, saúde, entre outros, na maioria das vezes nos perguntamos: Esta carga não está pesada demais para mim? Sem procurarmos a resposta ou a direção para aliviar o fardo, voltamos nossos olhos para Cristo em busca, apenas, de pôr termo às dificuldades apresentadas.

E não há nada de errado suplicarmos a providência divina, ao contrário louvável é a fé. Porém, em vez de assentarmos queixosos com as perturbações, procurando um escudo divino, não deveríamos voltar para o Altíssimo em busca de luz para apontar o trajeto na superação daquela dificuldade?

Pergunto: Existe chegada sem um caminho que a preceda? Há como contemplarmos o amanhecer sem passar pela noite?

A estas e outras interrogações respondo, no meu sentir, com a linguagem poética de Adoniram Barbosa, Deus dá o frio conforme o cobertor, e, complemento com linguagem cristã “Faça sua parte, que Eu te ajudarei”.

Todas as dores e problemas que a vida nos apresenta servem como lições. Amigos podem solidarizar, mas a vivência é sua, o frio lhe pertence, confeccione o seu próprio cobertor.

Busquem em Deus a força para o trabalho, o caminho para a solução, o remédio para a cura, mas nunca, o trabalho sem força, a solução sem esforço e a cura sem o remédio. O Pai tem o dever de ensinar ao filho, esse, o dever de passar pelo aprendizado.

Inicio com palavras de Fé, pois como dito no preâmbulo, falarei daquilo que acredito, consubstanciado na fé em Cristo e na minha experiência empírica.

Outro ponto que gostaria de ressaltar é sobre a crise ora vivenciada pela pandemia, o nefasto COVID-19, com desdobramento em todas as áreas, financeira, educacional, social, afetiva e educacional.

Este problema é real, está presente. Existem duas formas de encararmos, com responsabilidade e otimismo ou com irresponsabilidade.

No campo educacional, no qual milito como professor, poder-se-ia dizer, em uma visão rasa, superficial e, até mesmo, estatística que o estudo a distância elevou as notas dos alunos, refletindo um melhor aprendizado.

Infelizmente, não é isto que tem ocorrido. Os alunos têm aproveitado da falta de fiscalização, com raras e responsáveis exceções, para ligarem seu computador e ausentarem da “sala” de aula, sabedores da facilidade das “colas” nas provas, já que é impossível a presença física do professor. Passam de ano, mas não absorvem o conteúdo lecionado.

Para estes, digo que não estão trilhando o caminho do aprendizado, mas buscando a solução momentânea do passar de ano. Replico a 1ª e a 8ª lição do fundador da Microsoft, Bill Gates, em uma palestra na University of Southern California;

1ª - A vida não é fácil. Acostume-se com isto.

8ª - Sua escola pode ter criado trabalhos em grupo para melhorar suas notas e eliminar a distinção entre vencedores e perdedores, mas a vida não é assim.

Em algumas escolas você não repete mais de um ano e tem quantas chances precisar até acertar. Isto não se parece absolutamente nada com a vida real. Se pisar na bola está despedido… RUA! Faça certo da primeira vez.

Não tenho a pretensão de dar lição de moral a quem quer que seja, até mesmo porque no ímpeto da minha juventude poderia estar cometendo os mesmos erros.

Todavia, com a maturidade que os cabelos brancos revelam, chamo a atenção que notas nem sempre são sinônimos de aprendizado, o boletim de hoje poderá resultar na frustração profissional de amanhã.

Para que o artigo não se torne enfadonho em demasia, termino dizendo que todos os problemas passarão, sejamos otimistas.

O otimista é aquela pessoa que se revela confiante, esperançosa e positiva. O otimismo eleva a autoestima permitindo sermos mais felizes e alegres.

Winston Churchill, famoso estadista britânico, 1874-1965, certa feita disse, “O pessimista vê dificuldade em cada oportunidade; o otimista vê oportunidade em cada dificuldade.”

Por fim, plagiando provérbio indígena. “Dentro de mim, existem dois lobos: O lobo otimista e o lobo pessimista. Existe uma disputa entre ambos. Qual vencerá? O que eu mais alimento”.

* Bady Curi Neto é advogado fundador do Escritório Bady Curi Advocacia Empresarial, ex-juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) e professor universitário.

Para adquirir LIVROS clique aqui…

Fonte: Naves Coelho Comunicação



Nexialista: o profissional plural do futuro ou de hoje?

Que o mercado de trabalho tem se transformado de forma cada vez mais acelerada, e o nível de exigência por profissionais talentosos é crescente dentro das empresas, todo mundo já sabe; não é verdade?


Onde a geração Z investe

O último Anuário de Retorno de Investimentos Globais do Credit Suisse, entre outras coisas, apresenta um raio-x de alternativas de financiamento para a Geração Z, aqueles que nasceram entre 1995 e 2000.


A CPI pariu um rato

Fosse hoje vivo, é o que Horácio, o pensador satírico romano diria sobre a CPI da Covid.


Como identificar um ingresso falso?

Com recorrência vemos reportagens abordando diferentes fraudes e golpes que aparecem no mercado.


A primeira visita de D. Pedro a Vítor Hugo

O livro: "Vitor Hugo chez lui", inclui a curiosa visita, realizada pelo Imperador, a 22 de Maio de 1877, ao célebre poeta.


São Frei Galvão, ‘Homem de paz e caridade’

A Igreja celebra, em 25 de outubro, a Festa de Santo Antônio de Sant’Anna Galvão, que na devoção popular é conhecido como “São Frei Galvão”.


CPI da Covid desviou-se e não sabe como terminar

Chegamos ao cume da montanha de inconveniências que povoam o cenário contemporâneo da política brasileira.


Sentimentos e emoções provocadas pela série “ROUND 6”

Nas últimas semanas estamos vivenciando uma série de críticas, comentários, “spoilers” e reflexões sobre a série sul-coreana de maior sucesso da plataforma Netflix: “Squid Game” ou “Round 6”.


Perdas e ganhos dos médicos “filhos” da pandemia

A maioria das situações com as quais nos deparamos na vida tem dois lados. Ou, até, mais de dois.


Defensoria Pública da União x Conselho Federal de Medicina

A Defensoria Pública da União (DPU) ajuizou Ação Civil Pública contra o Conselho Federal de Medicina (CFM), objetivando a condenação por danos morais coletivos no importe, pasmem senhores leitores, não inferior a R$ 60.000.000.00 (sessenta milhões de reais).


Diálogo em vez de justiça

Viver felizes para sempre parece ser um privilégio exclusivo dos casais formados nos contos de fadas.


Salvar a dignidade também é salvar a vida

Quando recebemos o diagnóstico de uma doença grave, crônica ou que ameace a vida, muita coisa muda.