Portal O Debate
Grupo WhatsApp

O Dia do Orador

O Dia do Orador

12/01/2021 Sirley Machado Maciel

As regras de ouro para oradores.

O dia do orador é comemorado no dia 27 de janeiro. Um mês muito especial, pois ele abre o ano com uma grande festa: Dia da Confraternização Universal e comporta várias temáticas em seu percurso, tais como a paz, a luta contra o preconceito, saúde e cultura.

Nas pesquisas realizadas, não identificamos quem estabeleceu esse dia e nem o porquê de consagrarem um dia para o orador. Mas, conhecemos vastamente a importância desse papel pessoal, social e profissional na vida das pessoas.

O Dia do Orador tem como objetivo prestar uma homenagem para todas as pessoas que se utilizam da arte de falar em público, da retórica e da eloquência como recursos para suas atividades pessoais, sociais e profissionais. Mas, quem são esses profissionais? Onde estão essas pessoas? Quem são os Oradores?

Atualmente, não existem oradores profissionais, mas, sim, profissionais oradores. Uma boa oratória, hoje, é uma exigência para todas as atividades humanas.

Portanto, se você é um profissional que almeja desenvolver um diferencial competitivo, precisará treinar a sua oratória. Você tem medo ou dificuldades para falar em público?

Você não está sozinho! A grande maioria das pessoas tem medos ou dificuldades para falar em público. O importante, nesse quesito, não é a constatação, mas sim, a busca pelas soluções adequadas ao seu caso.

São duas as questões que precisam ser avaliadas: Seus medos e dificuldades são motivados por falta de conhecimento e de experiências?

Então você precisa investir em seu autodesenvolvimento. Procure cursos apropriados, com profissionais preparados, com métodos eficientes e comprovados. E depois, parta para ação!

Seus medos e dificuldades estão no campo dos bloqueios e traumas? Então, nesse caso, você precisa aliar um treinamento eficiente, assertivo de oratória com um processo terapêutico.

Onde você poderá compreender e ressignificar suas histórias compreendendo a origem dos bloqueios e traumas. Efetivamente, você precisa cortar o mal pela raiz.

Dicas de ouro para os oradores

Podemos relacionar 06 dicas de ouro para você se destacar na oratória:

- Invista em você – conheça suas habilidades, potencialidades e fraquezas. Invista em suas habilidades e enfrente suas fraquezas com determinação e responsabilidade;

- Ame o conhecimento – o (a) orador (a) é um (a) amante do conhecimento, adora estudar, ler e aprender. Mesmo assim, você não sabe de tudo; portanto, aprenda a pesquisar os conteúdos, assuntos e temas com os quais você vai se apresentar;

- Aprenda a organizar, planejar e estruturar seu discurso com lógica, objetividade, coerência e criatividade;

- Conheça e aplique as técnicas de comunicação não verbal, através dos seus gestos, posturas, movimentação, expressões faciais e micro expressões. O corpo fala e você precisa dominar essa linguagem;

- Conheça, treine e exercite a sua voz. Não existe voz feia e inadequada; existe é voz destreinada. É fundamental um treinamento vocal para passar confiança e credibilidade na voz;

- Conheça os recursos, as técnicas e as ferramentas que tornam sua comunicação mais dinâmica, criativa e assertiva. Entre estas, destacamos: recursos visuais e audiovisuais, contação de história ou storytelling.

Sabemos que você, orador, está em todos os lugares onde existam pessoas necessitando de um conhecimento, uma informação, uma palavra de apoio e um sorriso amigo, um atendimento e acolhimento solidário.

Seu papel na sociedade é fundamental, você transforma vidas e pode transformar o mundo. Parabéns pelo seu dia e parabéns pela sua dedicação, empenho e desejo de fazer a diferença onde você estiver.

Afinal, o sucesso da oratória exige 10% de inspiração e 90% de transpiração.

* Sirley Machado Maciel é empresária, Presidente do Intrepeds - Instituto de Pesquisa, Treinamento e Desenvolvimento do Ser.

Fonte: Toda Comunicação



A violência e o exemplo dos parlamentos

O péssimo exemplo que os políticos, em geral, dão nos parlamentos, insultando, ridicularizando os antagonistas, leva, por certo, a população a comportar-se de modo semelhante.


Brasileiro residente no exterior, por que fazer um planejamento previdenciário?

É muito comum no processo emigratório para o exterior ter empolgação e expectativas sobre tudo o que virá nessa nova fase da vida.


LGPD: é fundamental tratar do sincronismo de dados entre todas as aplicações

Se um cliente solicita alteração nos dados cadastrais ou pede a sua exclusão da base de dados que a empresa possui, o que fazer para garantir que isso ocorra em todos os sistemas e banco de dados que possuem os dados deste cliente ao mesmo tempo e com total segurança?


As gavetas que distorcem a vida política do país

Finalmente, está marcada para terça-feira (30/11), na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, a sabatina do jurista André Mendonça, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar a vaga decorrente da aposentadoria do ministro Marco Aurélio, no Supremo Tribunal Federal.


O novo normal e a justiça!

Não restam dúvidas que o avanço tecnológico veio para melhorar e facilitar a vida das pessoas.


Repousar de fadigas, livrar-se de preocupações

O dicionário diz que descansar é repousar de fadigas, livrar-se de preocupações.


O fim da violência contra a mulher é causa de direitos humanos

O dia 25 de novembro marca a data internacional da não-violência contra as mulheres.


A primeira romaria do ano em Portugal

A 10 de Janeiro – ou domingo mais próximo dessa data, dia do falecimento de S. Gonçalo, realiza-se festa rija em Vila Nova de Gaia.


Medicina Preventiva x Medicina Curativa

A medicina curativa domina o setor de saúde e farmacêutico. Mas existe outro tipo de cuidado em crescimento, chamado de Medicina Personalizada.


A importância da inovação em programas de treinamento e desenvolvimento

O desenvolvimento de pessoas em um ambiente corporativo é um grande desafio para gestores de recursos humanos, principalmente para os que buscam o melhor aproveitamento das habilidades de um time através do autoconhecimento.


Por que o 13º salário gera “confiança” nos brasileiros?

O fim do ano está chegando, mas antes de pensar no Natal as pessoas já estão de olho no 13º salário.


O gênero “neutro” ou a “neutralização” de gênero

Tenho visto algumas matérias sobre a “neutralização” do gênero na língua portuguesa, no Brasil, algumas contra e algumas a favor. Digo no Brasil, porque em Portugal não vejo isto.