Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Por que os ERPs não calculam a margem de contribuição?

Por que os ERPs não calculam a margem de contribuição?

19/12/2020 Lucas Martins da Costa Moreira

A discussão é longa e dificilmente trazida à tona pelas fabricantes dos sistemas de gestão integrado (os famosos “ERPs – Enterprise Resource Planning”).

Já os profissionais de Controladoria e Finanças convivem com essa situação há anos.

Mas ninguém de fato ataca o problema: Como obter a margem de contribuição se os ERPs não separam o custo médio dos estoques entre fixo e variável?

Para uma análise efetiva da questão, precisamos separar os ERPs nacionais (Totvs, Senior, Sankhya, etc) dos ERPs globais (SAP, Oracle, Dynamics, ETC).

No caso específico do SAP, é possível medir a margem de contribuição, desde que sejam configurados os elementos de custo.

Fazendo isso, o software alemão passa a “rolar os estoques” separadamente entre fixo e variável, de tal forma que a equação Saldo Final = Saldo Inicial + Entradas – Saídas é armazenada não apenas por produto, mas também por “elementos de custo”.

Já no caso do ERP nacional líder de mercado, para obtenção da margem de contribuição, é imprescindível implantar a funcionalidade de “custo por partes”, ainda pouco difundida no mercado.

Assim, buscando alternativas viáveis, enumeramos 3 motivos para obter de maneira rápida a margem de contribuição dos produtos industrializados.

Motivo 01: O foco do ERP é a contabilidade societária-fiscal (e não gerencial).

Muito embora desde em 2008 ter havido uma aproximação da tríade societário-fiscal-gerencial, os sistemas de gestão atendem primeiro aos aspectos fiscais.

Como a margem de contribuição é uma demanda gerencial, as implementações de ERP ignoram esta funcionalidade, focando única e exclusivamente nas necessidades legais.

Motivo 02: Mesmo sabendo que o “diabo mora nos detalhes, o molho não pode nunca ser mais caro que o peixe”.

Dilema muito comum na área de Tecnologia da Informação, o custo de obter uma informação não pode ser mais caro do que seu benefício, principalmente, financeiro.

A medição da margem de contribuição analítica, por produto, por cliente, por nota fiscal, etc, não é tarefa simples, e justamente por isso, o mercado não paga o preço para obter a informação.

Motivo 03: Cultura empresarial

Se por um lado já temos tecnologias de BIG DATA que, agregadas ao ERP, podem calcular facilmente a margem de contribuição, por outro, esbarramos na completa ingerência de algumas indústrias que simplesmente ignoram ou menosprezam a margem de contribuição.

Nestes casos, só há uma alternativa: agregar aos softwares toda uma metodologia e know how técnico com consultores capacitados, que entendendo as dores de cada cliente, apontam aos gestores e acionistas os melhores caminhos a seguir.

* Lucas Martins da Costa Moreira é professor universitário e CEO da BSuite, plataforma de inteligência de negócios em nuvem, que permite integração ao ERP, permitindo o cálculo da margem de contribuição por produto, cliente, região e representante de vendas.

Fonte: Vervi Assessoria



A tragédia já foi. E agora?

Impossível não se sensibilizar e chocar com a situação do Rio Grande do Sul, atingido por chuvas sem precedentes que causaram inundações em grande parte do estado, da capital ao interior.

Autor: Janguiê Diniz


O preconceito que condena

O programa Fantástico da Rede Globo trouxe mais uma história de injustiça cometida pelo Poder Judiciário brasileiro contra um jovem preto e periférico.

Autor: Marcelo Aith


O risco de politização da tragédia no RS

O Brasil todo tem assistido, consternado, ao desastre ambiental que se abateu sobre o Rio Grande do Sul nos últimos dias.

Autor: Wilson Pedroso


Cavalo Caramelo e quando a água baixar

O final de Abril e o começo de Maio foram marcados pelo pior desastre ecológico da história do Rio Grande do Sul, com inundações, mortes e milhares de desabrigados e de pessoas ilhadas.

Autor: Marco Antonio Spinelli

Cavalo Caramelo e quando a água baixar

O fim da reeleição de governantes

Está tramitando pelo Congresso Nacional mais um projeto que revoga a reeleição de Presidente da República, Governador de Estado e Prefeito Municipal.

Autor: Tenente Dirceu Cardoso Gonçalves


PEC das drogas

O que esperar com a sua aprovação?

Autor: Marcelo Aith


PEC do Quinquênio simboliza a metástase dos privilégios no Brasil

Aprovar a PEC significará premiar, sem justificativa plausível, uma determinada categoria.

Autor: Samuel Hanan


O jovem e o voto

Encerrou-se no dia 8 de maio o prazo para que jovens de 16 e 17 anos pudessem se habilitar como eleitores para as eleições municipais deste ano.

Autor: Daniel Medeiros


Um mundo fragmentado

Em fevereiro deste ano completaram-se dois anos desde a invasão russa à Ucrânia.

Autor: João Alfredo Lopes Nyegray


Leitores em extinção

Ontem, finalmente, tive um dia inteiro de atendimento on-line, na minha casa.

Autor: Marco Antonio Spinelli


Solidariedade: a Luz de uma tragédia

Todos nós, ou melhor dizendo, a grande maioria de nós, está muito sensibilizado com o que está sendo vivido pela população do Rio Grande do Sul.

Autor: Renata Nascimento


Os fios da liberdade e o resistir da vida

A inferioridade do racismo é observada até nos comentários sobre os cabelos.

Autor: Livia Marques