Portal O Debate
Grupo WhatsApp


7 dicas para administrar o tempo no dia a dia

7 dicas para administrar o tempo no dia a dia

16/08/2016 Jaques Grinberg

Quantas coisas legais deixamos de fazer por falta de tempo? Mas falta tempo ou desperdiçamos tempo?

7 dicas para administrar o tempo no dia a dia

Tem dias que esquecemos de ligar para um amigo e dar parabéns pelo seu aniversário por falta de tempo, mas durante o dia corrido acessamos os e-mails, redes sociais e o WhatsApp várias vezes. Faltou tempo para ligar para o amigo ou não era prioridade?

1ª Planeje o amanhã.

Antes de dormir, escreva o seu planejamento do dia seguinte. Preferencialmente como uma agenda, hora por hora.

2ª Deixe o celular no modo silencioso.

Durante uma aula, trabalho ou um compromisso importante, deixe o celular desligado ou no modo silencioso. Avisos de recebimentos de mensagens e outros não serão vilões do seu tempo durante um compromisso que requer sua atenção. No intervalo ou na saída, você verifica as mensagens. Importante, não vale auto enganar-se, verificando o celular no silencioso se você recebeu mensagens ou ligações.

3ª Redes Sociais.

O que acontece nas redes sociais durante o seu horário de trabalho pode esperar. Nada irá acontecer ou mudar até o seu horário de almoço ou de saída.

4ª Jogos no computador ou celular.

Se você não estiver em um momento de descanso, jogar não é a melhor opção. Quando estamos no trabalho, na sala de aula ou em uma visita, precisamos estar presentes de corpo e alma, presente 100% e com atenção no que está acontecendo no ambiente.

5ª E-mails.


Na maioria dos casos, os e-mails não são urgentes. Planejar horários para ler novos e-mails e responde-los é importante para gerenciar o seu tempo. Por exemplo, três vezes ao dia: após o café da manhã, após o almoço e antes do jantar. Dê prioridade aos e-mails importantes, com prazos e urgentes. Se for urgente ou emergência, a comunicação com certeza não virá por e-mail.

6ª WhatsApp.


Podemos considerar o inimigo número, é atualmente um dos maiores vilões do tempo. Para ajudar, aqueles grupos de amigos que as mensagens não são importantes, coloque no silencioso. Remetentes que só enviam piadas e imagens que não agregam valor, coloque no silencioso. Assuntos importantes e que merecem atenção, ligue e resolva o assunto.

7ª Tempo ocioso.


Administrar o tempo ocioso é difícil e muito importante. Precisamos de um tempo para descansar, por este motivo temos intervalos no trabalho, escola, faculdade e em cursos. Aproveitar bem estes momentos é transformar o nosso dia em um dia mais agradável. Ao invés de ficar no intervalo de um curso, por exemplo, lendo as mensagens no WhatsApp, e-mails ou verificando o que aconteceu nas redes sociais, aproveite para conhecer pessoas novas e trocar experiências (networking).

Estas dicas foram adaptadas do meu livro 84 Perguntas que Vendem publicado pela Editora Ser Mais.

* Sobre Jaques Grinberg: Empresário, coach, escritor e palestrante. Trabalha com os temas de empreendedorismo, vendas, liderança, atendimento e fidelização de clientes. Especialista em Coaching de Vendas, tem vivência prática no mundo corporativo por mais de duas décadas, sócio em quatro empresas, é conhecido nacionalmente com diversos artigos publicados nas principais revistas, jornais e sites do país. Autor do livro 84 Perguntas que Vendem que traz técnicas e ferramentas do coaching de vendas para maximizar os seus resultados. 



Home office: Solução ou Castigo?

Para muitos, a adoção do home office foi a solução mas, algumas pessoas não querem nunca mais trabalhar neste modelo.

Home office: Solução ou Castigo?

Rendimento médio de brasileiros cai a 82% em maio devido à covid-19

Pesquisa mostra que auxílio emergencial é fundamental para mais pobres.

Rendimento médio de brasileiros cai a 82% em maio devido à covid-19

O que as empresas devem saber sobre o Home Office

O que era exceção parece que está virando regra… e definitiva.

O que as empresas devem saber sobre o Home Office

Cerca de 2% dos pequenos negócios encerraram as atividades devido a pandemia

Pesquisa do Sebrae mostra também que metade dos empresários mineiros que fecharam permanentemente, não pretendem mais empreender.

Cerca de 2% dos pequenos negócios encerraram as atividades devido a pandemia

A Liderança Consciente como aperfeiçoamento para os líderes

O treinamento desenvolve líderes conscientes, que se concentram no desenvolvimento de pessoas, equipes e cultura, a partir de um sistema baseado em educação, formação e transformação.


A reabertura dos shopping e o aluguel variável das lojas

A situação do setor é preocupante e somente por meio da união dos agentes de mercado é que será possível ultrapassar este momento sem maiores cicatrizes.

A reabertura dos shopping e o aluguel variável das lojas

O que você precisa saber sobre divisórias para escritório

Venha descobrir neste post sobre todos os pontos a levar em consideração antes de contratar seu serviço de divisórias para escritório!

O que você precisa saber sobre divisórias para escritório

O que as empresas devem fazer com os funcionários após a pandemia?

Grandes transformações, normalmente pedem grandes fatos geradores, é claro que não esperávamos por um evento tão catastrófico como uma pandemia para ser o fato gerador da mudança, nem mesmo que o custo em termos de vidas fosse tão grande.


Flexibilização da quarenta reduziu perdas do comércio em R$ 9,14 bilhões

Prejuízos do setor, que poderiam chegar a R$ 42,8 bilhões nas três primeiras semanas de junho, somaram R$ 33,69 bilhões com o relaxamento em diversas regiões do País.

Flexibilização da quarenta reduziu perdas do comércio em R$ 9,14 bilhões

Intenção de consumo das famílias volta ao patamar de 2016

Indicadores de emprego e renda atingem menor nível desde o início da realização da ICF, em janeiro de 2010.

Intenção de consumo das famílias volta ao patamar de 2016

Cathedral Thinking

Fundação para o Sucesso na Economia do Propósito.


A crise como oportunidade para consolidar uma marca

O mundo está mudando e passando por um processo de renovação intenso em aspectos não apenas relacionados à saúde e finanças, mas também em revisão de valores.