Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Como ativar o networking e aproveitar as oportunidades

Como ativar o networking e aproveitar as oportunidades

26/03/2018 Marcelo Olivieri

Manter o networking aquecido é a melhor maneira de ficar pronto para ser encontrado.

Como ativar o networking e aproveitar as oportunidades

O ano de 2018 está encerrando seu primeiro trimestre e o clima otimista, vivido nos últimos meses, já começa a dar sinal de resultados em vários mercados. O varejo anunciou a projeção de abrir mais de 20 mil novas lojas em 2018. Segundo a Confederação Nacional do Comercio de Bens, Serviço e Turismo (CNC) esse é o melhor resultado em cinco anos.

Alguns indicadores positivos já mostram que as contratações voltaram a acontecer, os empresários, que representaram demanda nos últimos anos de crise, finalmente se sentem mais confortáveis para tirar os pés do freio.

Nesse cenário, os profissionais que estiverem preparados têm muito mais chances de alavancar a carreira nos próximos meses. Historicamente o segundo e terceiro trimestre do ano costumam ser os melhores para contratação para média e alta gerência no mercado de marketing e vendas.

Uma coisa eu posso garantir, por mais que a economia continue melhorando as vagas não surgem do nada, é preciso fazer um movimento em prol dessas novas oportunidades. Manter o networking aquecido, sem dúvida, é a melhor maneira de ficar pronto para ser encontrado nos próximos meses.

Esquentar os contatos, que estão sendo negligenciados há muito tempo, não é tarefa impossível. Acredite, o mais importante é começar de dentro para fora. Ou seja, comece contatando as pessoas mais próximas, amigos e colegas, pessoas com quem trabalhou no passado. A primeira camada da sua rede precisa saber quais são suas movimentações, são essas pessoas que irão pulverizar seu nome pelos quatro cantos. Sem falar que as pessoas mais próximas serão as mais dispostas a te ajudar.

Intensificar atividades nas redes sociais, é o segundo passo para começar a esquentar esses contatos. É indispensável ativar sua participação nas redes de negócios, como por exemplo o LinkedIn. A plataforma irá te manter atualizado sobre as movimentações feitas por outros profissionais, além de espalhar mais rapidamente suas próprias mudanças. A internet tem o poder de nos fazer presentes em qualquer lugar do mundo, ela é uma ferramenta poderosa para conectar pessoas difíceis de encontrar pessoalmente.

Outra maneira muito natural de aumentar o networking é participando de eventos e fazendo cursos. Ninguém acha estranho quando você se aproxima, e quer saber mais sobre a atuação de uma pessoa, quando ambas estão partilhando a mesma sala de aula. A mesma naturalidade é percebida em eventos, quando abordamos outro participante para conversar, trocar experiências e até cartões de visitas. A conexão é natural e orgânica.

Participar de eventos e iniciar um curso de extensão são formas de manter-se atualizado e investir em suas capacidades técnicas. Informação e conteúdo são indispensáveis para estreitar relacionamentos. Afinal networking é mais do que trocar cartões de visitas, você precisa aprofundar o assunto, suas ideias devem ganhar destaque, e é nessa hora que o marketing pessoal tem a chance de brilhar.

* Marcelo Olivieri - bacharel em psicologia e MBA em Gestão Estratégica. Com mais de 10 anos de experiência no recrutamento especializado nas áreas de marketing e vendas, Olivieri é diretor da Trend Recruitment. 



A governança de riscos e gestão em fintechs

Em complemento às soluções e instituições financeiras já existentes, o mercado de crédito ficou muito mais democrático com a expansão das fintechs.


Kanban ainda é pouco explorado, mas pode revolucionar o cotidiano das empresas

Como trazer soluções efetivas em condições de fluxo de atividade em escala?

Kanban ainda é pouco explorado, mas pode revolucionar o cotidiano das empresas

Investimentos registram captação de R$ 46 bi no primeiro trimestre

O segmento de fundos de investimentos fechou o primeiro trimestre de 2022 com absorção líquida de R$ 46,1 bilhões, movimentação de 56,9% menor do que o observado no mesmo período de 2021.


Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Dados divulgados pela ANBC demonstram contingente da população mineira que se beneficiou da primeira consulta de crédito após a implantação do Cadastro Positivo com adesão automática.

Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Conheça cinco vantagens do Pix para empresas

MEIs e PMEs podem economizar cerca de R$ 2.000 em serviços e produtos bancários por ano.

Conheça cinco vantagens do Pix para empresas

Sete em cada 10 pequenos negócios mineiros pretendem investir em 2022

Mais de um terço dos empresários do segmento planeja expandir ou melhorar as atividades entre abril e junho.

Sete em cada 10 pequenos negócios mineiros pretendem investir em 2022

Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Trabalhar numa empresa e conhecer os seus setores faz parte da rotina de qualquer colaborador.

Entender os números será requisito do mercado de trabalho

Confiança do comércio volta a crescer após dois meses

Índice que mais tem concentrado a queda da confiança, Condições Atuais do Empresário do Comércio, surpreende, apresentando maior crescimento mensal.

Confiança do comércio volta a crescer após dois meses

Gastos com alimentação fora de casa somaram R$ 164,4 bilhões em 2021

Pesquisa mostra que cada brasileiro gastou em média R$ 16,21 por refeição, significando uma alta de 12% em relação a 2020.

Gastos com alimentação fora de casa somaram R$ 164,4 bilhões em 2021

Saiba como escolher os melhores vinhos para sua comemoração

Reunir as pessoas mais queridas, escolher a playlist, caprichar na decoração e acertar no cardápio e arrasar na escolha dos vinhos.

Saiba como escolher os melhores vinhos para sua comemoração

Habilidades tão importantes quanto talento na ascensão pessoal e profissional

Não basta ser bom na área de atuação, é preciso mais que isso.

Habilidades tão importantes quanto talento na ascensão pessoal e profissional

Vendas do varejo crescem 1,1% de janeiro para fevereiro, diz IBGE