Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Novas recomendações ao Covid-19 no ambiente de trabalho

Novas recomendações ao Covid-19 no ambiente de trabalho

02/02/2022 Maria Cibele Valença e Fernanda Muniz Borges

O cumprimento das suas recomendações e determinações se mostra extremamente necessário.

Novas recomendações ao Covid-19 no ambiente de trabalho

No último dia  25 foi publicada a Portaria Interministerial MTP/MS nº 14/2022, que altera algumas previsões da Portaria Conjunta nº 20/2020, no que refere às medidas a serem observadas visando à prevenção, controle e mitigação dos riscos de transmissão da Covid-19  nos ambientes de trabalho.

A norma mantém a postura de ratificar as diversas recomendações tanto do Ministério da Saúde quanto da Organização Mundial da Saúde (OMS), em resumo:

- Reitera a necessidade de atuação preventiva das empresas no controle e a mitigação dos riscos de transmissão da Covid-19 nos ambientes de trabalho, incluindo o dever de divulgação das medidas e protocolos aos empregados, inclusive aos terceirizados.

- O protocolo deve conter, em resumo: (i) informações de contágio, sinais e sintomas da doença; (ii) cuidados para redução da transmissão; (iii) as medidas de prevenção adotadas no ambiente de trabalho e áreas comuns (refeitórios, banheiros, vestiários, áreas de descanso e no transporte de trabalhadores, se fornecido pela empresa etc.); (iv) ações para identificação precoce e afastamento de trabalhadores com sintomas compatíveis com a doença; e (v) procedimentos internos que permitam o reporte dos empregados, incluindo remotamente, dos sintomas ou contato com casos confirmados.

- Continuidade na adoção de medidas que privilegiem o distanciamento e diminuir o contato pessoal entre trabalhadores, além com o público externo, orientando para que evitem contatos físicos e conversas desnecessárias, assim como deve ser respeitada a distância mínima de 1 metro.

- Há definição e diferenciação entre “casos confirmados”, “casos suspeitos” e “casos contatantes” da Covid-19.

- Afastamento imediato das atividades presenciais por 10 dias, ao invés de 14 (Este afastamento poderá ser de 7 dias, desde que o empregado esteja sem febre há 24 horas, sem o uso de medicamentos antitérmicos e com remissão dos sinais e sintomas respiratórios).

- Afastamento reduzido dos “casos contatantes” (aqueles que residem com caso confirmado de Covid-19 devem apresentar documento comprobatório da doença do caso confirmado).

- Dever de levantar informações sobre os “casos contatantes” próximos, atividades, local de trabalho e áreas comuns frequentadas pelo trabalhador, reavaliando as medidas de prevenção utilizadas, se for o caso.

- Permissão que trabalhadores em condições clínicas de grupo de risco adotem o teletrabalho ou trabalho remoto, a critério do empregador. Não sendo possível, a empresa deve fornecer máscaras cirúrgicas PFF2 (N95) ou equivalente.

- Enaltece os cuidados em documentar as boas práticas para fins de fiscalização, em especial em relação à higiene, desinfecção e ventilação do ambiente de trabalho.

- No caso de paralisação das atividades do setor ou estabelecimento decorrentes do Covid-19, é preciso, antes do retorno: (i) adoção de protocolos das medidas de prevenção previstas na Portaria e que possíveis situações que possam ter favorecido a contaminação dos trabalhadores nos ambientes de trabalho tenham sido corrigidas; (ii) higienizar e desinfetar o local de trabalho, as áreas comuns e os veículos utilizados; (iii) reforçar a comunicação aos trabalhadores sobre as medidas de prevenção à Covid-19; e (iv) reforçar o monitoramento dos trabalhadores para garantir o afastamento dos casos confirmados, suspeitos e contatantes próximos de casos confirmados da Covid-19.

Como se vê, a norma é extensa e rica em detalhes, tampouco há dispensa dos cuidados médicos e potencial encaminhamento do empregado ao serviço especializado para aferição de sintomas e cuidados.

De qualquer forma, o cumprimento das suas recomendações e determinações se mostra extremamente necessário, ainda diante do número crescente de casos de Covid-19 e a intenção da retomada de atividades, pela maioria das empresas.

* Maria Cibele Valença e Fernanda Muniz Borges são sócias da área Trabalhista e Previdenciária do FAS Advogados.

Para mais informações sobre Ambientes de Trabalho clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: RPMA Comunicação



Estratégias de desenvolvimento interno de equipes de alta performance

Apostar na formação de funcionários é a melhor saída para driblar a escassez de talentos especializados no mercado de trabalho.

Autor: Divulgação

Estratégias de desenvolvimento interno de equipes de alta performance

A estratégia de folha de pagamento na prática

Se os funcionários são o coração pulsante de uma organização, então a folha de pagamento é, de muitas maneiras, o sangue que a percorre.

Autor: Jeff Phipps

A estratégia de folha de pagamento na prática

União da Contabilidade e Marketing voltados para o ESG

O termo ESG surgiu há alguns anos e já tem se tornado prioridade no mundo dos negócios por estar embasado nas práticas ambientais, sociais e de administração de uma empresa.

Autor: Priscilla Helena Afonso Ejzenbaum

União da Contabilidade e Marketing voltados para o ESG

Como calcular o potencial de faturamento do seu negócio?

Conhecer o preço ideal da hora trabalhada em seu escritório ajuda a decidir quanto cobrar e qual pode ser a margem de lucro.

Autor: Beatriz Machnick

Como calcular o potencial de faturamento do seu negócio?

Como um ERP pode aumentar a eficiência de uma empresa?

Em meio a um cenário empresarial dinâmico e em evolução constante, a adoção de um sistema de gestão torna-se imprescindível para garantir a eficiência operacional.

Autor: Júlio Baruchi e Rodrigo Franco

Como um ERP pode aumentar a eficiência de uma empresa?

Felicidade nas empresas: ambientes resilientes e produtivos

Desde que o mundo é mundo, a felicidade sempre foi o tema da existência humana.

Autor: Nancy Quintela e Walderez Fogarolli

Felicidade nas empresas: ambientes resilientes e produtivos

Você sabe a importância do marketing e do branding para um bom líder?

Há duas ferramentas que são essenciais para um bom líder utilizar e ajudar a criar uma imagem positiva e forte da sua marca e negócio: o marketing e o branding.

Autor: Leonardo Chucrute

Você sabe a importância do marketing e do branding para um bom líder?

Quais os principais erros cometidos na hora de investir em cibersegurança?

Se as empresas estão engajadas na temática de segurança, por que continuamos vendo casos de ciberataques?

Autor: Renata Barros e Tailan Oliveira

Quais os principais erros cometidos na hora de investir em cibersegurança?

5 desafios de trade marketing

Como as empresas devem se preparar para 2024.

Autor: Kleber Astolfi

5 desafios de trade marketing

Empreender sem funcionários? Dicas para administrar o próprio negócio

Como alternativa para começar o próprio negócio, investir em empresas sem colaboradores é uma opção para ter autonomia com o trabalho.

Autor: Divulgação

Empreender sem funcionários? Dicas para administrar o próprio negócio

Por que abandonar o ‘marketês’ nas relações com clientes

Em novo livro, Carolina Fernandes incentiva pequenos e grandes empresários a abrasileirarem a comunicação para reforçar proximidade com todos os públicos.

Autor: Divulgação


“Contrato de gaveta” pode trazer instabilidade jurídica à sua empresa?

Contratos sem registro legal podem ser mais rápidos, mas trazem insegurança jurídica para a empresa.

Autor: Divulgação

“Contrato de gaveta” pode trazer instabilidade jurídica à sua empresa?