Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Você líder, aceita feedback de seus colaboradores?

Você líder, aceita feedback de seus colaboradores?

23/05/2022 Regina Campilongo

Empatia, Escuta e Atenção Plena.

Você líder, aceita feedback de seus colaboradores?

Essas são as três principais habilidades que devemos utilizar em um processo de feedback humanizado e respeitoso. A cultura fundamentada no feedback é uma das melhores formas de construir parcerias e se conectar com a equipe. E a melhor forma de criar um ambiente que conecte os participantes do processo às suas habilidades é liderar dando o exemplo e gerar segurança para que cada membro se sinta acolhido e não tenha medo de falar o que quer. Gosto muito de oferecer o feedback e no final perguntar: o que você aprendeu com isso? Esta é uma forma adequada para criarmos um canal de comunicação aberto e a prática leva ao aperfeiçoamento. 

O feedback ajuda o líder a ter condições de avaliar o seu desempenho e buscar soluções para aprimorá-lo. Mas nem todas as empresas adotaram essa prática: 23% das companhias pesquisadas no Brasil não utilizam feedback. Globalmente, o índice fica em 19% e há países, como o Japão, onde 39% não adotam a prática. Mais de 70% dos brasileiros sentem que podem ter uma conversa aberta com seus gestores durante a avaliação de desempenho, contra 68% da média global (dados da Randstad/2019). 

Empresas que implantaram e seguem os métodos ágeis na prática criam uma cultura baseada no feedback. Por seguirem os rituais ágeis, como fazer reuniões de planejamento, reuniões diárias, reuniões de revisão e de retrospectiva, incentivam a descoberta cedo dos erros, gastando menos e demandando menos esforços.  

Nas empresas que focam na inovação, observamos uma mudança no processo de feedback, que deixa de ser oferecido com uma periodicidade definida, formalmente e somente na direção do líder para a equipe, migrando para um modelo informal, oferecido frente a um evento e entre os participantes de uma SQUAD (equipe formada por especialistas) e seus pares. Empresas como Amazon, Google, Nubank, NTT Data e Sinquia já praticam o modelo. 

Estou preparado para receber feedback? 

A pressão crescente por resultado - agora não mais o resultado a qualquer custo e sim o resultado sustentável por meio da motivação, do engajamento e do comprometimento - desafia o líder a olhar para a sua equipe e, em conjunto, cocriar, inovar e influenciar positivamente. 

A pergunta é: será que estou preparado para receber feedback? Mesmo antes de iniciar a carreira e durante toda a minha trajetória, não fui preparada para receber feedback. Lembro dos meus pais dizendo que no dia que eu me tornasse "chefe" poderia fazer as coisas do meu jeito. Receber feedback é um desafio. Nunca fui treinada para tal e, até bem pouco tempo, ele gerava uma dor profunda, motivada pelo pensamento: "Nossa, fiz tanto para chegar até aqui e agora tenho que ouvir isso?”.  

Seja para reforçar que estou no caminho certo ou para corrigir uma rota, o feedback definitivamente serve para melhorar a minha performance e gerar oportunidades de inovação. E então, resolvi refletir sobre os meus próprios erros e experimentar novas alternativas para encontrar outros resultados. Decidi lidar com o meu desconforto e identificar porque ouvir o que o outro diz era tão doloroso. Descobri que o principal motivo era a "pessoalidade" e com esta descoberta fui explorar soluções e colocar em prática o meu aprendizado, com o objetivo de escutar, me afastar, observar, processar e corrigir o rumo daquilo que fizesse sentido para mim. 

Como, então, preparar-se para receber um feedback corretivo? 

1) Quando receber o feedback, busque exemplos concretos. Pergunte: o que você me viu fazendo ou falando que o levou a esta conclusão? 

2) Valide outros pontos de vista. Exemplo: em sua opinião, como foi o meu desempenho durante a interação com o cliente? 

3) Certifique-se de que as pessoas que o cercam estão confortáveis em oferecer-lhe um feedback genuíno. Não é porque não lhe oferecem feedback que você não tenha o que melhorar. Pode ser que tenham medo de compartilhar o que veem e ouvem. 

4) Crie um ambiente seguro, onde sem ofensas ou "pessoalidade", os membros de uma equipe possam dar e receber feedback naturalmente. 

5) Se faça perguntas:  

- De qual forma me planejo para oferecer um feedback?  

- Qual o tipo de feedback que me deixa mais desconfortável?
Com qual feedback eu mais me conectei e gerou uma mudança em mim? Qual era a característica que ele tinha? 

- O que fizemos bem-feito? O que podemos melhorar?  

Criamos um ambiente seguro por meio do exemplo e praticando aquilo que falamos, então seja o primeiro a incentivar o feedback. Por último, lide com os seus medos e inseguranças de forma sincera. Valide o pensamento e o sentimento que o levam a lutar contra o que ouviu e de que forma pode ser mais confortável receber o próximo feedback. Compartilhe a sua descoberta. Exemplo: comunique a equipe que feedbacks corretivos devem ser oferecidos de forma privada. Que todos os feedbacks devem ser acompanhados por exemplos tangíveis e que, após um tempo de reflexão ou pesquisa, você se comprometerá com um plano de ação. E siga em frente. 

Ferramentas para controle e acompanhamento de projetos que permitem o cadastro do feedback em tempo real: Qulturerocks, Runrunit, Trello e Slack.  

* Regina Campilongo -- Sócia fundadora da Moving Forward – Heads, professora, designer e facilitadora de programas de treinamentos comportamentais organizacionais, mentora estratégica ágil, conselheira Trends Innovation, Master IE. 

Para mais informações sobre Líder clique aqui...

 

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Tudo em Comunicação



Confiança dos pequenos negócios de Minas Gerais é a maior dos últimos oito meses

Incentivos do governo melhoram as expectativas dos empresários para o curto prazo.

Confiança dos pequenos negócios de Minas Gerais é a maior dos últimos oito meses

Senai e Correios fazem parceria para projetos de inovação em logística

Estrutura que apoiará iniciativas tem mais de 900 pesquisadores.


Mushe (XMU) e Bitcoin (BTC) são as melhores criptomoedas para o Brasil

A alta liquidez do Bitcoin faz dele uma excelente escolha para os investidores no Brasil.


Brasil tem 1,5 milhão de motoristas e entregadores de produtos

Segundo Ipea, maioria é de homens pretos ou pardos e tem menos de 50 anos.

Brasil tem 1,5 milhão de motoristas e entregadores de produtos

Não tratar bem o cliente é abater a galinha dos ovos de ouro

Falar para todos, mas não ser ouvido por ninguém.

Não tratar bem o cliente é abater a galinha dos ovos de ouro

Cinco principais competências para empreendedores e gestores

É comum que os gestores consigam acelerar o desenvolvimento de um negócio por terem uma visão mais ampla da empresa.

Cinco principais competências para empreendedores e gestores

Lançado o primeiro carrinho inteligente da América Latina

Com o novo carrinho inteligente da Nextop no Enxuto é possível contabilizar e pagar as compras com total autonomia.

Lançado o primeiro carrinho inteligente da América Latina

A promessa da Enjin Coin (ENJ) caiu por terra. As perspectivas de Mushe (XMU) continuam crescendo

A Enjin Coin (ENJ) trouxe uma forma interessante de integrar partes anteriormente díspares do espaço dos criptoativos. Porém, será que sua valorização se manterá consistente ao longo do tempo?

A promessa da Enjin Coin (ENJ) caiu por terra. As perspectivas de Mushe (XMU) continuam crescendo

Faturamento de bares e restaurantes deve aumentar 30% no Dia das Mães

Data é segundo melhor dia do ano em relação ao movimento, diz Abrasel.

Faturamento de bares e restaurantes deve aumentar 30% no Dia das Mães

Kanban ainda é pouco explorado, mas pode revolucionar o cotidiano das empresas

Como trazer soluções efetivas em condições de fluxo de atividade em escala?

Kanban ainda é pouco explorado, mas pode revolucionar o cotidiano das empresas

Investimentos registram captação de R$ 46 bi no primeiro trimestre

O segmento de fundos de investimentos fechou o primeiro trimestre de 2022 com absorção líquida de R$ 46,1 bilhões, movimentação de 56,9% menor do que o observado no mesmo período de 2021.


Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito

Dados divulgados pela ANBC demonstram contingente da população mineira que se beneficiou da primeira consulta de crédito após a implantação do Cadastro Positivo com adesão automática.

Cadastro Positivo insere mais de 464 mil mineiros no mercado de crédito