Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

20/11/2021 Marco Antônio Marques Félix

A quantidade de pessoas que sofrem com problemas cardiorrespiratórios no Brasil é tão significativa que sobram estatísticas para contar a história.

Mulheres têm mais risco de sofrer infarto do que os homens

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), são cerca de 400 mil mortes por ano. Além dos óbitos, há números expressivos sobre a quantidade de pacientes que sofrem de AVC e de infarto. E, sob essa óptica, se faz necessária uma atenção especial às mulheres.

As mulheres são o principal grupo de risco quando o assunto são as doenças cardiovasculares. Estimativas do Ministério da Saúde apontam que a probabilidade da mulher morrer de infarto é 50% maior quando comparada aos homens.

O órgão de saúde ainda identificou que no Brasil 30% das mulheres morrem de doenças cardiovasculares. Já a Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que as doenças cardiovasculares são responsáveis por um terço de todas as mortes de mulheres no mundo, o equivalente a cerca de 8,5 milhões de óbitos por ano, mais de 23 mil por dia.

Existem razões científicas que explicam por que elas são o principal alvo. Antes de tudo, as mulheres têm artérias menos resistentes a obstruções do que os homens. Outro problema é a queda de estrogênio a partir da menopausa. O hormônio é um vasodilatador que faz o controle da quantidade de colesterol ruim nas artérias. Com a redução drástica da produção de estrogênio pelo organismo, a proteção arterial também se perde drasticamente, abrindo caminho para o entupimento.

Acrescente a tudo isso o sobrepeso, que também vem acometendo o público feminino, além da carga de estresse e o sedentarismo que fazem aumentar as chances de uma doença cardiovascular. Mas o que mais preocupa os médicos é o silêncio com que a doença incide nelas. Enquanto entre os homens há um alarme que soa em forma de dor aguda no peito, nos braços e na barriga, nas mulheres os sinais são mais sutis, e é preciso realizar exames mais específicos para identificar o problema.

Considerando que os problemas cardiovasculares surgem em circunstâncias inesperadas, como dentro de casa, na rua ou no trabalho, além de todas as medidas de prevenção, acompanhamento médico e adoção de hábitos de vida saudáveis, todos precisam se conscientizar da importância de dispor de um aparelho como o Desfibrilador Externo Automático (DEA) nos condomínios residenciais e comerciais e nos locais onde todos circulamos no dia a dia. Esse equipamento é capaz de “escanear” os batimentos cardíacos rapidamente, dando um diagnóstico preciso e, por conseguinte, caso seja identificada a necessidade clínica, disparando descarga elétrica capaz de regularizar os batimentos cardíacos.

O fato de estar propensa a riscos silenciosos de infarto faz com que a mulher necessite de recursos avançados ainda mais próximos de si para contornar eventuais problemas que podem leva-la até mesmo a óbito. Se a prevenção é o melhor remédio, é apropriado confirmar essa frase com outra tão conhecida quanto: uma mulher prevenida vale por duas.

* Marco Antônio Marques Félix, médico geriatra, instrutor de Suporte Avançado de Vida pela American Heart Association e especialista da Cmos Drake.

Para mais informações sobre Infarto clique aqui...

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Fonte: Naves Coelho Comunicação



55% dos brasileiros com mais de 18 anos consomem bebidas alcoólicas, diz pesquisa

Dado é de pesquisa do Instituto Brasileiro do Fígado.

55% dos brasileiros com mais de 18 anos consomem bebidas alcoólicas, diz pesquisa

A perda auditiva se manifesta em qualquer idade

A perda auditiva é uma queixa quase diária no consultório do otorrinolaringologista.

A perda auditiva se manifesta em qualquer idade

O consumidor é obrigado a dar o CPF nas farmácias?

Um ponto de dúvida para as pessoas, mas que é importante ter clareza, a exigência de CPF é ilegal para o fornecimento de descontos pelas farmácias.

O consumidor é obrigado a dar o CPF nas farmácias?

Governo lança campanha de combate ao mosquito da dengue

Casos aumentaram em 12 estados em relação ao ano passado.

Governo lança campanha de combate ao mosquito da dengue

Estamos todos saindo da UTI?

Nas últimas semanas, esses ambientes estão diferentes do que vivenciamos ao longo de quase 20 meses.

Estamos todos saindo da UTI?

Por que o autismo em meninas é menos comum?

Elas têm mais autoconsciência, senso de empatia e tenta “se encaixar” mais socialmente que eles.

Por que o autismo em meninas é menos comum?

Pesquisa comprova maior eficácia de teste HPV para detecção de câncer

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Passa a ser direito fundamental da pessoa com câncer a obtenção de diagnóstico precoce e acesso a tratamento universal.

Estatuto da Pessoa com Câncer é sancionado

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Segundo Dr. Geraldo Carvalhaes, casos de dor crônica também afetam pessoas mais jovens.

Médico adota técnica para apoiar pessoas a envelhecer sem dor

Você é um Hipocondríaco?

Quando a preocupação com a saúde vira doença.

Você é um Hipocondríaco?

Número de prematuros aumenta no Brasil

Média de prematuridade no país atingiu 11,1% em 2020 e aumento pode estar ligado ao covid-19.

Número de prematuros aumenta no Brasil

40% dos clientes de plano de saúde usam o SUS

Pesquisa da Anab foi realizada com 1.006 usuários da saúde suplementar em todo o Brasil no mês de setembro.

40% dos clientes de plano de saúde usam o SUS