Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Crise da COVID-19 pode acelerar e impactar mudanças na humanidade

Crise da COVID-19 pode acelerar e impactar mudanças na humanidade

17/04/2020 Divulgação

Autor do livro “A Era do Impacto”, da Editora Voo, aponta que este momento é  uma grande oportunidade para promover uma sociedade mais justa e solidária.

Crise da COVID-19 pode acelerar e impactar mudanças na humanidade

Nunca fomos tão afetados, globalmente falando, como agora. A pandemia do novo coronavírus trouxe mudanças profundas em três esferas: política, social e econômica. Mas, a despeito do doloroso e desafiador cenário, é preciso enxergar as possibilidades de aprendizado e os pontos positivos da crise. Para James Marins, escritor, advogado e fundador do Instituto Legado de Empreendedorismo Social, os efeitos da pandemia podem ser catalisadores para transformar valores e estruturas sociais.

“Temos um plexo muito grande que conecta e oferece dezenas de especialidades. O coronavírus se alimenta do egoísmo. Quando mais individualista o sujeito, a sociedade, o país ou o bloco econômico, mais ele se dissemina. Quão mais solidário, cuidadoso, empático e preocupado com o global, menos ele se espalha. Estamos tendo uma grande lição de solidariedade”, analisa Marins.

O isolamento social imposto para a prevenção da COVID-19 implica na mudança de um sistema de valores individuais: a forma de se trabalhar, consumir e enxergar a necessidade da interdependência. No livro “A Era do Impacto”, Marins aborda justamente as consequências em cada um de nós a partir de mudanças, mesmo sendo próximas ou não. O autor fez um estudo de muitos anos sobre os principais movimentos transformadores da humanidade e de como eles culminaram até os dias de hoje, mesmo antes de coronavírus. 

Apesar de evidentes, o papel do Estado como articulador de políticas a favor da saúde pública e da economia, além da responsabilidade das empresas sobre o bem-estar de seus stakeholders, ambos precisam ser permanentemente revisados, segundo Marins. “É encargo do governo utilizar todos os meios possíveis para evitar um colapso no sistema de saúde e na economia. Já as empresas precisam assumir a sua função positiva na sociedade”. No entanto, no meio corporativo, observa-se dois movimentos: as organizações que se importam com a economia e as que se preocupam com vidas: “Há uma diferença muito grande entre as companhias egoístas e as que se conectam com a coletividade. Esses valores precisam ser perenes”.

Problemas novos exigem soluções novas. Por isto, o autor afirma que há um papel reservado ao ecossistema de inovadores e empreendedores sociais e startups de impacto, neste contexto. Desta ideia, nasceu o “Inova contra o coronavírus”, uma ação liderada pelo Instituto Legado, que mostra iniciativas de combate ao COVID-19 e seus nefastos efeitos econômicos causados pelo remédio preventivo, que é o isolamento. O Inova já conta com mais de 50 projetos inscritos, metade aprovados e muitos já em ação. Há grupos de trabalho coletivos nas áreas da saúde, da comunicação, da psicologia, da arrecadação e doação de alimentos e da produção de EPI’s.

Fonte: Bolacha Comunicação



Startups de energia, “enertechs” levam inovação e inclusão ao setor de renováveis

Em 2021, o Brasil foi o quarto país com maior crescimento em energia solar.

Startups de energia, “enertechs” levam inovação e inclusão ao setor de renováveis

Startup de educação cresce 157% e oferece vagas de trabalho em diversas áreas

SWA, do Paraná, desenvolve softwares acadêmicos e ampliará a equipe em 25%.

Startup de educação cresce 157% e oferece vagas de trabalho em diversas áreas

Qual o papel dos investidores na hora de avançar o negócio para outro país?

Discussões sobre a importância de internacionalizar startups têm se tornado assunto frequente nos últimos anos.

Qual o papel dos investidores na hora de avançar o negócio para outro país?

Dez startups mineiras seguem para a etapa de mentorias do Capital Empreendedor

Empresas vão receber orientações personalizadas para melhorias e adequações no modelo de negócios e outros processos.


15 startups japonesas buscam oportunidades para emplacar negócios e parceiros no Brasil

Selecionadas pelo ScaleUp in Brazil, startups são das áreas de energia, tecnologia limpa, agritech, fintech, healtech.

15 startups japonesas buscam oportunidades para emplacar negócios e parceiros no Brasil

Startups trazem inovação e transformam o setor automotivo

De acordo com o Google, mais de 90% das pessoas iniciam a sua busca pelo seu novo automóvel a partir de pesquisas na internet.

Startups trazem inovação e transformam o setor automotivo

Como a chegada do 5G deve impactar startups no Brasil

A expectativa é que a tecnologia ofereça velocidade de conexão até 10 vezes mais rápida que a 4G.

Como a chegada do 5G deve impactar startups no Brasil

Demissões em startups: vale a pena buscar um emprego nessas empresas?

Startup mineira Price Survey anuncia expansão para sete países

Especializada em pesquisa de mercado, empresa quebra fronteira e atuará no segmento de bebidas em nove cidades internacionais.

Startup mineira Price Survey anuncia expansão para sete países

Startup lança solução para criação de anúncios com filtro de realidade aumentada

Com a nova ferramenta, marcas como a Hyundai tem acesso a inteligência, design e desempenho de publicidade em AR.

Startup lança solução para criação de anúncios com filtro de realidade aumentada

Startup lança selo de impacto social que reconhece profissionais e empresas tech

Selo premiará os profissionais e empresas que mais investiram em educação e contratação de talentos de tecnologia.

Startup lança selo de impacto social que reconhece profissionais e empresas tech

App de alimentação para centros universitários é criado no CEUB

Para eliminar filas, estudantes criam sistema digital de "encomenda" de refeições para o intervalo das aulas

App de alimentação para centros universitários é criado no CEUB