Portal O Debate
Grupo WhatsApp

Estamos ficando para trás… e o mercado não espera!

Estamos ficando para trás… e o mercado não espera!

14/09/2017 Vinicius Carneiro Maximiliano

Precisamos correr para não ficarmos atrás dessa nova onda tecnológica que está invadindo mercados.

Qual seria sua reação se eu lhe dissesse que, atualmente, oito em cada dez operações que acontecem na NISE (Bolsa de Valores de NY) são efetivadas, acompanhadas e rentabilizadas por robôs?

E ainda: que essa é a tendência mundial para a maioria dos mercados? Calma, tem mais… Se eu dissesse que, em dez anos, tudo o que você conhece e estudou sobre mercado, economia, finanças, investimentos e rentabilidade estará ultrapassado?

Mais uma: tudo isso está sendo estruturado, criado e testado hoje, em milhares de startups disruptivas e inovadores, nos quatro cantos do mundo. Não, não estou pintando um cenário de terror e pessimismo! Isso é o que o restante do mundo está vivendo, e nós, brasileiros, precisamos correr, e muito, para não ficarmos atrás dessa nova onda tecnológica que está invadindo mercados (dos mais revolucionários aos mais tradicionais!) de forma impiedosa, maravilhosamente inovadora e assustadoramente eficiente.

Provavelmente você, ou alguém que conheça, já é usuário de serviços bancários digitais, tais como Nubank e outras plataformas praticamente sem qualquer estrutura física, taxas subsidiadas, crédito rápido e simplificação da relação cliente-banco. Nada de filas, taxas ou serviços casados. Nada de cheques, tarifas ou "serviço de banco".

Tudo muito rápido, fácil, via aplicativo, direto no Smartphone e com aprovações bem rápidas. Já deve também ter visto ou conhece um empresário ou pequena empresa que se inscreveu em plataformas de empréstimos online, de forma rápida, simples e eficiente. Análises de créditos super ágeis (mas nem por isso menos rigorosas), liberação online e pagamentos mensais que cabem no bolso.

E quem já não ouviu ou até mesmo participou de campanhas de financiamento coletivo, onde empresas e pessoas lançam um vídeo em uma plataforma, oferecem recompensas e em troca pedem o financiamento de uma ideia ou iniciativa, atingindo em pouco tempo alguns milhares de reais, além da viabilização do produto, serviço ou projeto, 100% via internet e quase que totalmente livre do sistema financeiro tradicional.

E para completar, quem ja não ouviu falar das cryptomoedas? A nova febre mundial e que já está se tornando acessível diariamente a quase todos os brasileiros, e que promete, além de ganhos consideráveis, uma "fuga" segura dos trâmites e burocracias dos meios "antiquados" de investimento.

Todas essas ideias resumem-se em três pilares: empoderamento financeiro, desburocratização setorial e liberdade dos bens monetários. Vamos aos fatos... Bem vindos ao mercado financeiro do século 21!

* Vinicius Carneiro Maximiliano é advogado corporativo e gestor contábil.



Startup de educação cresce 157% e oferece vagas de trabalho em diversas áreas

SWA, do Paraná, desenvolve softwares acadêmicos e ampliará a equipe em 25%.

Startup de educação cresce 157% e oferece vagas de trabalho em diversas áreas

Qual o papel dos investidores na hora de avançar o negócio para outro país?

Discussões sobre a importância de internacionalizar startups têm se tornado assunto frequente nos últimos anos.

Qual o papel dos investidores na hora de avançar o negócio para outro país?

Dez startups mineiras seguem para a etapa de mentorias do Capital Empreendedor

Empresas vão receber orientações personalizadas para melhorias e adequações no modelo de negócios e outros processos.


15 startups japonesas buscam oportunidades para emplacar negócios e parceiros no Brasil

Selecionadas pelo ScaleUp in Brazil, startups são das áreas de energia, tecnologia limpa, agritech, fintech, healtech.

15 startups japonesas buscam oportunidades para emplacar negócios e parceiros no Brasil

Startups trazem inovação e transformam o setor automotivo

De acordo com o Google, mais de 90% das pessoas iniciam a sua busca pelo seu novo automóvel a partir de pesquisas na internet.

Startups trazem inovação e transformam o setor automotivo

Como a chegada do 5G deve impactar startups no Brasil

A expectativa é que a tecnologia ofereça velocidade de conexão até 10 vezes mais rápida que a 4G.

Como a chegada do 5G deve impactar startups no Brasil

Demissões em startups: vale a pena buscar um emprego nessas empresas?

Startup mineira Price Survey anuncia expansão para sete países

Especializada em pesquisa de mercado, empresa quebra fronteira e atuará no segmento de bebidas em nove cidades internacionais.

Startup mineira Price Survey anuncia expansão para sete países

Startup lança solução para criação de anúncios com filtro de realidade aumentada

Com a nova ferramenta, marcas como a Hyundai tem acesso a inteligência, design e desempenho de publicidade em AR.

Startup lança solução para criação de anúncios com filtro de realidade aumentada

Startup lança selo de impacto social que reconhece profissionais e empresas tech

Selo premiará os profissionais e empresas que mais investiram em educação e contratação de talentos de tecnologia.

Startup lança selo de impacto social que reconhece profissionais e empresas tech

App de alimentação para centros universitários é criado no CEUB

Para eliminar filas, estudantes criam sistema digital de "encomenda" de refeições para o intervalo das aulas

App de alimentação para centros universitários é criado no CEUB

30 startups de Minas Gerais participam do Programa Capital Empreendedor

Mais da metade das selecionadas têm mulheres como fundadoras.